Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Febre interna: Sintomas e O que Fazer

Em caso de 'febre interna' a pessoa sente o corpo muito quente mas o termômetro não mostra essa elevação da temperatura. O mais comum é a pessoa apresentar os mesmos sintomas que apresenta no caso de uma febre real, como mal-estar, calafrios e suor frio, mas o termômetro continua nos 36 a 37ºC, o que não indica febre.

Apesar da pessoa se queixar de que sente o corpo muito quente, na verdade, a 'febre interna' não existe, sendo somente uma forma popular da pessoa expressar que apresenta os mesmos sintomas que estão presentes numa febre comum, mas sem que a elevação da temperatura possa ser sentida na palma da mão, nem comprovada pelo termômetro.

Sintomas comuns da febre 

Numa febre comum, além da elevação da temperatura para acima de 37,5ºC, é normal surgirem sintomas como:

  • Sensação de calor;
  • Suor frio;
  • Calafrios ou arrepios ao longo do dia;
  • Mal-estar;
  • Dor de cabeça;
  • Cansaço;
  • Falta de energia.

No entanto, no caso da febre interna, apesar de todos esses sintomas estarem presentes, não há uma elevação da temperatura que possa ser medida.

Saiba como usar o termômetro corretamente para saber se está com febre.

Febre interna: Sintomas e O que Fazer

O que é febre

A febre é uma reação do corpo para combater microorganismos nocivos, sendo uma reação natural em caso de infecção causada por vírus, fungos, bactérias ou parasitas. A febre só é realmente prejudicial quando fica acima de 40ºC, o que pode acontecer com rapidez, principalmente nos bebês e nas crianças, e causar convulsões.

A febre baixa de até 38ºC, é considerada uma febrícula, uma elevação da temperatura, ou simplesmente um estado febril, não sendo muito grave, indicando apenas que é preciso ficar alerta e tirar o excesso de roupa para tentar resfriar o corpo para a temperatura normal de 36ºC. Já a febre acima de 38,5ºC pode indicar a necessidade de tomar um remédio para baixar a febre, além de outros métodos naturais para normalizar a temperatura corporal.

O 'termostato' que controla a temperatura do corpo é o hipotálamo, que é muito sensível a qualquer alteração da temperatura. Ele faz o corpo produzir mais calor, que é dissipado para o meio, através da pele, por isso sempre que existe uma verdadeira elevação da temperatura, o termômetro é capaz de indicar. Dessa forma, pode-se chegar a conclusão que a febre interna não existe.

O que fazer em caso de 'febre interna'

Quando a pessoa acha que está com uma 'febre interna' deve tomar um banho morno e deitar para descansar. Muitas vezes a causa dessa sensação de febre é o stress e as crises de ansiedade, que podem também causar tremedeira em todo corpo.

Veja aqui 7 formas de controlar a ansiedade naturalmente

Só é indicado tomar algum remédio para baixar a febre, como Paracetamol ou Ibuprofeno, sob orientação médica e quando o termômetro registra, pelo menos, 38,5ºC. Como no caso da febre interna, o termômetro não mostra essa temperatura, não se deve tomar nenhum remédio para tentar combater uma febre que não existe.

Se houver persistência dos sintomas deve-se ir ao médico para realizar exames para descobrir o que pode estar acontecendo. Além do exame de sangue, e de urina, o médico também poderá solicitar raio-X de tórax, por exemplo para verificar se existe alguma alteração pulmonar que possa estar causado essa sensação de febre.

O que pode causar febre interna 

As causas emocionais, como estresse e crise de ansiedade, e a ovulação da mulher durante o período fértil são as principais causas de febre interna. No entanto, a pessoa também pode achar que está com febre depois de fazer exercícios ou algum tipo de esforço físico, como carregar bolsas pesadas ou subir um lance de escadas. 

No início de uma gripe ou resfriado, o mal-estar, cansaço e sensação de peso no corpo são frequentes, e por vezes, as pessoas se referem a sensação de febre interna. Nesse caso, tomar um remédio caseiro, como o chá de gengibre , bem quentinho, pode ser uma boa forma de se sentir melhor. 

Quando ir ao médico

É aconselhado buscar ajuda médica, quando além da sensação da febre interna, apresentar outros sintomas tais como:

  • espirros, tosse,
  • vômito, diarreia,
  • feridas na boca,
  • rápida elevação da temperatura para acima de 39ºC,
  • sangramento pelo nariz, ânus ou vagina, sem nenhuma explicação aparente.

Nesse caso é importante dizer ao médico todos os sintomas que apresenta, quando eles surgiram, se mudou algo na alimentação ou se esteve em outro país, por exemplo.

Com essas informações o médico poderá desconfiar de alguma doença e solicitar exames, caso ache necessário, indicando o tratamento mais indicado.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...