Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Frutas ácidas

As frutas ácidas como a laranja, o abacaxi ou o morango, por exemplo, são ricas em vitamina C, fibras e potássio.

A sua riqueza em vitamina C é essencial para evitar doenças como o escorbuto, que surge quando existe carência desta vitamina.

As frutas ácidas não são tao ácidas como o suco gástrico, entretanto, elas podem aumentar a acidez no estômago, não devendo, por isso, ser consumidas em caso de gastrite ou refluxo gastroesofágico, por exemplo.

Frutas ácidasFrutas ácidas
Outras frutas ácidasOutras frutas ácidas

Lista de frutas ácidas

As frutas ácidas são:

  • abacaxi, abiu, acerola, ameixa, amora, caju, cidra, cupuaçu;
  • framboesa, groselha, jabuticaba, laranja, lima, limão, marmelo, morango;
  • nêspera, pêssego, romã, tamarindo, tangerina, uva;
  • caqui, maçã verde, maracujá, goiaba, pera, carambola.

​​As frutas ácidas são especialmente utilizadas para sucos.​​

Frutas ácidas na gastrite

As frutas ácidas na gastrite não devem ser consumidas, porque podem irritar mais o estômago que já está lesionado, uma vez que a gastrite é uma inflamação no estômago.

O consumo de frutas é importante na gastrite, mas se deve optar por frutas não ácidas como: banana, figo, mamão, manga, tâmara, melancia ou melão.

Frutas ácidas no refluxo

As frutas ácidas no refluxo gastroesofágico não estão aconselhadas, porque neste problema o ácido do estômago sobe para o esôfago, provocando inflamação e as frutas ácidas vão irritar e causar dor no esôfago.

O refluxo frequente do conteúdo do estômago para o esôfago vai provocar azia e, por isso, as frutas ácidas também não estão indicadas para quem tem azia.

Frutas ácidas na gravidez

As frutas ácidas na gravidez podem ajudar a diminuir os enjoos uma vez que o ácido das frutas vai estimulam a formação dos ácidos digestivos, favorecendo o esvaziamento gástrico. Além disso, estas frutas têm também boas quantidades de ácido fólico e vitaminas do complexo B que são fundamentais para a formação do tubo neural e dos tecidos do bebê.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...