Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que fazer para diminuir o apetite

Para diminuir a fome é importante evitar pular refeições, aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra e beber bastante água. Alguns alimentos também ajudam no controle da fome são pera, o ovo e o feijão, pois aumentam a sensação de saciedade por mais tempo, podendo ser incluídos alternadamente na dieta diária.

Além da alimentação, uma boa noite de sono também é importante para a produção de hormônios, essenciais para o bom funcionamento do organismo, evitando a ansiedade e a necessidade de se alimentar a cada momento.

O que fazer para diminuir o apetite

1. Se alimentar a cada 3h

Comer a cada 3 horas evita a fome, pois o corpo está sempre saciado, além de ajudar a reduzir a quantidade de alimentos a serem ingeridos nas refeições seguintes. Quando a pessoa está com fome, a tendência é comer mais e, normalmente, o desejo é ingerir alimentos calóricos, como doces, contribuindo para o ganho de peso. Por isso, deve-se comer pequenas refeições a cada 3 a 4 horas.

Alguns exemplos de boas opções de lanches são de preferência as frutas com casca, biscoitos integrais, pão integral, e frutas secas como nozes, amêndoas ou amendoim.

2. Consumir muitas fibras

As fibras estão presentes principalmente em frutas, vegetais e alimentos integrais. Elas fazem com que o estômago fique mais cheio, e prolongam a sensação de saciedade após as refeições. Estratégias para aumentar o consumo de fibras são comprar arroz, macarrão, pão e biscoitos integrais, sementes como chia e linhaça para colocar em sucos ou iogurtes, ocupar pelo menos metade do prato com salada, especialmente saladas cruas, e comer no mínimo 3 frutas por dia.

3. Comer antes de dormir

Comer um pequeno lanche antes de dormir, pode ajudar a prevenir a fome durante a noite. Uma boa dica para comer antes de dormir é o chá de camomila ou erva-cidreira com uma tosta de trigo integral, já que o chá acalma e prepara o corpo para o sono e o pão torrado dá saciedade, evitando a fome durante a noite.

Outras opções de lanches podem ser uma xícara de gelatina sem açúcar, iogurte natural ou um ovo mexido, por exemplo.

4. Investir nas gorduras boas

Muitas pessoas, ao fazerem dieta, restringem muito o consumo de gordura, o que costuma aumentar a sensação de fome. Porém, é possível incluir na alimentação diária as gorduras "boas", que podem ser encontradas em peixes como salmão, truta e atum, em azeite ou óleo de linhaça, em frutas como abacate e coco, e em frutas secas como amendoim, nozes e amêndoas, por exemplo.

Esses alimentos fornecem mais energia ao organismo, prevenindo doenças cardiovasculares e melhorando a memória.

Veja quais os alimentos ricos em gorduras boas para o coração.

5. Beber água

Deve-se ingerir bastante água porque os sinais de desidratação do corpo são semelhantes aos sinais de fome. Assim, aumentar o consumo de água, chás ou sucos sem açúcar ajuda a evitar a sensação de fome, além de melhorar o funcionamento do corpo e a saúde da pele.

6. Dormir bem

É durante o sono que o corpo elimina toxinas e produz hormônios essenciais para o equilíbrio do corpo. Sem dormir, seu organismo vai acabar precisando de mais comida para produzir energia e suprir a necessidade de ficar alerta, por isso é comum quem tem insônia levantar no meio da noite para comer.

7. Alimentos que inibem o apetite

Alguns alimentos têm a propriedade de inibir o apetite, como a pêra, a pimenta, o feijão, o ovo, a canela e o chá verde. Deve-se consumir diariamente esses alimentos para conseguir a redução do apetite, pois eles são ricos nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo.

Assista ainda o vídeo seguinte e veja como introduzir na alimentação os alimentos que diminuem o apetite:

8. Parar de tomar refrigerantes

Os refrigerantes são ricos em frutose, um tipo de açúcar que quando consumido em excesso provoca a redução do hormônio leptina, que dá a sensação de saciedade ao corpo. Assim, pessoas que consomem muitos refrigerantes acabam sentindo fome com mais frequência. Outra substância rica em frutose é o xarope de milho, encontrado em alimentos industrializados como mel, ketchup, bolos, brownies e biscoitos.

9. Tomar suplementos

Alguns suplementos que podem ajudar a reduzir o apetite, como a spirulina ou o picolinato de cromo, devem ser tomados de acordo com as orientações do médico ou nutricionista.

É importante que, associado aos suplementos, seja realizada uma alimentação saudável e balanceada, assim como atividade física frequente, para manter o peso e evitar o efeito rebote quando os suplementos forem interrompidos. Veja outros exemplos de suplementos para emagrecer.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem