Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Gengiva sangrando: 7 principais causas (e o que fazer)

dezembro 2022

O sangramento da gengiva normalmente é causado por gengivite, periodontite, cáries, prótese mal colocada ou escovação muito forte.

No entanto, e em casos mais raros, o sangramento da gengiva também pode ser consequência da deficiência de algumas vitaminas no corpo, especialmente vitamina C e vitamina K, podendo ser recomendado aumentar o consumo de alimentos ricos nessas vitaminas.

Em qualquer caso, é importante que a causa da gengiva sangrando seja identificada por um dentista, pois assim é possível iniciar o tratamento mais adequado e prevenir complicações, como infecções, por exemplo.

Imagem ilustrativa número 1

Principais causas

As principais causas de gengiva sangrando são:

1. Escovar os dentes com muita força

Escovar os dentes com muita força ou usar o fio dental de forma incorreta podem causar sangramento das gengivas, além de aumentarem o risco de desenvolver retração gengival.

O que fazer: para evitar o sangramento da gengiva nestes casos, deve-se escovar os dentes com uma escova suave, evitando fazer muita força. O fio dental também deve ser usado com cuidado, entre os dentes de forma a não lesar a gengiva. Veja como escovar os dentes corretamente passo a passo.

2. Placa dentária

A placa bacteriana consiste numa película invisível formada por bactérias que se depositam sobre os dentes, especialmente na ligação entre os dentes e a gengiva, podendo causar gengivite, cáries e sangramento gengival.

O que fazer: para remover a placa bacteriana, deve-se escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usar fio dental diariamente e bochechar com um enxaguante bucal de uso diário.

3. Gengivite

A gengivite é uma inflamação da gengiva que ocorre devido ao acumulo de placa bacteriana nos dentes, causando sintomas como dor, vermelhidão, inchaço, retração gengival, mau hálito e sangramento das gengivas, podendo evoluir para uma periodontite. Conheça outros sintomas da gengivite.

O que fazer: em caso de gengivite, é indicado consultar um dentista, que irá fazer uma avaliação da boca e, em seguida, realizar uma limpeza para remover as placas bacterianas e, assim, promover a saúde da gengiva.

4. Periodontite

A periodontite caracteriza-se por uma proliferação excessiva de bactérias que gera inflamação e sangramento na gengiva que, ao longo do tempo, resulta na destruição do tecido que sustenta o dente, o que pode deixar os dentes moles e, consequentemente, perda dos dentes.

O que fazer: o tratamento da periodontite deve ser feito pelo dentista, num consultório e sob anestesia, já que é feita a raspagem da raiz do dente de forma a remover a placa de tártaro e as bactérias que estão a destruir a estrutura óssea que suporta o dente. Entenda como é feito o tratamento para periodontite.

5. Cárie

A cárie dentária também é uma causa muito comum de sangramento gengival e consiste em uma infecção do dente, causada por bactérias, que vão perfurando o esmalte, causando dor e desconforto, principalmente quando atingem as regiões mais profundas do dente. Saiba identificar os sintomas da cárie dentária.

O que fazer: é importante que o dentista seja consultado para que seja confirmada a cárie e feito o tratamento, que pode ser feito através de uma obturação e restauração do dente.

6. Deficiência de vitaminas

A deficiência em vitamina C e vitamina K pode também ser uma causa de sangramento nas gengivas, principalmente quando não existem outros problemas dentários.

O que fazer: nesses casos, é importante fazer uma alimentação equilibrada, rica em vitaminas C e K, como frutas cítricas, brócolis, tomate, espinafre, agrião, couve e azeite, por exemplo. Veja quais são os alimentos ricos em vitamina C e os alimentos ricos em vitamina K.

7. Próteses dentárias mal colocadas

As próteses mal colocadas também podem causar sangramento na gengiva, já que pode machucar o local, além de aumentar o risco de inflamação na gengiva.

O que fazer: é importante que o dentista seja consultado para que a prótese seja colocada de forma adequada, além de orientações sobre como fixar melhor a prótese, no caso das próteses removíveis.

Assista ainda o vídeo seguinte e saiba como cuidar dos dentes para evitar a ida ao dentista:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em dezembro de 2022.

Bibliografia

  • U.S. DEPARTMENT OF HEALTH AND HUMAN SERVICES. Periodontal (Gum) Disease. 2013. Disponível em: <https://www.nidcr.nih.gov/sites/default/files/2017-09/periodontal-disease_0.pdf>. Acesso em 07 nov 2019
  • COLGATE. Sangramento Na Gengiva Durante Uso De Fio Dental. Disponível em: <https://www.colgate.com.br/oral-health/conditions/plaque-and-tartar/sw-281474979182696>. Acesso em 07 nov 2019
Mostrar bibliografia completa
  • HEALTHLINE. What You Need to Know About Bleeding Gums. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/bleeding-gums#other-causes>. Acesso em 07 nov 2019
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Como economizar no dentista

    06:23 | 26029 visualizações