7 remédios caseiros para sinusite: chás e outras opções

Alguns remédios caseiros, como a inalação com vapor de eucalipto, o suco de hortelã com urtiga ou o chá de açafrão, possuem propriedades anti-inflamatórias, expectorantes e antissépticas, que ajudam a reduzir a inflamação dos seios nasais e a aliviar os sintomas de sinusite, como dor ou sensação de pressão no rosto, nariz entupido e tosse, por exemplo.

Outra boa opção de remédio caseiro para sinusite é fazer a limpeza do nariz e dos seios nasais com soro fisiológico, pois permite a eliminar o excesso de secreções e reduz a inflamação, aliviando os sintomas. Veja como fazer a limpeza do nariz com soro.

Estes remédios caseiros podem ser utilizados durante cerca de 2 semanas, mas se não existir qualquer melhora dos sintomas após 7 dias, é recomendado consultar o clínico geral ou o otorrinolaringologista para avaliar o problema e identificar se existe necessidade de iniciar o uso de remédios mais específicos. ​Entenda como é feito o tratamento para sinusite.

7 remédios caseiros para sinusite: chás e outras opções

Algumas opções de remédios caseiros para sinusite são:

1. Inalação com vapor de eucalipto

Um bom remédio caseiro para a sinusite é inalar o vapor de eucalipto porque tem propriedades expectorante e anti-séptica, que aliviam de forma rápida a congestão nasal. No entanto, existem algumas pessoas que podem ser mais sensíveis ao óleo essencial liberado pelo eucalipto e, nesses casos, pode haver uma piora dos sintomas. Caso isso aconteça, deve-se evitar fazer esta inalação.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de eucalipto;
  • 1 colher de chá de sal;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a água fervente numa bacia e adicionar as gotas do óleo essencial com o sal. Depois cobrir a cabeça e a bacia, inalando o vapor do chá. É importante respirar o vapor o mais profundamente possível por até 10 minutos, repetindo 2 a 3 vezes ao dia.

Caso não se tenha óleo essencial em casa também é possível fazer a inalação mergulhando algumas folhas de eucalipto em água fervente, pois o óleo natural da planta será transportado pelo vapor de água.

2. Suco de hortelã com urtiga

Um bom remédio caseiro para sinusite alérgica pode ser o suco de hortelã com urtiga, pois tem propriedades anti-inflamatórias, anti-alérgicas e descongestionantes que ajudam a diminuir a irritação dos seios nasais e a eliminar as secreções.

Ingredientes

  • 5 g de folhas de urtiga;
  • 15 g de hortelã;
  • 1 copo de água de coco;
  • 1 colher (de sopa) de mel de eucalipto.

Modo de preparo

Colocar as folhas de urtiga para cozinhar em uma panela com água. Depois, colocar as folhas cozinhadas junto com a hortelã, a água de coco e o mel num liquidificador e bater até obter um suco homogêneo. Beber 2 vezes por dia, entre as refeições.

É muito importante cozinhar as folhas de urtiga antes de usar, pois na sua forma natural a urtiga pode causar reação alérgica, só perdendo essa capacidade depois que é cozinhada.

3. Inalação com camomila

A inalação com camomila é um excelente remédio caseiro para sinusite, pois a camomila tem excelentes propriedades calmantes e o vapor da inalação ajuda a aquecer e umedecer as vias respiratórias superiores, aliviando o desconforto da sinusite, e pode ser feito em adultos ou crianças.

No entanto, a inalação em crianças deve ser sempre feita com supervisão de um adulto, mesmo que a criança já tenha feito outras inalações anteriores, uma vez que existe um grave risco de queimadura.

Ingredientes

  • 1 punhado de flores de camomila;
  • 1,5 a 2 litros de água.

Modo de preparo

Ferver a água e adicionar as flores de camomila. Esperar 5 a 10 minutos e, em seguida, colocar o rosto sobre a tigela e cobrir a cabeça com uma toalha. Deve-se pedir para que a criança respire o vapor por no mínimo 10 minutos.

4. Chá de açafrão

O açafrão, também chamado de cúrcuma, é rico em curcumina, uma substância com propriedade anti-inflamatória potente, que age diminuindo os sintomas da inflamação, o que pode ajudar a aliviar os sintomas de dor e pressão no rosto, além do mal estar geral causado pela sinusite.

Ingredientes

  • 1 colher rasa (de chá) de açafrão/cúrcuma em pó (200 mg);
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e adicionar o açafrão/cúrcuma. Deixar ferver por 5 a 10 minutos. Coar o chá e beber. Pode-se beber de 2 a 3 xícaras de chá de açafrão por dia.

Outra opção é consumir a cúrcuma na forma de cápsulas, que pode ser usada tomando 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia.

O açafrão/cúrcuma não deve ser usado por mulheres grávidas, ou pessoas que tomam anticoagulantes, como varfarina, clopidogrel ou ácido acetilsalicílico, pois pode aumentar o risco de sangramentos ou hemorragias.

5. Chá de gengibre e alho

O chá de gengibre e alho tem propriedades antioxidantes, antibacterianas e anti-inflamatórias devido a substâncias como a alicina, presente no alho, e os compostos fenólicos do gengibre, como o gingerol, chogaol e zingerona. Estas substâncias  ajudam a combater os sintomas da sinusite como nariz entupido, coriza, dor de garganta e mal estar geral. 

