3 passos para tirar roxo do olho

Revisão clínica: Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta

​Um traumatismo na cabeça pode provocar um hematoma facial, deixando o olho roxo e inchado, sendo esta uma situação dolorosa e pouco estética. Assim, para diminuir a dor, o inchaço e a coloração escura da pele, pode-se fazer uso do gelo, realizar uma drenagem linfática ou passar uma pomada para hematomas, por exemplo.

Entretanto, se a região estiver ensanguentada é recomendada uma avaliação médica e se tiver vestígios de sujeira como terra, é recomendado ir ao pronto-socorro para que a ferida seja corretamente tratada. Porém, no caso da região estar limpa, estando somente inchada, dolorida e roxa, o tratamento pode ser feito em casa, de forma simples.

1. Usar compressas geladas ou mornas

O primeiro passo é lavar o rosto com água fria abundante com sabão ou sabonete para limpar a pele. A seguir, deve-se aplicar compressas de água gelada ou uma pedrinha de gelo envolvida numa fralda, fazendo uma suave massagem. É preciso embrulhar a pedrinha de gelo numa fralda ou outro tecido fino, para não queimar a pele. Use o gelo até que ele derreta e a seguir coloque outro. O tempo máximo do uso total do gelo é de 15 minutos, mas este procedimento pode ser realizado várias vezes ao dia, com intervalos de aproximadamente 1 hora.

Após 48 horas, a região deve estar menos inchada e dolorida e a marca roxa deve estar mais amarelada, o que significa uma melhora da lesão. A partir deste momento, pode ser mais indicado colocar compressas mornas no local, deixando sobre o olho afetado até esfriar. Sempre que esfriar, deve-se trocar a compressa por outra que esteja morna. O tempo total de uso das compressas mornas deve ser de aproximadamente 20 minutos, duas vezes ao dia.

2. Massagear o local

Além da pequena massagem feita com uma pedrinha de gelo, pode ser útil fazer um outro tipo de massagem chamada de drenagem linfática. Esta massagem específica desobstruir os canais linfáticos, reduzindo o inchaço e a roxidão em poucos minutos, mas precisa ser feita corretamente para alcançar seus objetivos.

Como fazer: colocar os dedos na lateral do rosto e deslizá-los em um movimento circular desde o canto externo do olho até a parte de trás das orelhas.

Outra massagem que pode ser realizada, é colocando os dedos na pálpebra superior e, realizando movimentos circulares, direcionar a linfa para as orelhas. Veja como fazer a drenagem linfática no rosto.

3. Aplicar pomada para hematoma

Pomadas como Hirudoid podem ser usadas para diminuir o hematoma, mas opções caseiras como chá de camomila gelado e pomada de arnica ou de babosa (Aloe Vera) também são boas opções e podem ser facilmente encontradas em farmácias ou lojas de produtos naturais. Para usar deve-se seguir as orientações vindas nas bulas de cada medicamento.

Este passo-a-passo pode ser realizado durante cerca de 5 dias mas geralmente o inchaço e as marcas roxas desaparecem em 4 dias, quando são seguidos todos estes cuidados. Conheça outras opções de remédio caseiro para hematoma.

Quando consultar o médico

É indicado ir ao pronto-socorro quando é verificada a presença de hematoma em um ou nos dois olhos e a presença de outros sintomas, como dor intensa de cabeça, náusea, vômito, presença de secreção transparente no nariz e/ ou ouvidos, além de hematoma atrás das orelhas, pois podem ser indicativos de fraturas na base do crânio que devem ser tratadas imediatamente.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em janeiro de 2022. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em janeiro de 2022.

Bibliografia

  • Cirugía Oral y Maxilofacial . Editorial Médica Panamericana, 2012. 237-250.
  • BARBOSA, Jacinto et al. Hematoma subperiosteal de órbita: relato de caso. Arq Bras Oftalmol. 70. 4; 693-697, 2007
Mostrar bibliografia completa
  • Casanovas, JM; MARTIN, V. Traumatismos oculares. Pediatr Integral . XVII. 7; 507-519, 2013
  • OLVERA, Osiris et al. Descripción clínica y manejo de pacientes con trauma orbitario. Anales Médicos. 65. 4; 255-261, 2020
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.