Corrimento branco: o que pode ser e o que fazer

O corrimento branco quando acompanhado de cheiro e consistência diferente do costume pode ser sinal de infecção vaginal como candidíase ou de alguma alteração na flora vaginal normal como a vaginose bacteriana. Nestes casos, o corrimento vem acompanhado de outros sintomas, como ardência e coceira vaginal, sendo recomendado consultar o médico ginecologista logo que possível, para que seja recomendado o melhor tratamento.

Porém, nem todo corrimento é sinal de doença ou de infecção, pois é normal existir a saída de pequenas quantidades de secreção branca ou transparente, fluida e sem odor, que mantêm a lubrificação vaginal. Além disso, apesar do corrimento branco ser mais comum nas mulheres, nos homens pode ser indicativo de tricomoníase, sendo importante que o urologista seja consultado.

Corrimento branco: o que pode ser e o que fazer

As principais causas de corrimento branco são:

1. Ciclo menstrual

É normal que antes de menstruar a mulher apresente corrimento branco e grosso, considerado parte do ciclo menstrual e relacionado com as alterações hormonais desse período. Esse corrimento não tem cheiro, não está associado a nenhum outro sintoma e é formado principalmente por leucócitos, possuindo como objetivo a proteção do organismo da mulher e a promoção da lubrificação.

O que fazer: como é um tipo de alteração normal do ciclo menstrual, não é necessário fazer qualquer tipo de tratamento.

2. Candidíase vaginal

A candidíase vaginal é uma infecção muito comum que surge devido ao desenvolvimento do fungo candida, mais frequentemente Candida albicans, que além do corrimento de cor branca causa também coceira na região genital, ardor ao urinar, dor durante a relação sexual e vermelhidão na região íntima.

O que fazer: é importante consultar o ginecologista para que seja indicado o tratamento mais adequado, sendo normalmente recomendado o uso de remédios antifúngicos, em comprimidos, pomada ou comprimidos vaginais, como o Fluconazol. O tratamento pode durar entre 3 a 7 dias, de acordo com a orientação do médico. Entenda como é feito o tratamento da candidíase.

3. Vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é uma alteração na flora vaginal normal, em que existe um maior desenvolvimento da bactéria Gardnerella vaginalis, que pode causar corrimento de cor branca, cinza ou amarela, cheiro desagradável semelhante a peixe podre, coceira e ardência na região genital. Saiba como identificar os sintomas de vaginose bacteriana.

O que fazer: é recomendado que o ginecologista faça o exame ginecológico para confirmar a vaginose e, assim, ser iniciado o tratamento. O tratamento para a infecção é feito por meio do uso do antibiótico Metronidazol, em forma de comprimido ou de pomada vaginal, que deve ser usado conforme orientação do médico. Além disso, durante o período de recuperação, é recomendado o uso de preservativo e cuidados relacionados com a higiene.

4. Colpite

A colpite é uma inflamação da vagina e do colo do útero que pode acontecer devido a bactérias, fungos ou protozoários, resultando em corrimento branco e leitoso, podendo ser também bolhoso, mau cheiro na região íntima em alguns casos, e presença de pequenos pontos ou manchas vermelhas e inchaço do colo do útero que são observados durante exame ginecológico. Veja como identificar os sintomas de colpite.

O que fazer: o mais indicado é consultar o ginecologista para que sejam feitos exames que ajudem a confirmar a colpite, como o teste do KOH, do pH e a colposcopia. Dessa forma, após a confirmação do diagnóstico e identificação do agente infeccioso responsável pela inflamação, pode ser indicado o melhor tratamento, sendo normalmente indicado o uso de antimicrobianos em forma de pomada ou comprimido.

5. Tricomoníase no homem

A tricomoníase é uma infecção sexualmente transmissível causada pelo parasita Trichomonas sp., que pode afetar tanto homens quanto mulheres. A tricomoníase no homem é, na maioria das vezes, assintomática, no entanto em alguns casos é possível que exista corrimento branco e fluido, dor e desconforto ao urinar e vermelhidão na região genital. Saiba reconhecer os sintomas de tricomoníase.

O que fazer: na presença de sintomas indicativos de tricomoníase, é importante que o urologista seja consultado para que seja feito o diagnóstico correto e iniciado o tratamento, que pode ser feito com o uso de Tinidazol ou Secnidazol, de acordo com a orientação médica, além de ser recomendado evitar as relações sexuais durante o período de tratamento e a realização de tratamento pela parceira, mesmo que não existam sintomas aparentes.

6. Gravidez

Durante a gravidez é possível também que seja observado pequeno corrimento branco, o que acontece como consequência das alterações hormonais típicas desse período.

O que fazer: como se trata de uma alteração normal, não é necessário tratamento. No entanto, é importante que a mulher seja acompanhada pelo ginecologista para garantir que a gravidez esteja acontecendo corretamente.

Cuidados para evitar o corrimento branco

Como o corrimento branco pode ser indicativo de infecções, é importante que a mulher tenha alguns cuidados para evitar alteração na microbiota vaginal e desenvolvimento da infecção, como por exemplo:

  1. Evitar ficar com a roupa íntima úmida ou molhada;
  2. Não usar calcinhas de material sintético, optando pelas peças de algodão;
  3. Usar roupas leves e evitar as calças jeans e shorts muito apertados;
  4. Evitar os alimentos doces e os ricos em carboidratos, pois diminuem a imunidade potenciando o surgimento de infecções;
  5. Não usar as duchas vaginais diretamente sobre a região genital e lavar a região externa da vagina usando um sabonete íntimo;
  6. Dormir sem calcinha;
  7. Depois de evacuar, limpar sempre no sentido da frente para trás, para evitar que as bactérias fecais entrem na vagina e provoquem infecções.

Além disso, os lenços umedecidos perfumados ou o papel higiênico com perfume também podem prejudicar a saúde íntima da mulher, aumentando o risco do desenvolvimento de infecções. Confira como deve ser feita a higiene íntima para evitar infecções.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: