Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Inflamação do intestino: sintomas, causas e tratamento

A enterite é a inflamação no intestino que pode acontecer devido ao consumo de alimentos e água contaminados com bactérias ou vírus, ou ser consequência da realização de radioterapia ou uso frequente de medicamentos, o que levar à irritação e inflamação da mucosa intestinal.

Como consequência da inflamação do intestino, podem ser notados sintomas como dor abdominal, náuseas, vômitos, sangue e muco nas fezes e diarreia intensa. Na presença desses sintomas, é importante que o clínico geral ou gastroenterologista sejam consultados, pois assim é possível identificar a causa da enterite e ser indicado o tratamento mais adequado, o que pode ser feito com repouso, alimentação leve e de fácil digestão e uso de antibióticos, em alguns casos.

Inflamação do intestino: sintomas, causas e tratamento

Sintomas de enterite

Os sintomas de enterite desenvolvem-se à medida que há maior inflamação na mucosa do intestino, sendo os principais.

  • Diarreia intensa;
  • Febre;
  • Perda de apetite;
  • Dor abdominal e cólica;
  • Náusea e vômito;
  • Dor ao defecar;
  • Sangue e muco nas fezes;
  • Dor de cabeça.

Na presença destes sintomas, é importante que a pessoa consulte o clínico geral ou gastroenterologista para que seja feito o diagnóstico e inciado o tratamento, pois assim é possível evitar o desenvolvimento da desidratação devido à perda excessiva de líquidos. Veja como identificar a desidratação.

Durante a consulta, o médico pode realizar a avaliação dos sintomas além de solicitar exame de sangue e fezes com o objetivo de identificar o agente causador da enterite. Em alguns casos, pode também solicitar a realização de colonoscopia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Principais causas

A enterite pode ser classificada em tipos de acordo com a causa, sendo os principais:

  • Enterite bacteriana, que é causada por bactérias, principalmente Escherichia coli, Salmonella sp., Campylobacter jejuni e Clostridium perfringens, e que acontece após o consumo de água e alimentos contaminados, principalmente leite e derivados não pasteurizados, carne de porco mal cozida ou alimentos contaminados devido à manipulação ou conservação dos alimentos;
  • Enterite viral, que pode ser causada pelo adenovírus e rotavírus, e que também pode acontecer após o consumo de água e alimentos contaminados;
  • Enterite após radiação, que acontece como consequência da radioterapia, em que pode haver destruição de células saudáveis, favorecendo a inflamação do intestino;
  • Enterite autoimune, em que a inflamação da mucosa do intestino está relacionada com doenças intestinais autoimunes, principalmente doença de Chron.

Além disso, a enterite pode ser devido ao uso de medicamentos de forma frequente, principalmente Ibuprofeno e Naproxeno sódico, ou de drogas ilícitas, como cocaína.

Como é feito o tratamento

O tratamento deve ser indicado pelo médico de acordo com os sintomas apresentados pela pessoa e causa da enterite. De forma geral, é indicado que a pessoa fique em repouso, beba bastante líquidos ao longo do dia e tenha uma alimentação leve e de fácil digestão, assim é possível evitar mais inflamação no intestino e favorecer a recuperação.

Em alguns casos, o médico pode indicar o uso de medicamentos anti-inflamatórios e antibióticos, no caso de enterite bacteriana, pois assim é possível promover a eliminação do agente infeccioso. Nos casos mais graves, pode ser necessária hospitalização para ser feita hidratação do organismo por via endovenosa.

Veja mais detalhes da alimentação durante o tratamento da enterite para recuperar mais rápido:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew I. Cecil Medicine. 24 ed. Philadelphia: Elsevier, 2011. 291.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...