Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como é feita a cirurgia para freio do pênis curto

O freio do pênis curto acontece quando o pedaço de pele que liga o prepúcio à glande é mais curto que o normal, criando muita tensão ao puxar a pele para trás ou durante a ereção. Isso faz com que o freio possa acabar rompendo durante atividades mais vigorosas, como o contato íntimo, resultando em dor intensa e sangramento.

Uma vez que este problema não melhora sozinho ao longo do tempo, é aconselhado consultar um urologista para avaliar o prepúcio e fazer uma cirurgia, conhecida como frenuloplastia, onde o freio é cortado de forma a liberar a pele e diminuir a tensão durante a ereção.

Confira o que fazer se acontecer rompimento do freio.

O que é e como é feita a cirurgia para freio do pênis curto

Como saber se o freio é curto

Na maior parte dos casos é fácil identificar se o freio é mais curto do normal, uma vez que não é possível puxar completamente a pele sobre a glande sem sentir uma ligeira pressão sobre o freio. No entanto outros sinais que podem indicar este problema incluem:

  • Dor ou desconforto que atrapalha o contato íntimo;
  • Cabeça do pênis dobra para baixo quando a pele é puxada para trás;
  • Pele da glande não pode ser completamente puxada para trás.

Este problema pode muitas vezes ser confundido com a fimose, no entanto, na fimose, geralmente não é possível observar-se o freio completo. Assim, nos casos de freio curto pode não ser possível puxar toda a pele do prepúcio para trás mas, normalmente, é possível observar-se todo o freio. Veja melhor como identificar a fimose.

Porém, se existir suspeita de freio do pênis curto ou de fimose é recomendado consultar o urologista para iniciar o tratamento adequado, especialmente antes de se iniciar a vida sexual ativa, pois pode evitar o surgimento de desconforto.

Como tratar o freio curto

O tratamento para freio do pênis curto deve ser sempre orientado por um urologista, pois de acordo com o grau de tensão provocado pelo freio podem ser usadas diferentes técnicas como pomadas com betametasona ou exercícios de alongamento da pele. No entanto, a forma de tratamento utilizada em quase todos os casos é a cirurgia para cortar o freio e diminuir a tensão.

Como é feita a cirurgia

A cirurgia para o freio do pênis curto, também conhecida como frenuloplastia, é uma forma de tratamento muito simples e rápida que pode ser feita no consultório do urologista, utilizando-se apenas anestesia local. Normalmente, a técnica demora cerca de 20 minutos e o homem pode voltar a casa logo após a cirurgia.

Após a cirurgia, a cicatrização normalmente está completa em apenas 1 semana, sendo apenas recomendado evitar ter relações sexuais por 2 semanas e evitar entrar em piscinas, durante o mesmo período, para não comprometer a cicatrização.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...