Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Glaucoma congênito: como é feito o diagnóstico e o tratamento

O glaucoma congênito é uma doença rara dos olhos que afeta crianças desde o nascimento até aos 3 anos de idade, causada pelo aumento da pressão dentro do olho devido ao acúmulo de líquido, podendo afetar o nervo óptico e levar à cegueira quando não tratada.

O bebê que nasce com glaucoma congênito apresenta sintomas como córnea turva e inchada e aumento dos olhos. Nos locais em que não há o teste do olhinho só costuma ser detectado por volta dos 6 meses ou até mais tarde, o que vem a dificultar o melhor tratamento e o prognóstico visual da criança.

Por esta razão, é importante que o recém-nascido, faça até o fim do primeiro trimestre de vida o teste do olhinho pelo oftalmologista. Em caso de confirmação do Glaucoma Congênito, o oftalmologista pode até prescrever colírios para diminuir a pressão intra-ocular, porém isso é feito para diminuir a pressão antes da cirurgia. O tratamento consiste numa cirurgia através da goniotomia, trabeculotomia ou implantes de próteses de drenagem do líquido intra-ocular.

Glaucoma congênito: como é feito o diagnóstico e o tratamento

Como tratar o glaucoma congênito

Para tratar o Glaucoma Congênito, o oftalmologista pode prescrever colírios para diminuir a pressão intra-ocular para diminuir a pressão antes da cirurgia. A cirurgia é feita através da goniotomia, trabeculotomia ou implantes de próteses de drenagem do líquido intra-ocular.

É importante que seja feito o diagnóstico precoce e iniciado o tratamento, pois assim é possível prevenir complicações, como a cegueira. Conheça os principais colírios para tratar o glaucoma.

Sintomas do glaucoma congênito

O glaucoma congênito pode ser identificado através de alguns sintomas como:

  • Até 1 ano: A córnea do olho fica inchada, ficando turva, a criança demonstra desconforto à luz e tenta cobrir os olhos na claridade;
  • Entre 1 e 3 anos: A córnea aumenta de tamanho e é comum a criança ser elogiada pelos grandes olhos que possui;
  • Até 3 anos: Mesmos sinais e sintomas. Os olhos só irão crescer pelo aumento da pressão até esta idade.

Outros sintomas como secreção excessiva de lágrimas e olhos vermelhos também podem estar presentes no glaucoma congênito.

Diagnóstico do glaucoma congênito

O diagnóstico precoce do glaucoma é complicado, pois os sintomas são considerados inespecíficos e podem variar de acordo com a idade do aparecimento dos sintomas e o grau de mal-formações. No entanto, o glaucoma congênito pode ser identificado por meio de exame oftalmológico completo que inclui medição da pressão dentro do olho e exame de todas as partes do olho como córnea e nervo ótico, por exemplo. Saiba mais sobre o exame de glaucoma.

Geralmente, o glaucoma é causado pelo aumento da pressão nos olhos, conhecida por pressão intra-ocular. O aumento da pressão ocorre porque no olho é produzido um líquido denominado humor aquoso e, como o olho é fechado, este líquido precisa ser escoado naturalmente. Quando o sistema de drenagem não funciona corretamente, o líquido não pode ser drenado para fora do olho e assim a pressão dentro do olho aumenta.

No entanto, apesar do aumento da pressão ser a causa mais comum, existem casos em que não se apresenta pressão intra-ocular elevada e, nesses casos a doença é causada por mau funcionamento dos vasos sanguíneos do nervo óptico, por exemplo.

Saiba mais sobre o diagnóstico do glaucoma no vídeo seguinte:

GLAUCOMA: diagnóstico e tratamento

12 mil visualizações

Bibliografia >

  • VIEIRA, Júlia M. et al. Glaucoma Congênito – Desafios do diagnóstico precoce, tratamento e acompanhamento. Rev Med Minas Gerais 2018. Vol 28. 7 ed; 6-9, 2018
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE GLAUCOMA. Trabeculotomia e Goniotomia. 2017. Disponível em: <https://www.sbglaucoma.org.br/wp-content/uploads/2017/06/capitulo6-consenso-sbg-cirurgia-glaucoma.pdf>. Acesso em 30 Set 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem