Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Exame de fósforo do sangue: como é feito e valores de referência

O exame de fósforo no sangue é feito normalmente junto com a dosagem de cálcio, paratormônio ou vitamina D e tem como objetivo auxiliar o doagnóstico e ajudar no monitoramento de doenças que envolvem os rins ou o trato gastrointestinal.

O fósforo é um mineral que pode ser obtido através da alimentação e auxilia no processo de formação de dentes e ossos, no funcionamentos dos músuclos e nervos e fornecimento de energia. Os níveis adequados de fósforo no sangue de adultos é entre 2,5 e 4,5 mg/dL, valores acima ou abaixo devem ser investigados e a causa tratada pelo médico.

Exame de fósforo do sangue: como é feito e valores de referência

Como é feito

O exame de fósforo no sangue é feito por meio da coleta de uma pequena quantidade de sangue em uma artéria do braço. A coleta deve ser feita com a pessoa em jejum de pelo menos 4 horas. Além disso, é importante informar o uso de medicamentos, como anticoncepcionais, antibióticos, como a isoniazida, ou anti-histamínicos, como a prometazina, por exemplo, pois podem interferir no resultado do exame.

O sangue coletado é encaminhado para o laboratório, onde será feita a dosagem de fósforo no sangue. Normalmente o médico solicita o exame de fósforo no sangue juntamente com a dosagem de cálcio, vitamina D e PTH, pois são fatores que interferem na concentração de fósforo no sangue. Saiba mais sobre o exame PTH.

O exame de fósforo no sangue normalmente é recomendado quando há níveis alterados de cálcio no sangue, quando há suspeita de problemas no trato gastrointestinal ou renal, ou quando a pessoa apresenta sintomas de hipocalcemia, como cãibras, sudorese, fraqueza e formigamento na boca, mãos e pés. Entenda o que é hipocalcemia e o que pode causar.

Valores de referência

Os valores de referência de fósforo no sangue variam de acordo com a idade com o laboratório em que foi realizado o exame, podendo ser:

IdadeValor de referência
0 - 28 dias4,2 - 9,0 mg/dL
28 dias a 2 anos3,8 - 6,2 mg/dL
2 a 16 anos3,5 - 5,9 mg/dL
A partir de 16 anos2,5 - 4,5 mg/dL

O que significa fósforo alto

O fósforo elevado no sangue, também chamado de hiperfosfatemia, pode ser acontecer devido a:

  • Hipoparatireoidismo, já como o PTH se encontra em baixas concentrações, os níveis de cálcio e fósforo no sangue não são regulados adequadamente, já que o PTH é responsável por essa regulação;
  • Insuficiência renal, uma vez que os rins são responsáveis por eliminar o excesso de fósforo na urina, ficando, assim, acumulado no sangue;
  • Uso de suplementos ou medicamentos que contém fosfato;
  • Menopausa.

O acúmulo de fósforo no sangue pode levar à lesões de vários órgãos por calcificações e, assim, problemas cardiovasculares, por exemplo.

O que significa fósforo baixo

O fósforo em concentrações baixas no sangue, também chamado de hipofosfatemia, pode acontecer devido a:

  • Deficiência de vitamina D, já que essa vitamina ajuda o intestino e os rins a absorver o fósforo;
  • Má absorção;
  • Baixa ingestão de fósforo na dieta;
  • Hipotireoidismo;
  • Hipocalemia, que é baixa concentração de pótassio no sangue;
  • Hipocalcemia, que é a baixa concentração de cálcio no sangue.

Os níveis muito baixos de fósforo no sangue das crianças pode interferir no crescimento ósseo, por isso é importante que a criança tenha uma alimentação balanceada que envolva o consumo de alimentos ricos em fósforo, como sardinha, sementes de abóbora e amêndoas, por exemplo. Veja outros alimentos ricos em fósforo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...