Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dicas para Diminuir o golfar do Bebê

O golfar do bebê é caracterizado pela saída de uma pequena quantidade de leite pela boca após mamar ou tomar a mamadeira, sem ter que fazer nenhum esforço. Essa condição é muito comum nos bebês recém-nascidos e permanece até cerca de 6 ou 7 meses, mas pode ser desconfortável para o bebê e para os pais, porque o bebê pode chorar a seguir. 

Algumas dicas muito importantes para diminuir o golfar do bebê incluem:

  • Evitar que o bebê engula muito ar durante a mamada;
  • Sempre colocar o bebê para arrotar, durante e depois das mamadas;
  • Vestir o bebê com roupas e fraldas pouco apertadas;
  • Evitar movimentar o bebê bruscamente depois da mamada;
  • Apenas deitar o bebê 30 minutos após dar de mamar;
  • Bebês que não mamam no peito podem tomar um leite em pó específico contra o refluxo, como Aptamil AR, Nan AR ou Enfamil AR Premium. Saiba mais detalhes aqui

Para diminuir a quantidade de ar engolido pelo bebê, a mãe deve adotar uma técnica de amamentação correta, ou, no caso do bebê mamar na mamadeira, manter o bico sempre cheio de leite. 

Dicas para Diminuir o golfar do Bebê

Além disso, caso seja necessário deitar o bebê depois de ele arrotar, deve-se colocar uma almofada por baixo do colchão, e não debaixo da cabeça do bebê, para elevar a cabeça do bebê e colocá-lo deitado de lado. Uma outra possibilidade é colocar um calço de 5 a 10 cm de altura na cabeceira do berço, formando um ângulo de 30 graus, para manter a cabeça sempre mais elevada que os pés. 

Nos casos onde os episódios de golfos são muito frequentes e seguir estas medidas não é suficiente o pediatra pode recomendar a toma de medicamentos como domperidona ou cisaprida, por exemplo. 

Como colocar o bebê para arrotar

Dicas para Diminuir o golfar do Bebê
Dicas para Diminuir o golfar do Bebê

Para colocar o bebê a arrotar pode-se utilizar uma das seguintes técnicas:

  • Colocar o bebê de pé encostado ao ombro da mãe e dar palmadinhas suaves nas costas, como mostra a imagem 1;
  • Colocar o bebê sentado no colo e com uma mão segurar a cabeça do bebê e com a outra dar palmadinhas suaves nas costas, como mostra a imagem 2.

Estas técnicas devem ser feitas durante a mamada e após mamar para eliminar o excesso de ar e evitar o surgimento de golfo.

Porque os bebês golfam 

O refluxo gastroesofágico, popularmente conhecido como golfar no bebê, é uma condição normal que afeta todos os bebês recém nascidos. O golfar é normal até os 6 à 7 meses de idade, época em que começa a introdução de outros alimentos mais pastosos, que o o leite materno e a mamadeira, e também com a posição mais ereta da criança. 

Quando a partir dessa fase o golfar permanece o bebê deve ser avaliado pelo pediatra porque podem existir situações como estenose congênita do esôfago, fístula traqueo-esofágica, atresia de esôfago, distúrbios da deglutição, estenose hipertrófica do piloro, úlcera gástrica ou duodenal, pâncreas anular, pseudo-obstrução intestinal, alergia alimentar (proteína do leite de vaca), infecção urinária, parasitoses intestinais, doenças genético-metabólicas, asma, fibrose cística ou alterações do sistema nervoso central, por exemplo. 

Porém quando a golfada incomoda o bebê ou quando tem coloração verde, pode ser necessário consultar o pediatra, saiba quando em Saiba Quando Golfar é Normal

Como diferenciar o golfo do vômito 

Para diferenciar o golfo de um episódio de vômito deve-se observar outros sinais presentes como: esforço que o bebê faz com o corpo, pois no caso do vômito é preciso realizar algum esforço, enquanto que no golfo não é necessário nenhum esforço, porque o líquido sai naturalmente pela boca. No caso do vômito o bebê também pode apresentar sinais de que não está se sentindo bem, choramingando ou chorando, enquanto que no golfo, ele pode estar aparentemente normal. 

No entanto, quando o bebê apresenta episódios de golfo frequente o líquido pode estar ácido e causar irritação no esôfago e na laringe, e por isso, durante um episódio de golfo o bebê pode apresentar choro excessivo, irritabilidade, distúrbios do sono, agitação e recusar mamar ou tomar a mamadeira. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...