Além disso, esse chá ajuda a fortalecer o sistema imunológico e diminuir a duração da sinusite.

Ingredientes

  • 3 dentes de alho descascados e cortados ao meio;
  • 1 cm de raiz de gengibre ou ½ colher de chá de gengibre em pó;
  • 3 xícaras de água;
  • Mel para adoçar (opcional).

Modo de preparo

Ferver a água com o alho. Retirar do fogo e acrescentar o gengibre e o mel. Coar e servir a seguir. 

O gengibre não deve ser consumido por pessoas que usam anticoagulantes, e por isso deve ser retirado do chá nesses casos. Durante a gravidez, o gengibre só deve ser usado na quantidade de 1 g por dia e até um máximo de 4 dias.

6. Infusão de tomilho e mel

A infusão de tomilho e mel é rica em substâncias anti-inflamatórias e antissépticas, como timol, carvacrol, cimeno e linalol, que também possuem ação expectorante, facilitando a eliminação do catarro e aliviando a coriza e a sensação de nariz entupido da sinusite. 

Além disso, o mel ajuda a reduzir a inflamação, lubrificar a garganta, aliviar a tosse e o catarro. No entanto, para pessoas alérgicas ao mel, própolis ou pólen, não se deve acrescentar o mel no chá, devendo-se prepará-lo apenas com o tomilho.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de extrato de tomilho seco ou 2 ramos de tomilho fresco;
  • 1 litro de água fervente;
  • 1 colher (de sopa) de mel.

Modo de preparo

Adicionar o tomilho seco na água fervente e deixar descansar por 5 a 10 minutos. Coar e beber até 3 xícaras por dia.

A infusão de tomilho não deve ser usada por pessoas com problemas no estômago como gastrite ou úlcera, por pessoas com doenças no fígado ou que usam remédios anticoagulantes como varfarina ou clopidogrel, por exemplo.

7. Lavagem com bicarbonato de sódio

Este remédio caseiro para sinusite com bicarbonato de sódio é uma boa opção para aliviar a congestão nasal causada pela sinusite, reduzir a inflamação e eliminar as secreções que deixam o nariz entupido e escorrendo. Além disso, o bicarbonato de sódio ajuda a combater o crescimento de bactérias nos seios nasais e a tratar a secura dentro do nariz, o que permite dissolver e amolecer o muco.

Ingredientes

  • 1 irrigador nasal ou 1 seringa de 20 mL sem agulha;
  • 1 colher (de chá) de bicarbonato de sódio;
  • 1 xícara de água morna.

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes e colocar no irrigador nasal ou encher a seringa de 20 mL. Inclinar o corpo para frente e a cabeça ligeiramente para o lado. Posicionar o irrigador nasal ou a seringa na entrada de uma narina e pressionar até que o soro saia pela outra narina. É importante abrir a boca e respirar também pela boca durante a lavagem da narina.

Repetir esse procedimento de 2 a 3 vezes por dia em cada narina.

Outra forma de fazer a lavagem do nariz é usando soro fisiológico a 0,9% ou preparando uma solução com água morna e sal.

Assista o vídeo com o enfermeiro Manuel Reis onde se explica como fazer lavagem do nariz:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SEMWAL, Ruchi B. et al.. Gingerols and shogaols: Important nutraceutical principles from ginger. Phytochemistry Journal. 554-568, 2015
  • QUAN QUAN, Mao; XIAO-YU, Xu; et al. Bioactive Compounds and Bioactivities of Ginger (Zingiber officinale Roscoe). Foods. 8. 1-21, 2019
  • JOURNAL OF IMMUNOLOGY RESEARCH. Immunomodulation and Anti-Inflammatory Effects of Garlic Compounds. 2015. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4417560/>. Acesso em 09 Jun 2020
  • HASHEMIAN, Farnaz; et al. The effect of thyme honey nasal spray on chronic rhinosinusitis: a double-blind randomized controlled clinical trial. Eur Arch Otorhinolaryngol. 276. 6; 1429-1435, 2014
  • AHSAN, R.; et al. A Comprehensive Review on Physiological Effects of Curcumin. Drug Res (Stuttg). 70. 10; 441-447, 2020
  • DHOUIBI, R.; et al. Screening of pharmacological uses of Urtica dioica and others benefits. Prog Biophys Mol Biol. 150. 67-77, 2020
  • YOUNG, Haw-Yaw; et al. Analgesic and anti-inflammatory activities of [6]-gingerol. J Ethnopharmacol. 96. 1-2; 207-10, 2005
  • JURENKA, Julie S. Anti-inflammatory properties of curcumin, a major constituent of Curcuma longa: a review of preclinical and clinical research. Altern Med Rev. 14. 2; 141-53, 2009
  • BASA, Bakalo; et al. Review on Medicinal Value of Honeybee Products: Apitherapy. Advan. Biol. Res. 10. 4; 236-247, 2016
  • SALEHI, Bahare; et al. Thymol, thyme, and other plant sources: Health and potential uses. Phytotherapy Research. 1–19, 2018
  • AMERICAN ACADEMY OF ALLERGY, ASTHMA & IMMUNOLOGY. Saline Sinus Rinse Recipe. 2020. Disponível em: <https://www.aaaai.org/tools-for-the-public/conditions-library/allergies/saline-sinus-rinse-recipe>. Acesso em 22 Set 2021
Mais sobre este assunto: