Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como saber se tenho pedra no rim

Normalmente a presença de pedra nos rins provoca crises com sintomas de dor intensa na região inferior das costas, dor ao urinar, sangue na urina e, nos casos mais graves, febre e vômitos. Veja os outros sintomas mais comuns da pedra nos rins.

Se acha que pode estar com uma crise de pedra nos rins, selecione os seus sintomas, para saber quais as suas chances:

  1. 1. Dor intensa na parte de baixo das costas, que pode limitar os movimentos
    Sim
    Não
  2. 2. Dor que irradia das costas para a virilha
    Sim
    Não
  3. 3. Dor ao urinar
    Sim
    Não
  4. 4. Urina rosa, vermelha ou marrom
    Sim
    Não
  5. 5. Vontade frequente para urinar
    Sim
    Não
  6. 6. Enjoos ou vômitos
    Sim
    Não
  7. 7. Febre acima de 38º C
    Sim
    Não
Imagem que indica que o site está carregando

No entanto, para confirmar a presença de pedras nos rins, deve-se fazer uma avaliação clínica dos sintomas com o médico urologista e fazer exames complementares como ultrassom, raio-X e exame de sangue.

Exames para detectar pedra nos rins

Além de identificar os sintomas, para confirmar o diagnóstico deve-se fazer um ou mais dos exames mostrados a seguir: 

1. Exame de sangue

É utilizado para avaliar se os rins estão funcionando corretamente a partir de parâmetros como ácido úrico, cálcio, ureia e creatinina. Valores alterados dessas substâncias podem indicar problemas nos rins ou em outros órgãos do corpo, e a causa das alterações deve ser avaliada pelo médico.

Saiba mais sobre as principais alterações do exame de sangue e o que significam.

2. Teste de urina

A urina deve ser coletada durante 24 horas seguidas para avaliar se o corpo está eliminando muitas substâncias que favorecem a formação de pedras, se existem micro-organismos causando infecções ou se existe a presença de pequenos pedaços de pedras. Veja como deve ser a coleta da urina.

Como saber se tenho pedra no rim

3. Raio X

Avalia a presença de alterações nos rins a partir de um raio X tirado na altura desses órgãos, que estão localizados no nas costas.

4. Ultrassom dos rins

Além de identificar a presença de pedras, durante o exame o médico consegue identificar a quantidade e o tamanho delas, e se existe inflamação em algum órgão do corpo.

5. Tomografia Computadorizada

Este exame registra várias fotografias do corpo em diferentes ângulos, facilitando a identificação de pedras, mesmo que estejam presentes em tamanho bastante reduzido.

Como identificar o tipo de pedra

O tipo só pode ser determinado a partir da avaliação de uma pedra expelida. Assim, durante uma crise, deve-se estar atento para ver se alguma pedra é eliminada juntamente com a urina, e levá-la ao médico para que ela seja analisada, pois o tratamento varia de acordo com cada tipo. Veja como deve ser a alimentação de acordo com cada tipo e quais as outras opções de tratar a pedra nos rins.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar