T4 livre e total: o que são e para que servem e valores

Revisão clínica: Marcela Lemos
Biomédica
abril 2022

O T4 é um hormônio produzido pela tireoide que é responsável por auxiliar o metabolismo, fornecendo a energia necessária para o funcionamento correto do organismo. O T4 encontra-se quase totalmente conjugado a proteínas para que possa ser transportado na corrente sanguínea para vários órgãos e possa exercer sua função.

O T4 livre corresponde à concentração de T4 que não está ligada a proteínas, exercendo sua função no corpo. Enquanto que o T4 total corresponde à concentração do T4 ligado e não ligado a proteínas.

Esse exame pode ser recomendado pelo médico em exames de rotina, mas é mais indicada a sua realização quando a pessoa apresenta sintomas de hipo ou hipertireoidismo, por exemplo, ou quando há resultado alterado do TSH. Veja para que serve o exame TSH e os valores de referência.

Para que serve

O T4 é um hormônio muito importante para o metabolismo e, por isso, a sua dosagem é feita com o objetivo de avaliar se a tireoide produz quantidade normal e suficiente de hormônios para fornecer energia para as atividades metabólicas do organismo.

Menos de 1% do T4 se encontra na forma livre, e é essa forma que é metabolicamente ativa, ou seja, que possui função. O T4 ligado a proteínas não possui atividade, é apenas transportado na corrente sanguínea para os órgãos, e quando necessário, é separado da proteína para ter atividade.

O T4 total corresponde à quantidade total de hormônio produzido, sendo avaliado tanto a quantidade que está conjugada a proteínas quanto a que está livre circulante no sangue. No entanto, a dosagem de T4 total pode ser um pouco inespecífica, pois pode haver interferência com as proteínas que o hormônio pode se ligar. 

O T4 livre, por outro lado, já é mais específico, sensível e permite avaliar melhor a tireoide, pois é dosada somente a quantidade de hormônio que está funcional e ativa no organismo

Como é feito o exame

O exame é feito com uma amostra de sangue e não é necessário qualquer preparo antes de realizá-lo. No entanto, caso a pessoa esteja fazendo uso de algum medicamento que interfira na tireoide, deve comunicar ao médico para que isso seja levado em consideração na hora da análise.

Valor de referência

Os valores normais de T4 livre são entre 0,9 - 1,8 ng/dL, enquanto que os valores normais de T4 total variam de acordo com a idade:

IdadeValores normais de T4 total
1ª semana de vida15 µg/dL
Até o 1º mês8,2 - 16,6 µg/dL
Entre 1 e 12 meses de vida7,2 - 15,6 µg/dL
Entre 1 e 5 anos7,3 - 15 µg/dL
Entre 5 e 12 anos 6,4 - 13,3 µg/dL
A partir dos 12 anos 4,5 - 12,6 µg/dL

Valores elevados ou diminuídos de T4 podem indicar hipo ou hipertireoidismo, câncer de tireoide, tireoidite, bócio e infertilidade feminina, por exemplo. Além disso, valores diminuídos de T4 livre podem indicar má nutrição ou tireoidite de Hashimoto, por exemplo, que é uma doença autoimune caracterizada pela inflamação da tireoide levando ao hipertireoidismo seguido de hipotireoidismo.

Quando fazer

O exame de T4 é normalmente solicitado pelo endocrinologista em situações como:

  • Resultado alterado do exame de TSH;
  • Fraqueza, diminuição do metabolismo e cansaço, podendo ser indicativo de hipotireoidismo;
  • Nervosismo, aumento do metabolismo, aumento do apetite, podendo indicar hipertireoidismo;
  • Suspeita de câncer de tireoide;
  • Investigação causa da infertilidade feminina.

A partir da avaliação dos resultados do exame e dos sintomas da pessoa, o endocrinologista pode definir o diagnóstico e a melhor forma de tratamento, normalizando, assim, os níveis de T4. Conheça outros exames essenciais para avaliar a tireoide.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Marcela Lemos - Biomédica, em abril de 2022.
Revisão clínica:
Marcela Lemos
Biomédica
Mestre em Microbiologia Aplicada, com habilitação em Análises Clínicas e formada pela UFPE em 2017 com registro profissional no CRBM/ PE 08598.