Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a Epicondilite Lateral

A epicondilite lateral, ou cotovelo do tenista, é uma inflamação dos músculos e tendões do cotovelo causada por esforço repetitivo dos músculos do antebraço e do punho, comum entre jogadores de tênis e trabalhadores que costumam realizar movimentos repetitivos, como quem precisa digitar muito no computador ou retirar ervas do jardim.

Geralmente, a epicondilite lateral do cotovelo é caracterizada por dor intensa, que piora com o movimento e ao pegar em objetos, como uma xícara de café cheia.

A epicondilite lateral tem cura e o seu tratamento deve ser feito com a combinação de remédios e fisioterapia, podendo, nos casos mais graves, também pode incluir cirurgia.

Sintomas de epicondilite lateral

Como identificar e tratar a Epicondilite Lateral

Os sintomas de epicondilite lateral podem surgir sem lesão específica e incluem:

  • Dor intensa no cotovelo;
  • Queimação na lateral do cotovelo;
  • Diminuição da força no braço ou punho;

Os sintomas de epicondilite lateral surgem de forma gradual ao longo de semanas ou meses e devem ser avaliados pelo clínico geral ou ortopedista.

Tratamento para epicondilite lateral

O tratamento para epicondilite lateral pode durar alguns meses e, normalmente, é feito com:

  • Ingestão de remédios anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Aspirina;
  • Fisioterapia que inclui exercícios de alongamento, massagem com frio e estimulação elétrica dos músculos;
  • Uso de uma tira apertada no antebraço, para diminuir o movimento do músculo e do tendão;

Durante o tratamento, é recomendado o repouso do braço, evitando fazer esportes como tênis, golfe, voleibol ou handebol, por exemplo.

A fisioterapia pode ajudar a controlar a dor e a melhorar os movimentos e deve ser indicada pelo fisioterapeuta. Alguns recursos que podem ser usados são equipamentos que combatem a inflamação. Uso de compressas com gelo e exercícios de fortalecimento e alongamento. Técnicas de massagem transversa e mobilização neural também são úteis para acelerar a cura.

Veja como fazer essa massagem e como a alimentação pode ajudar no vídeo a seguir:

Nos casos mais graves ou quando os sintomas duram mais de 1 ano, após o início do tratamento, pode ser indicado cirurgia para epicondilite.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...