Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser a Dor no Braço Direito e como tratar

A dor no braço direito pode surgir por diversas causas, sendo que as mais comuns são pancadas ou lesões nas estruturas do braço, como acontece ao ter uma má postura, fazer esforços repetitivos ou ao dormir por cima do braço, por exemplo. 

A dor no braço pode surgir em qualquer região, desde o ombro até o punho, geralmente, por afetar locais como músculos, tendões, nervos, articulações, vasos sanguíneos e pele. Apenas em raros casos poderá indicar um problema mais sério, como uma doença neurológica ou, até mesmo um infarto.

Assim, para identificar a causa exata da dor, é necessário procurar o atendimento médico, que fará uma avaliação dos sintomas, exame físico da região e, se necessário, solicitar exames para determinar a causa e indicar o tratamento mais correto. 

Apesar de muitas, as principais causas de dor no braço direito podem incluem:

O que pode ser a Dor no Braço Direito e como tratar

1. Realização de esforço

Esforços intensos com o braço, comum em pessoas que frequentam academia ou praticam algum esporte, podem provocar pequenas lesões nos músculos do braço ou articulações do ombro, cotovelo ou punho, o que causa dor que, geralmente, melhora após alguns dias de repouso.

Quando o esforço é repetitivo, especialmente em pessoas que trabalham fazendo movimentos com o braço, como professores que escrevem no quadro, operários de máquina, músicos ou atletas, é possível acontecer o Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT), também conhecido como Lesão por Esforço Repetitivo (LER).

O que fazer: Para prevenir este tipo de lesão, é necessário obter orientações do médico e do fisioterapeuta sobre as posturas corretas que se deve assumir durante a realização dos movimentos, para evitar desgaste das estruturas do braço e, no momento da dor aguda, o médico poderá indicar medicamentos anti-inflamatórios e repouso. Confira receitas de anti-inflamatórios naturais para ajudar a combater a dor

2. Tendinite

A tendinite é uma inflamação do tendão, um tecido que liga o músculo ao osso, que gera sintomas como dor localizada e falta de força muscular. Ela pode surgir mais facilmente em pessoas que realizam esforços repetitivos com o ombro ou braço, ou em esportistas. 

O que fazer: para tratar a tendinite aconselha-se evitar fazer esforços com o membro afetado, tomar os medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios indicados pelo médico, e realizar as sessões de fisioterapia. Confira as opções de tratamento para tendinite.

3. Síndrome de túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo ocorre pela compressão de um nervo que se estende pelo braço até a mão, chamado de nervo mediano. Esta síndrome é caracterizada por surgimento de formigamento e sensação de agulhas principalmente no polegar, indicador ou dedo médio.

A síndrome do túnel do carpo é mais comum em profissionais que trabalham utilizando as mãos e punho, como digitadores, cabeleireiros ou programadores, por exemplo, e os sintomas surgem aos poucos, e pode até se tornar incapacitante.

O que fazer: o tratamento é orientado pelo ortopedista ou reumatologista e inclui uso de anti-inflamatórios, repouso e fisioterapia. Confira no vídeo a seguir, orientações da fisioterapeuta para aliviar a dor nestes casos:

4. Má circulação

Alterações na circulação sanguínea do braço, provocada por uma obstrução no vaso sanguíneo ou uma trombose em veias ou artérias, por exemplo, pode provocar sensação de dor, formigamento, peso e inchaço do membro afetado.

Deve-se suspeitar de má circulação quando houver extremidades das mãos muito pálidas ou arroxeadas, inchaço no braço ou nas mãos ou sensação de formigamento. 

O que fazer:é necessário consultar-se com o clínico geral ou angiologista, que farão uma avaliação detalhada e solicitarão exames como ultrassom com doppler do braço. O tratamento depende da causa, e pode envolver consumo de líquidos, exercícios ou, nos casos mais graves, uso de remédios para facilitar a circulação. Saiba mais sobre o tratamento para má circulação

5. Infarto

O infarto agudo do miocárdio ou uma angina podem provocar dor no peito que irradia para o braço e, apesar de ser mais frequente para o braço esquerdo, é possível que irradie para o braço direito. Este sintoma do infarto é raro, mas pode surgir principalmente em idosos, diabéticos ou mulheres, que podem apresentar sintomas atípicos mais frequentemente.

A dor no braço que indica infarto costuma estar associada a uma sensação de queimação ou aperto, além de dor no peito, falta de ar, náuseas ou suor. 

O que fazer: caso haja suspeita de infarto, é indicado ir ao pronto-socorro para que o médico avalie os sintomas e solicite exames, que poderão confirmar ou não o problema. Saiba identificar os principais sintomas de infarto.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar