Como limpar o ouvido (sem usar cotonetes)

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro
janeiro 2022

O acúmulo de cera pode bloquear o canal auditivo, conferindo sensação de ouvido tapado e dificuldade para ouvir. Por isso, para evitar que isso aconteça, é importante manter os ouvidos sempre limpos, o que pode ser feito usando uma tolha macia, fazendo irrigação no ouvido ou pingando gotas de óleo vegetal.

Não é recomendado limpar os ouvidos com cotonete ou outro objeto pontiagudo, como a tampa da caneta ou clip de papel, por exemplo, porque podem empurrar a cera mais profundamente ou até mesmo romper o tímpano.

Caso sejam identificados sinais e sintomas de infecção, como dor no ouvido, febre, coceira na orelha e mau cheiro no ouvido, é importante que o otorrinolaringologista seja consultado, pois assim é possível que seja feita uma avaliação do ouvido, seja realizada uma limpeza profissional e o tratamento mais adequado, caso haja necessidade, seja iniciado.

Assim, as melhores estratégias para manter o ouvido sempre limpo são: 

1. Passar o cantinho da toalha ou disco de algodão molhado

Depois do banho, pode-se passar o cantinho de uma toalha molhada ou um disco de algodão úmido em toda a orelha, porque isso irá remover a sujeira acumulada na parte externa do ouvido, de forma segura;

2. Pingar gotas de óleo vegetal

Se a pessoa estiver com muita cera acumulada, para a amolecer e facilitar a saída, pode pingar 2 gotas de óleo Johnson ou de amêndoa no ouvido e depois, com uma seringa, jogar um pouquinho de soro fisiológico dentro da orelha e virar a cabeça lateralmente, para que o líquido saia completamente e não haja infecção.

3. Usar Cerumin

O Cerumin é um produto que possui ação antifúngica e desinfetante, além de ser capaz de amolecer e dissolver a cera acumulada no canal auditivo, facilitando a sua remoção. Conheça mais sobre o Cerumin e como usar.

4. Fazer irrigação no ouvido

A irrigação no ouvido com água morna também é uma opção para manter o ouvido limpo e retirar a cera que possa estar acumulada. Para fazer a irrigação, deve-se utilizar uma seringa específica, conhecida como seringa de bulbo, que deve ser preenchida com água morna.

É indicado que a pessoa vire o ouvido para cima, coloque a pontinha da seringa na entrada do ouvido e aperte delicadamente para sair a água morna, que deve permanecer no ouvido por cerca de 60 segundos. Em seguida, deve-se virar a cabeça para o outro lado para deixar a água sair. Veja com mais detalhes como fazer a irrigação no ouvido.

Além da irrigação no ouvido, é interessante também manter o nariz devidamente limpo e livre de secreções, porque o nariz e o ouvido se ligam internamente e é, muitas vezes, o acumulo de catarro nas vias aéreas que causa infecções de ouvido, após um episódio de resfriado, por exemplo. Assim, para eliminar o máximo de secreção nasal, pode-se fazer a limpeza usando uma seringa de 10 mL, para introduzir o soro fisiológico, que irá sair pela outra narina. Veja o passo a passo da lavagem nasal

5. Usar um tampão de ouvido

O uso de tampão de ouvido é indicado antes de frequentar a praia ou piscina, por exemplo, pois assim é possível prevenir a entrada de água e, consequentemente, a ocorrência de infecções, mantendo o ouvido limpo.

Sinais de infecção no ouvido

Em alguns casos, a cera acumulada no canal auditivo pode causar infecção, o que pode ser percebido através de alguns sinais e sintomas, sendo os principais:

  • Sensação de ouvido tapado;
  • Dor de ouvido;
  • Febre;
  • Coceira na orelha;
  • Mau cheiro no ouvido, caso tenha pus envolvido;
  • Diminuição da audição;
  • Sensação de tontura ou vertigem.

Quando estes sintomas se encontram presentes, é recomendado consultar o otorrinolaringologista para que o ouvido seja examinado internamente com um pequeno dispositivo chamado otoscópio, que permite observar até o tímpano.

Em caso de infecção, o médico poderá indicar o uso de antibióticos para desinflamar o canal auditivo e combater a infecção, sendo necessário usar os remédios pelo tempo determinado pelo médico, para que a situação seja realmente solucionada, porque caso contrário, haverá apenas uma melhora dos sintomas e em poucas semanas a infecção de ouvido voltará a se manifestar, podendo pôr em risco a audição.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em janeiro de 2022. Revisão clínica por Manuel Reis - Enfermeiro, em janeiro de 2022.

Bibliografia

  • PREGNANCY, BIRTH AND BABY BY AUSTRALIAN GOVERNMENT. Cleaning your baby's ears, eyes and nose. Disponível em: <https://www.pregnancybirthbaby.org.au/cleaning-your-babys-ears-eyes-and-nose>. Acesso em 11 mar 2022
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.