Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Fenazopiridina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
dezembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como tomar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

A fenazopiridina é um analgésico das vias urinárias indicado para o alivio da dor ou desconforto causados por irritações do trato urinário, causados por infecções urinárias, traumas, cirurgias ou procedimentos médicos, como colocação de sonda vesical, por exemplo.

Esse remédios pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos contendo 100 mg ou 200 mg de cloridrato de fenazopiridina, com os nomes comerciais Pyridium ou Urovit, vendido mediante apresentação de receita médica.

A fenazopiridina é indicada somente para adultos, e deve ser usada com indicação médica após a avaliação da causa dos sintomas de dor e desconforto ao urinar, e a presença de infecções urinárias.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

A fenazopiridina é indicada para aliviar a dor, ardor e o desconforto ao urinar nas seguintes situações:

  • Infecção urinária;
  • Traumas urinários;
  • Cirurgias do do sistema urinário;
  • Endoscopia das vias urinárias, como a cistoscopia ou uretrocistoscopia;
  • Passagem de sonda ou cateter vesical.

No caso da infecção urinária, esse remédio pode ser indicado para complementar o tratamento com o antibiótico indicado pelo médico, pois alivia o dor e desconforto urinário, até que o antibiótico seja capaz de eliminar a infecção.

A fenazopiridina age diretamente no trato urinário, reduzindo a dor, o ardor e o desconforto ao urinar, além da urgência para urinar, devido seu efeito analgésico.

Como tomar

A fenazopiridina deve ser tomada por via oral, com um copo de água, de preferência após uma refeição, para reduzir irritação no estômago.

A dose normalmente recomendada para adultos é de 200 mg, de 8 em 8 horas, que pode ser tomada da seguinte forma:

  • Fenazopiridina comprimidos de 100 mg: tomar 2 comprimidos de 100 mg, a cada 8 horas. A dose máxima por dia é de 6 comprimidos de 100 mg, em um período de 24 horas, tomados em doses fracionadas;
  • Fenazopiridina comprimidos de 200 mg: tomar 1 comprimido de 200 mg, a cada 8 horas. A dose máxima por dia é de 3 comprimidos de 200 mg por dia, em um período de 24 horas, tomados em doses fracionadas.

O uso da fenazopiridina por idosos deve ser feito somente com orientação médica, pois pode ser necessário reajuste das doses, devido ao maior comprometimento da função dos rins.

Quando utilizado para auxiliar no tratamento da infecção urinária, junto com um antibiótico, a fenazopiridina deve ser tomada por no máximo 2 dias de tratamento.

No caso de esquecer de tomar uma dose, deve-se tomá-la assim que lembrar. No entanto, se estiver perto do horário da próxima dose, deve-se pular a dose esquecida e aguardar o próximo horário de tomar. Em nenhum caso se deve dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

Cuidados durante o tratamento

Durante o tratamento com a fenazopiridina alguns cuidados são importantes, como:

  • Tomar o remédio nos horários recomendados e pelo tempo de tratamento recomendado pelo médico;
  • Beber bastante líquido durante o tratamento;
  • Evitar usar lentes de contato gelatinosas durante o tratamento, pois a fenazopiridina pode causar manchas na lente;
  • Tomar os comprimidos assim que colocá-los na boca, pois mantê-los na boca pode causar manchas nos dentes.

Além disso, se a pessoa for fazer exame de urina, deve comunicar ao laboratório que está tomando a fenazopiridina, pois esse remédio pode interferir no resultado do exame colorimétrico, espectrofotométrico ou fluorimétrico da urina.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com a fenazopiridina são irritação ou desconforto no estômago, tontura, dor de cabeça, náusea, vômito, diarreia, coceira ou rash cutâneo.

Além disso, a fenazopiridina pode causar coloração vermelho-alaranjada na urina e nas fezes, o que é comum durante o tratamento devido a presença do corante na sua composição, e, embora seja mais raro, outros fluidos e tecidos corporais também podem ter a coloração alterada, como unhas, lábios ou esperma.

A fenazopiridina também pode causar efeitos colaterais mais graves que devem ser comunicados ao médico imediatamente, como urinar pouco ou ausência de urina, inchaço ou ganho de peso rápido, perda do apetite, dor lombar, confusão mental, dor de estômago, febre, pele pálida, amarelada, azulada ou roxa.

Esse remédio também pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Quem não deve usar

A fenazopiridina não deve ser usada por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham insuficiência renal ou hepática graves, ou alergia a qualquer um dos componentes da fórmula.

Além disso, esse remédio deve ser usado com cautela em pessoas com deficiência da enzima glicose-6-fosfato-desidrogenase (G6PD), pois pode causar anemia hemolítica.

A fenazopiridina também deve ser usada com cautela por diabéticos, pois o comprimido contém açúcar na sua composição.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em dezembro de 2022.

Bibliografia

  • SIERRA, T.; et al. The Effect of Phenazopyridine on Immediate Postoperative Voiding After Prolapse Surgery: A Randomized Controlled Trial. Female Pelvic Med Reconstr Surg. 27. 2; 85-89, 2021
  • ZODIAC PRODUTOS FARMACÊUTICOS S/A. Pyridium (fenazopiridina) comprimidos de 100 e 200 mg. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/pyridium.pdf>. Acesso em 27 dez 2022
Mostrar bibliografia completa
  • EASTHAM, J. H.; PATEL, P. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Phenazopyridine. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK580545/>. Acesso em 27 dez 2022
  • SINGH, M.; et al. Phenazopyridine associated acute interstitial nephritis and review of literature. Ren Fail. 36. 5; 804-7, 2014
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Como identificar os sintomas e curar a INFECÇÃO URINÁRIA rapidamente

    07:47 | 478720 visualizações
  • Infecção Urinária e Cistite | O que comer para Curar e Evitar

    04:49 | 3999992 visualizações