Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta da proteína magra

A dieta da proteína magra baseia-se no consumo de alimentos ricos em proteínas, mas que contenham poucas calorias como carnes de aves, peixes, verduras e legumes, por exemplo e, após duas semanas, frutas.

Nesta dieta exclui-se da alimentação os alimentos com carboidratos como arroz, massa ou batata por 2 semanas, que depois podem ser novamente consumidos, mas com moderação para manter o peso. Nela, pode-se comer a quantidade de alimentos que quiser, não havendo restrição na quantidade.

Alimentos permitidos na dieta da proteína magraAlimentos permitidos na dieta da proteína magra
Alimentos proibidos na dieta da proteína magraAlimentos proibidos na dieta da proteína magra

O que comer na dieta da proteína magra

O que se pode comer na dieta da proteína magra são

  • Alimentos ricos em proteína magra na quantidade que quiser - exemplos: carne de aves, peixe, ovos e queijos light
  • Verduras e legumes, no máximo 3 variações por dia - exemplos: repolho, alface, tomate, couve-flor, brócolis, cebola, pepino, abobrinha, quiabo, nabo, rabanete, acelga, jiló, salsa, chicória, escarola, palmito, berinjela, pimentão, espinafre, couve, agrião e rúcula.
  • Gelatina diet, ou outra desde que não tenha açúcar, é uma sobremesa que pode-se comer à vontade.
  • Após 2 semanas do início da dieta pode-se comer frutas, como por exemplo: melão, melancia, abacate, manga, mamão e limão.

As bebidas podem ser água, chás ou café, sem açúcar ou com adoçante sem frutose, como o Stévia, por exemplo.

O que não comer na dieta da proteína magra

O que não se pode comer na dieta da proteína magra são os alimentos ricos em carboidratos como:

  • Arroz, trigo ou milho;
  • Feijão, grão-de-bico, lentilha ou ervilha;
  • Banana, uva, figo(seco), ameixa, caqui, castanha, coco(polpa), jaca(semente), marmelo, nêspera, tâmara, amêndoa ou tamarindo;
  • Qualquer tipo de batata;
  • Açúcares que são: sacarose (açúcar de cana ou beterraba), glicose (açúcar de uva), lactose (açúcar de leite), maltose (açúcar de malte), frutose ou levulose (açúcar de frutas);
  • Leite, bolacha, biscoito, farinha e seus derivados, mel, melado, cerveja, amendoim, apresuntado, cenoura, beterraba, maisena, macarrão, iogurte, pudim, tudo que contenha açúcar e achocolatados.

Após 48 horas sem comer alimentos com carboidratos o organismo inicia um processo em que vai buscar a gordura armazenada para produzir energia.

Cardápio da dieta da proteína magra

Um exemplo de cardápio da dieta da proteína magra é:

  • Café da manhã e lanches - gelatina sem açúcar com café sem açúcar ou ovos mexidos com presunto light.
  • Almoço e jantar - bife de peru grelhado com salada de alface e tomate ou pescada cozida com brócolis. Os legumes podem ser temperado com azeite e vinagre.

A dieta da proteína magra pode provocar, nos primeiros dia, sintomas como dor de cabeça, mau hálito, dores musculares e prisão de ventre, mas aos poucos o indivíduo vai se acostumando e estes sintomas vão desaparecendo.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...