11 formas naturais de aliviar a sinusite

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar

Algumas formas naturais de aliviar a sinusite, como umidificar o ambiente, fazer lavagem nasal com soro fisiológico ou tomar chás mornos, ajudam a hidratar e diminuir a inflamação dos seios nasais, além de deixar o catarro mais líquido, facilitando sua eliminação e aliviando a congestão nasal.

A sinusite pode acontecer várias vezes ao longo da vida devido a diferentes causas, como infecção pelo vírus da gripe ou alergias, por exemplo, levando ao surgimento de sintomas bastante desconfortáveis, como dor de cabeça e no rosto, congestão nasal e febre acima de 38º C, por exemplo.

Essas formas naturais são uma boa opção de ajudar a aliviar a sinusite mais rapidamente, e podem ser usadas para complementar o tratamento indicado pelo clínico geral ou o otorrinolaringologista. ​Veja como é feito o tratamento da sinusite.  

Algumas formas naturais para aliviar a sinusite são:

1. Umidificar o ambiente

Umidificar o ambiente, colocando uma bacia ou balde com água morna dentro dos cômodos da casa é uma excelente forma de aliviar a sinusite, pois ao respirar as partículas de água do ambiente, as vias respiratórias ficam mais hidratadas e menos irritadas, facilitando a eliminação do catarro e aliviando o desconforto da sinusite.

Esta dica é especialmente útil durante a noite para facilitar o sono e evitar acordar com o nariz entupido, por exemplo.

Outra opção para umidificar o ambiente é utilizar um aparelho umidificador. No entanto, deve-se ter cuidado para não usar o umidificador em excesso, pois a umidade excessiva pode levar ao surgimento de mofo no ambiente, e causar alergia. Confira outras formas simples de umidificar o ambiente

2. Fazer lavagem nasal com soro fisiológico

A lavagem nasal com soro fisiológico 0,9% ajuda a eliminar o excesso de secreções nos seios nasais, pois deixa o catarro mais líquido, tornando-o mais fácil de eliminar, o que ajuda a aliviar os sintomas da sinusite, como nariz entupido ou sensação de dor no rosto ao redor dos olhos ou do nariz. 

Para fazer a lavagem nasal, deve-se encher uma seringa com cerca de 10 a 20 mL de soro fisiológico 0,9% estéril, inclinar o corpo para frente e a cabeça ligeiramente para o lado. Em seguida, posicionar a seringa na entrada de uma narina e pressionar até que o soro saia pela outra narina. É importante manter a boca aberta e também respirar pela boca durante a lavagem com o soro, além de não inspirar o soro, e assoar o nariz logo a seguir. 

Assista o vídeo com o enfermeiro Manuel Reis sobre como fazer a lavagem do nariz corretamente:

3. Usar uma solução salina caseira

Fazer uma solução salina caseira é também uma ótima forma para limpar o nariz ou fazer a lavagem nasal para aliviar os sintomas da sinusite, e pode ser usada para substituir o soro fisiológico 0,9%.

Para preparar a solução salina caseira, deve-se adicionar 1 colher de sopa de sal em um copo de água filtrada ou mineral, e aplicar essa mistura dentro do nariz ou colocar essa mistura numa seringa e espirrar com força dentro do nariz, mantendo a boca aberta. Assim é possível retirar uma boa quantidade de catarro e impurezas deixando o nariz desentupido facilmente.

4. Fazer nebulização

A nebulização é uma ótima forma de aliviar a sinusite, pois através da inalação de vapor, as vias respiratórias ficam mais hidratadas e as secreções mais líquidas, tornando-as mais fáceis de eliminar, melhorando a congestão nasal e o desconforto da sinusite.

Para fazer a nebulização, deve-se utilizar um nebulizador elétrico, adicionado de 5 a 10 mL de soro fisiológico 0,9% no copo nebulizador. Em seguida, deve-se sentar confortavelmente, colocar a máscara do nebulizador e inspirar o vapor de forma profunda e lenta por cerca de 20 minutos ou até o soro acabar. Não é recomendado fazer a nebulização deitado, pelo risco de aspiração das secreções. 

Outra opção para fazer a nebulização é tomar um banho morno com a porta do banheiro fechada, para produzir vapor no ambiente, e inspirar o vapor da água do banho para ajudar a hidratar as vias respiratórias. Veja outras formas de fazer nebulização para sinusite

5. Inalar vapor de eucalipto

A inalação de vapor de eucalipto, é uma excelente forma de aliviar rapidamente a congestão nasal causada pela sinusite. Isto porque o eucalipto possui cineol na sua composição, com propriedades expectorantes, mucolíticas, anti-inflamatórias e antissépticas, que ajudam a aumentar a eliminação do catarro.

