Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é a recuperação da Curetagem

A recuperação da curetagem é de cerca de 3 dias, devendo a mulher permanecer em repouso para prevenir aparecimento de complicações, que são raras, mas podem surgir sangramentos, infecções uterinas, perfuração do útero, bexiga ou alça intestinal. Além disso, também pode levar a formação de uma espécie de cicatriz que leva à adesão das paredes do útero, alterando o ciclo menstrual e diminuindo a fertilidade.

No caso da curetagem ser feita após um aborto, a mulher deve ficar em resguardo, durante pelo menos 1 mês e evitar gravidez 3 meses seguintes. Caso a curetagem tenha sido realizada como exame de diagnóstico, a mulher pode engravidar ao fim do 1º mês. Saiba mais detalhes em: Engravidar após a curetagem.

Como é a recuperação da Curetagem

Cuidados depois da curetagem

No dia da curetagem não é recomendado fazer esforços e por isso a mulher não deve trabalhar. O ideal é ficar deitada, descansando enquanto lê um livro ou dorme. Nos próximos 3 dias pode retomar suas atividades, mas sem ir à academia. Quando o sangramento e as cólicas diminuírem, pode-se voltar as atividades normais, inclusive à atividade física.

Após a curetagem a mulher deve ter alguns cuidados como não usar absorvente interno no primeiro mês após a curetagem, fazer duches vaginais e as relações sexuais geralmente também são liberadas cerca de 2 semanas, quando o sangramento cessar completamente, mas nos primeiros dias deve-se usar camisinha. 

A primeira menstruação após a curetagem é mais dolorosa e pode conter pequenos vestígios e coágulos, e por isso, algumas mulheres podem achar que estão tendo um novo aborto, mas na verdade, estes são restos do tecido que revestia o útero ainda do mês anterior.

Sinais de alerta para ir ao médico

Deve-se ir ao médico ou pronto-socorro se apresentar algum dos seguintes sintomas:

  • Sangramento, que é preciso trocar o absorvente a cada hora;
  • Febre;
  • Cólicas abdominais fortes; 
  • Dor que piora ao invés de melhorar;
  • Corrimento vaginal com mau cheiro.

Após a curetagem o útero deve levar alguns dias até se recuperar completamente e por isso a próxima menstruação poderá vir um pouco mais tarde que o habitual. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...