Confrei: para que serve e como usar

Atualizado em dezembro 2023
Evidência científica

Confrei é uma planta medicinal, da espécie Symphytum officinale L.​ indicada para auxiliar no tratamento de artrite, reumatismo, hematomas, fraturas, inflamações na pele ou dor muscular, devido suas propriedades adstringentes, cicatrizantes e anti-inflamatórias tópicas.

A parte normalmente utilizada do confrei, também conhecido como consólida, confrei russo, leite vegetal ou língua de vaca, é a raiz ou as folhas para o preparo de compressas, pomada ou cataplasma para uso externo.

O confrei deve ser usado com orientação médica ou de um fitoterapeuta e pode ser encontrado em algumas lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação para uso externo, não devendo ser ingerido por via oral, pois é tóxico.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O confrei é indicado para:

1. Aliviar os sintomas da artrite

O confrei possui alantoína, taninos e ácidos múcicos na sua composição com ação anti-inflamatória que ajuda a aliviar os sintomas da artrite, artrose ou reumatismo como inflamação, inchaço ou dor nas articulações.

Receba um tratamento mais completo!

Obtenha orientação especializada sobre o que tomar para se recuperar mais rápido.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Combater a distensão ou a dor muscular

Devido suas propriedades anti-inflamatórias e ativadoras da circulação sanguínea, o confrei pode ajudar a combater a dor ou distensão muscular, além de dor nas costas aliviando o desconforto.

3. Aliviar as contusões

O confrei também pode ajudar a aliviar a dor de contusões ou entorses após lesões ou acidentes esportivos, além de hematomas na pele, pois melhora a circulação sanguínea local, aumenta a regeneração celular e promove a cicatrização dos tecidos.

4. Auxiliar no tratamento da luxação

Por conter alantoína, mucilagem, saponinas,taninos e alcaloides de pirrolizidina, o confrei pode auxiliar no tratamento médico da luxação, acelerando a recuperação.

5. Aliviar os sintomas de fraturas ósseas

Devido duas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, o confrei quando aplicado na pele sobre a região de fraturas pode ajudar a aliviar a dor ou hematomas causados por fraturas ósseas.

6. Reduzir a inflamação da pele

A alantoína e taninos na composição do confrei tem ação anti-inflamatória e adstringentes o que pode ajudar a reduzir a inflamação da pele e auxiliar no tratamento de dermatites, espinhas, psoríase, furúnculos ou eczemas.

7. Acelerar a cicatrização 

O confrei também tem propriedades cicatrizantes, além de ajudar na renovação das células da pele, podendo ser usado para acelerar a cicatrização de feridas fechadas na pele.

Como usar

Para fins terapêuticos são usadas as folhas e raízes do confrei, coletadas principalmente quando a planta está seca, para aplicação externa, ou seja, o confrei não deve ser ingerido por via oral, pois é tóxico.

1. Chá de confrei

O chá de confrei pode ser usado na forma de compressas para auxiliar no tratamento de feridas fechadas na pele, fraturas leves e pequenas, ou hematomas, por exemplo.

Ingredientes

  • 10 g de folhas de confrei;
  • 500 mL de água.

Modo de preparo

Colocar as folhas de confrei e a água para ferver, e em seguida desligar o fogo, e coar. Esperar amornar molhar uma compressa limpa e seca nessa chá e aplicar sobre a região afetada.

2. Cataplasma de confrei

O cataplasma de confrei pode ser usado para fraturas, contusões, entorses ou luxação , por exemplo.

Ingredientes

  • 110 g de raiz de confrei picada;
  • 500 mL de água

Modo de preparo

Colocar os ingredientes em uma panela e levar ao fogo, deixando ferver por cerca de 20 minutos. Em seguida coar, molhar uma gaze ou um pano limpo e seco na solução morna e aplicar sobre a pele na região afetada. Não aplicar na pele com feridas abertas.

2. Pomada de confrei

A pomada de confrei pode ser encontrada em farmácias convencionais ou de manipulação para auxiliar no tratamento de dor muscular ou nas articulações, dor pós-traumática, entorse ou dor nas costas, por exemplo.

Para usar deve-se aplicar um pouco da pomada sobre a pele na região afetada, de 2 a 4 vezes ao dia, conforme orientação médica ou do fitoterapeuta.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do confrei são danos no fígado, cirrose ou câncer hepático devido a presença de ácido pirrolozidínicos na sua composição, que pode ser absorvido pela pele, principalmente quando usado em grandes áreas da pele ou em quantidades maiores do que as recomendadas, ou por tempo prolongado de tratamento.

Além disso, quando essa planta pode causar irritações gástricas, lesões no fígado ou aborto, caso seja ingerida.

Quem não deve usar

O confrei não deve ser usado por crianças, idosos, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham alergia a essa planta.

Além disso, o confrei não deve ser usado por pessoas com doenças hepáticas e renais ou câncer.

O confrei também não não deve ser ingerido por via oral, nem usado em grandes áreas da pele ou em feridas abertas na pele.