Para fazer a inalação com vapor de eucalipto, deve-se adicionar 5 gotas do óleo essencial de eucalipto em uma bacia com água quente. Depois cobrir a cabeça com uma toalha aberta, de modo que cubra também a bacia, e respirar o vapor o mais profundamente possível por até 10 minutos, repetindo 2 a 3 vezes ao dia. Ao terminar a inalação, é importante passar uma toalha molhada em água fria no rosto.

Caso não se tenha óleo essencial de eucalipto em casa também é possível fazer a inalação mergulhando algumas folhas de eucalipto em água fervente, pois o óleo natural da planta será transportado pelo vapor de água. Veja outras formas de usar o eucalipto para aliviar a sinusite.  

6. Aplicar compressas mornas

Aplicar compressas mornas no rosto, podem ajudar  a reduzir o inchaço das mucosas e abrir a passagem de ar, aliviando a dor ou pressão nos seios nasais, causados pela sinusite.

Para utilizar compressas mornas, deve-se molhar uma toalha em água morna, e colocar a toalha ao redor do nariz, testa, bochechas ou olhos, durante cerca de 15 minutos. 

7. Beber mais água

Beber mais água ajuda a manter o corpo hidratado, inclusive a mucosa nasal, além de ajudar a deixar o catarro mais líquido, facilitando sua eliminação e aliviando a sensação de pressão ou dor no rosto, e a congestão nasal.

O ideal é beber cerca de 2 litros de água por dia, na sua forma natural, com gás ou aromatizada.

8. Tomar chás mornos

Tomar chás mornos, como o chá de gengibre ou o chá de tomilho, por exemplo, podem ajudar a aliviar os sintomas da sinusite mais rapidamente, pois possuem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a inflamação dos seios nasais, além de manter o corpo hidratado. Veja outras opções de chás para a sinusite e como preparar

Além disso, pode-se também comer refeições mornas, como sopas ou caldos, ajudam a desobstruir o nariz e a diminuir a dor e a irritação da mucosa nasal. 

9. Comer alho e cebola

O alho e cebola possuem propriedades antimicrobianas ajudam a combater bactérias e a reduzir a inflamação dos seios nasais, o que ajuda na recuperação da sinusite.  

Esses alimentos podem ser incluídos no preparo das refeições, ou ainda, utilizados na forma de chás. 

10. Descansar o suficiente

Diante de uma crise de sinusite é recomendado ficar de repouso ou que pelo menos se consiga descansar de forma adequada, para ajudar o corpo a se recuperar da inflamação nos seios nasais e a combater a infecção.

Além disso, é recomendado dormir cerca de 8 a 9 horas por noite, além de evitar esforços ou fazer atividade física com treinos muito intensos. 

11. Mudar o estilo de vida

As mudanças no estilo de vida são especialmente importantes no caso da sinusite crônica, que geralmente surge várias vezes ao longo do ano e cujos sintomas se mantêm por mais tempo. Por isso, é recomendado algumas mudanças no estilo de vida, como deixar de fumar, evitar estar em locais poluídos, além de manter a casa sempre bem limpa e livre de poeiras. Veja as principais causas da sinusite crônica

Quando tomar remédios

Os remédios, como descongestionante nasal ou anti-histamínico, podem ser indicados quando não se consegue controlar a sinusite com métodos naturais durante 7 a 10 dias.

O médico também pode recomendar o uso de corticoides, anti-inflamatórios ou antibióticos para usar durante 5 a 7 dias, dependendo da necessidade, e se existirem outros sintomas como febre, ou se a pessoa tiver asma ou alguma outra doença respiratória que poderá agravar devido a sinusite. Veja como é feito o tratamento com remédios para sinusite

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em julho de 2022.

Bibliografia

  • AH-SEE, K. W.; EVANS, A. S. Sinusitis and its management. BMJ. 334. 7589; 358–361, 2007
  • MOSGES, R.; et al. Nonpharmacological Treatment of Rhinoconjunctivitis and Rhinosinusitis. J Allergy (Cairo). 2014. 416236, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • PATEL, Z. M.; et al. Patient education: Acute sinusitis (sinus infection) (Beyond the Basics). UpToDate. 2021
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • 7 alimentos antiinflamatórios que você precisa usar

    24:55 | 763836 visualizações
  • Os poderosos benefícios do CHÁ DE GENGIBRE

    14:54 | 282046 visualizações
  • 3 tratamentos caseiros para curar a SINUSITE mais rápido

    05:50 | 1213134 visualizações
  • Remédios Caseiros para Sinusite

    01:35 | 1193406 visualizações
  • Como Beber Mais Água

    04:51 | 1035431 visualizações