Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Erenumab para enxaqueca

O Erenumab é uma substância ativa inovadora, produzida na forma de injeção, criada para prevenir e reduzir a intensidade da dor da enxaqueca em pessoas com 4 ou mais episódios por mês. Este medicamento é o primeiro e único anticorpo monoclonal projetado especificamente para a prevenção da enxaqueca e foi já aprovado nos Estados Unidos, com o nome comercial Aimovig.

A enxaqueca caracteriza-se por uma dor de cabeça intensa e pulsante que pode atingir só um dos lados, podendo ser acompanhada de outros sintomas como enjoo, vômitos, tonturas, sensibilidade à luz, dor na nuca e dificuldade para se concentrar. Saiba mais sobre os sintomas da enxaqueca.

Os resultados dos estudos com Erenumab foram muito positivos, havendo uma redução para metade do número de enxaquecas e também da duração dos episódios de dor, com administrações de doses de 70 mg e 140 mg. Além disso, este medicamento foi bem tolerado, não tendo sido relatados efeitos secundários.

Erenumab para enxaqueca

Como o Erenumab funciona

O Erenumab é um anticorpo monoclonal humano que atua bloqueando o receptor do péptido relacionado com o gene da calcitonina, que é um composto químico presente no cérebro e que está envolvido na ativação da enxaqueca e na duração da dor.

Acredita-se que o péptido relacionado com o gene da calcitonina tenha um papel fundamental na fisiopatologia da enxaqueca, estando a ligação com os seus receptores envolvida na transmissão de dor da enxaqueca. Em pessoas com enxaqueca, os níveis deste péptido aumentam no início do episódio, voltando ao normal após o alívio da dor, com terapia com medicamentos usados no tratamento da enxaqueca, ou quando o ataque desaparece.

Assim, o Erenumab pode não só reduzir os episódios da enxaqueca, como pode também reduzir a toma de medicamentos atualmente usados para tratar a enxaqueca, que apresentam muitos efeitos colaterais. 

Como usar

O Aimovig deve ser injetado sob a pele utilizando uma seringa ou caneta pré-cheia, que pode ser administrada pela própria pessoa após receber treino adequado.

A dose recomendada é de 70 mg a cada 4 semanas, numa única injeção. Em alguns casos pode ser necessário administrar uma dose de 140 mg a cada 4 semanas. 

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Erenumab são reações no local de injeção, prisão de ventre, espasmos musculares e coceira.

Quem não deve usar

O Aimovig é contraindicado para pessoas que tenham hipersensibilidade a qualquer um dos componentes presentes na fórmula e não é recomendado para grávidas ou mulheres que estejam a amamentar.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem