Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como fazer seu filho comer de tudo

Para ajudar a criança a comer alimentos mais saudáveis e ricos nutricionalmente, é importante que sejam adotadas estratégias que ajudem a educar o seu paladar, o que pode ser feito por meio da oferta de alimentos com sabores menos intensos, como frutas e legumes, por exemplo.

Além disso, durante o processo é importante evitar que a criança coma muitos doces durante o dia e que a alimentação aconteça quando se está de fato com fome e em um ambiente calmo e agradável para a criança.

Como fazer seu filho comer de tudo

Algumas dicas que podem ajudar a criança a ter uma alimentação mais saudável e variada são:

1. Diminua a quantidade de doces na semana

É bom que a criança seja habituada a comer pouco doce, isso porque são ricos em calorias e não possuem nutrientes que ajudem a criança a crescer saudável, além de poder prejudicar os dentes, por exemplo. Dessa forma, pirulitos e chicletes devem ser restritos ao mínimo e depois é bom escovar os dentes da criança para diminuir o risco de cáries.

Assim, é recomendado que os doces sejam restritos a 1 vez por semana e só após a criança comer toda a refeição. Além disso, como é comum as crianças copiarem o comportamento de pessoas com quem convive, é também importante que os pais, irmãos ou parentes evitem comer doces na frente da criança, pois assim fica mais fácil da criança se acostumar com a menor quantidade de doce.

2. Dê o alimento mais que uma vez

Mesmo que a criança diga que não gosta de determinado alimento, deve-se insistir com o consumo. Isso porque algumas pesquisas indicam que uma pessoa pode provar um determinado alimento por até 15 vezes antes de decidir se gosta ou não gosta dele.

Por isso, se seu filho demostrar que não gosta de alguma coisa, insista pelo menos mais 10 vezes antes de se dar por vencida. Insista mas não force, se a criança apresentar que vai vomitar, é melhor dar um tempo e esperar mais um pouco até oferecer outra vez.

3. Deixe comer sozinha

A partir de 1 ano de idade as crianças devem comer sozinhas, mesmo que inicialmente isso faça muita bagunça e sujeira. Um babador bem grande e folhas de papel de cozinha podem ajudar a manter tudo limpo e arrumado quando acabar a refeição.

Se a criança não colocar nenhuma colher de comida na boca, evite fazer ameaças mas estimule sua vontade de comer, comendo na frente dela e elogiando a comida.

4. Varie a apresentação da comida

Uma boa estratégia para que a criança aprenda a comer frutas e legumes é variar a forma como estes alimentos são apresentados. A textura e a cor dos alimentos também influenciam no paladar. Se a criança não gosta de cenoura raspada, experimente cozinhar quadradinhos de cenoura junto do arroz para ver se ela come melhor assim.

Além disso, uma outra forma de fazer com que a criança se sinta mais atraída e com vontade de comer é a forma como o prato está sendo apresentado. Ou seja, pratos coloridos, com desenhos ou com a comida organizada de forma que pareça uma personagem, por exemplo, podem estimular o apetite e a vontade da criança em comer tudo o que está ali.

5. Tenha atenção ao ambiente

Se o ambiente é de estresse e irritação, a criança tem maior probabilidade de fazer birras e rejeitar a comida, por isso mantenha uma conversa agradável à mesa com o bebê ou criança, demonstrando interesse pelas sua reação.

Não a deixe interromper a refeição por mais de 15 minutos, porque se não a vontade de comer vai mesmo acabar.

6. Certifique de que a criança está com fome

Para garantir que a criança coma toda a refeição, é importante garantir que a criança tem fome. Assim, uma opção é evitar dar comida para criança cerca de 2 horas antes da refeição, principalmente pão ou doces.

Confira mais dicas no vídeo a seguir sobre o que fazer para ajudar a criança a comer:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem