Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Envelhecimento Pecoce e como combater

O envelhecimento precoce da pele acontece quando, além do envelhecimento natural provocado pela idade, existe uma aceleração da formação de flacidez, rugas e manchas devido a hábitos de vida e fatores do ambiente, como poluição, má alimentação, fumo, sedentarismo, estresse e, principalmente, a exposição solar sem proteção, já que os radicais livres presentes nestas situações causam prejuízos à saúde dos tecidos.

Assim, para evitar o envelhecimento precoce e manter a pele do rosto e corpo mais firme e e hidratada por mais tempo, é recomendado focar em atitudes como ter uma alimentação rica em vegetais, beber muitos líquidos, sempre remover a maquiagem e fazer limpeza e tratamentos de pele, por exemplo, pois além aumentarem os níveis de antioxidantes, que são nutrientes que combatem o envelhecimento através da neutralização dos radicais livres, deixam a pele com um aspecto mais jovem e saudável.

O que é Envelhecimento Pecoce e como combater

Sintomas que indicam envelhecimento da pele

O envelhecimento é um processo natural, entretanto existem alguns sinais e sintomas que indicam que a pele passa por um envelhecimento mais cedo do que deveria. Os principais são:

  • Rugas e linhas de expressão nas testa, ao redor dos lábios (bigode chinês) e olhos (pés de galinha): surgem devido à perda de colágeno e elastina, fazendo com que a pele deixe de ter a firmeza habitual e surjam falhas;
  • Manchas escuras: são causadas devido à exposição solar excessiva e sem fotoproteção, já que os raios UV são agressivos à pele, ou também devido alterações hormonais em mulheres grávidas ou idosos, que estimulam a pigmentação;
  • Flacidez em excesso: o envelhecimento precoce torna a pele mais fina e sem firmeza, devido à falta de hidratação e perda da sua camada de gordura, o que a torna sem brilho e vitalidade. 
  • Presença de olheiras: a região ao redor dos olhos sofre bastante o efeito do envelhecimento, por isso, olheiras intensas ou com piora podem ser um sinal de que a pele não está saudável.

Além disso, o branqueamento dos fios de cabelo também pode se tornar pior devido à ação dos radicais livres, estresse e falta de vitaminas e minerais, além de causas genéticas e hormonais. 

Como combater o envelhecimento precoce

Para combater a ação dos radicais livres na pele, impedindo o envelhecimento precoce, é importante focar em atitudes como:

1. Usar o protetor solar diariamente

O uso do protetor solar, de preferência com FPS 30 ou mais, é fundamental para proteger a pele da ação dos raios UV, evitando não só o envelhecimento mas a formação do câncer de pele. O ideal é escolher um filtro ideal para cada tipo de pele, seja oleosa ou ressecada, para evitar outros efeitos indesejados, como a formação de acne. 

Saiba escolher o melhor protetor solar para a sua pele e como usar

2. Fazer limpeza de pele

A limpeza diária do rosto com produtos específicos, como sabonetes e loções, ajudam a manter a pele macia e revigorada. Também é muito importante remover a maquiagem sempre após o seu uso, principalmente antes de dormir, com removedores e lavagem com água e sabão. Isso é muito importante para impedir o ressecamento e danos causados pelo acúmulo dos produtos na pele. 

Além disso, fazer esfoliações semanais ou de peelings periódicos ajudam a remover camadas de pele morta e renovar a pele. Confira os passos para fazer uma limpeza de pele em casa.

O que é Envelhecimento Pecoce e como combater

3. Consumir alimentos antioxidantes

Cuidados com a alimentação são fundamentais para permitir que a pele seja jovem, atuando de dentro para fora. Assim, nutrientes antioxidantes, como vitamina C, vitamina E, selênio, zinco, isoflavonas e resveratrol, por exemplo, encontrados em legumes, verduras e frutas, como cenoura, beterraba, uva, tomate, damasco, mamão e beringela, por exemplo, ajudam não só a diminuir o envelhecimento da pele, mas também a manter um organismo mais saudável. 

Confira quais são os alimentos ricos em antioxidantes que não podem faltar na dieta. 

4. Fazer tratamentos de pele

Técnicas de tratamento de pele, orientados pelo dermatologista, são ótimas formas de não só combater os sinais de envelhecimento, mas ajudam a dar um aspecto mais jovem à aparência, pois são capazes de diminuir as linhas de expressão e eliminar as manchas. Alguns dos principais tratamentos recomendados são Radiofrequência, Carboxiterapia, Peeling químico, Luz pulsada, Microagulhamento ou tratamentos com ácidos, por exemplo. Saiba mais sobre as técnicas utilizadas para combater a flacidez no rosto.

Caso estes tratamentos não sejam suficientes, uma alternativa é o tratamento de preenchimento facial com ácido hialurônico ou botox, por exemplo, ou, em último caso, recorrer à cirurgia plástica, sendo importante conversar com o dermatologista sobre as alternativas disponíveis.  

5. Ter hábitos saudáveis

É comprovado que hábitos prejudiciais como fumar, consumir bebidas alcoólicas em excesso, sedentarismo, estresse e falta de descanso prejudicam a aparência da pele, sendo muito importante revertes estas atitudes para que os tecidos da pele fiquem bem nutridos, hidratados e saudáveis. Assim, é recomendado:

  • Praticar atividades físicas 3 a 5 vezes por semana;
  • Beber 1,5 a 2 litros de água por dia;
  • Não fumar;
  • Dormir bem, evitando perder noites;
  • Evitar estresse excessivo.

Além disso, recomenda-se manter as avaliações médicas de rotina em dia, de forma a controlar doenças que podem piorar a aparência da pele, como desordens hormonais, carências de vitaminas ou doenças circulatórias, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...