Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é escarlatina, sintomas e tratamento

A escarlatina é uma doença muito contagiosa comum em crianças entre os 5 e 15 anos de idade que se manifesta através de dor de garganta, febre alta, bolinhas na língua com aspecto de framboesa e manchas vermelhas com coceira na pele.

Essa doença é causada pela bactéria Streptococcus beta-hemolítico do grupo A e normalmente é uma complicação de uma faringite ou de uma amigdalite bacteriana em que os primeiros sintomas surgem entre 2 e 5 dias após a contaminação. A Escarlatina embora contagiosa, pode ser facilmente tratada com antibióticos como penicilina ou eritromicina, que são tomados em dose única ou durante 5-7 dias.

O que é escarlatina, sintomas e tratamento
O que é escarlatina, sintomas e tratamento

Principais sintomas

O sintoma mais característico da escarlatina é o aparecimento de uma amigdalite com febre alta, língua avermelhada, quase cor de framboesa, e os sinais de infecção bacteriana, como falta de apetite, dor de garganta, dor de cabeça, prostração, dor na barriga. O fato da dor de garganta pode causar vômito e tosse seca. Na pele podem surgir pintinhas avermelhadas pelo corpo, como cabeça de alfinete. Cerca de 2-3 dias após o início dos sintomas a pele começa a descamar.

Normalmente os sintomas da escarlatina desaparecem 24h após o início do tratamento e após mais ou menos uma semana as manchas vermelhas desaparecem. Confira algumas fotos da escarlatina.

O diagnóstico da escarlatina é feito a partir da avaliação pelo médico dos sinais e sintomas da doença. Além disso, o médico pode solicitar um exame laboratorial, como um teste rápido para identificação da bactéria, Streptococcus Beta Hemolítico do grupo A , ou uma cultura microbiana a partir da saliva do paciente.

Como se pega escarlatina

A transmissão da escarlatina acontece pelo ar através da inalação de gotículas originadas da tosse ou espirro de uma pessoa infectada.

A escarlatina, embora seja mais comum em crianças, também pode afetar adultos, podendo acontecer até 3 vezes na vida, pois existem 3 formas diferentes da bactéria que causam esta doença. As épocas onde as crianças são mais afetadas são na primavera e no verão.

Ambientes fechados favorecem a propagação da doença, como, por exemplo, creches, escolas, escritórios, cinemas e shoppings. No entanto, apesar de uma pessoa poder entrar em contato com a bactéria causadora da doença, isso não quer dizer que ela a desenvolva, pois isso vai depender do seu sistema imune. Assim, se um dos irmãos desenvolve a escarlatina o outro pode apenas sofrer de amigdalite.

Como é feito o tratamento

O tratamento da escarlatina é feito com antibióticos como a Penicilina, Azitromicina ou Amoxicilina, que conseguem eliminar a bactéria do organismo. Porém, em caso de alergia à Penicilina, o tratamento geralmente é feito usando o antibiótico Eritromicina para garantir que não surjam reações alérgicas.

Geralmente, o tratamento durante entre 7 a 10 dias, porém após a 2ª dose do remédio é esperado que os sintomas aliviem ou desapareçam. Saiba mais sobre o tratamento convencional e caseiro da escarlatina, sinais de melhora, piora e possíveis complicações.

Como cuidar do bebe ou da criança com Escarlatina

Bebês ou crianças com escarlatina não devem ir a escola para evitar contaminar outras crianças, sendo recomendado que descansem bastante e evitem o contato com outras crianças. Assim que os primeiros sintomas surgem, é importante ir ao médico para que o tratamento possa ser iniciado o mais rápido possível, e após 24h do início do tratamento a criança já pode sair de casa e ir à escola pois a doença não é mais contagiosa.

Outros cuidados importantes para controlar o contágio da doença, é lavar regularmente as mãos da criança, as suas roupas com água quente e sabão em separado, desinfectar com álcool os seus objetos e não partilhar copos, talheres ou bebidas, por exemplo.

O que comer durante a escarlatina

Para não piorar a dor de garganta, a alimentação durante o tratamento deve ser pastosa e mole como como mingaus, frutas cozidas, cereais, sopas e purês, para ser fácil de engolir. Além disso, para aliviar a coceira na pele é recomendado dar um banho com chá de Mil em rama ou folhas de Eucalipto e passar regularmente um óleo hidratante ou creme em toda a região avermelhada. Veja como é feito o remédio caseiro para escarlatina e como deve ser a alimentação da pessoa com escarlatina.

Bibliografia >

  • CORDEIRO, MARIO. O livro da criança: Do 1 aos 5 anos. 7.ed. Lisboa: Esfera, 2007. 668.
  • Rinaldo de Lamare. A vida do bebê. 42.ed. Rio de Janeiro: Agir, 2009. 571.
  • BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PAULISTA. Escarlatina: orientações para surtos. 2007. Disponível em: <http://periodicos.ses.sp.bvs.br/pdf/bepa/v4n46/v4n46a03.pdf>. Acesso em 03 Mai 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem