Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Fisioterapia para Rompimento do tendão de Aquiles

A fisioterapia pode ser iniciada após liberação do ortopedista, o que, normalmente, acontece cerca de 3 semanas após a cirurgia. Nessa fase a pessoa ainda deve ser com imobilização mas podem ser usadas técnicas para acelerar a cicatrização, como ultrassom e massagem para reorganizar as fibras de colágeno do tendão, evitando a formação de pontos de fibrose.

Após a liberação do ortopedista para retirar a imobilização definitivamente podem ser iniciados exercícios de alongamento e fortalecimento, o que pode acontecer entre 6 e 8 semanas após a cirurgia. 

Fisioterapia para Rompimento do tendão de Aquiles

O tratamento deve ser dividido em fases:

Enquanto estiver com tala de imobilização

Alguns recursos que podem ser usados são Tens, Ultrassom, uso de gelo, massagem e exercícios de alongamento e mobilização passiva para liberação de todos os movimentos do tornozelo, mas ainda sem colocar o peso do corpo totalmente sobre o pé.

Após o tratamento a tala deve ser colocada novamente e a pessoa ainda não deve colocar totalmente o peso do corpo sobre o pé afetando, usando muletas para andar.

Após retirada da tala de imobilização

Além dos recursos como gelo com tens, se ainda estiver com dor, ultrassom e massagem, pode-se começar exercícios de alongamento da panturrilha e movimentação ativa do pé para cima e para baixo na posição sentada. Pegar bolinhas de gude com os dedos dos pés e enrugar uma toalha também ajudam a melhorar a movimentação dos dedos.

Nessa fase, depois do ortopedista liberar a pessoa pode colocar o peso do corpo no pé e passar a usar apenas 1 muleta para andar, servindo apenas de apoio.

Para iniciar o fortalecimento dos músculos

Após a retirada das muletas e de poder colocar o peso completamente sobre os pés, é normal que ainda haja restrição de movimentos no tornozelo e a pessoa se sinta insegura para voltar suas atividades.

Nessa fase alguns exercícios que podem ser indicados são colocar uma bola de tênis embaixo do pé e rolar sob a sola dos pés, de frente para trás. Exercícios resistidos com bandas elásticas também são indicadas. 

Quando a movimentação do tornozelo permitir pode-se ficar 20 min na bicicleta ergométrica, desde que sem dor. Exercícios de agachamento, subir e descer escadas também podem ser indicados.

Cada pessoa se recupera de uma forma e por isso o tratamento pode variar de uma pessoa para outra. Colocar gelo e fazer ultrassom após os exercícios pode ser indicado para diminuir a dor e o desconforto no final de cada sessão.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...