O que não pode comer quando faz tatuagem (e o que comer)

novembro 2022

Quando se faz uma tatuagem é recomendado evitar, por um período de 2 a 4 semanas, os alimentos ricos em açúcar, como doces, refrigerantes, sorvetes, bolos e biscoitos recheados, porque podem estimular a inflamação no organismo, atrasando e dificultando a cicatrização da tatuagem.

Além disso, esses alimentos, conhecidos como "alimentos remosos" podem favorecer o desenvolvimento de reações alérgicas, o que também pode interferir no processo de cicatrização da tatuagem.

Para melhorar a cicatrização, é importante priorizar os alimentos anti-inflamatórios e cicatrizantes, como nozes, frutos vermelhos, salmão, chia e gergelim, por exemplo. Veja outros alimentos anti-inflamatórios para comer depois de fazer tatuagem.

O que não comer após a tatuagem

Os principais alimentos que devem ser evitados durante 2 a 4 semanas após fazer uma tatuagem são:

  1. Embutidos, como salsicha, salame, mortadela, charque, carne seca e presunto;
  2. Alimentos ricos em açúcar, como refrigerantes, sucos prontos, chocolate, doces, sorvetes, bolos e biscoitos recheados;
  3. Alimentos ricos em gordura, como bacon, pizza, hambúrguer, frituras e salgadinhos de pacote;
  4. Cereais refinados, como pão branco, farinha branca e macarrão branco;
  5. Proteínas com muita gordura, como carne de porco, picanha, costelinha e carne de pato;
  6. Frutos do mar, como camarão e caranguejo;
  7. Laticínios gordurosos, como leite integral, iogurte integral, manteiga e queijos amarelos;
  8. Alimentos industrializados, como comidas do tipo fast food, macarrão instantâneo, temperos em cubo, ou sachê, e molhos prontos;
  9. Bebidas alcoólicas, como cerveja, vinho e espumante.

Além de interferirem no processo de cicatrização da tatuagem, esses alimentos também favorecem o surgimento de algumas doenças, como colesterol alto, diabetes e aterosclerose, por exemplo.

Veja, no vídeo a seguir, os alimentos inflamatórios que devem ser evitados após fazer uma tatuagem:

O que pode acontecer se comer esses alimentos?

Comer alimentos inflamatórios de forma regular ou em grandes quantidades, após fazer a tatuagem, estimula a inflamação, podendo resultar no aparecimento de sinais e sintomas como:

  • Inchaço e vermelhidão no local;
  • Coceira intensa na tatuagem;
  • Dor na região da tatuagem;
  • Febre baixa e presença de pus, o que pode ser indicativo de infecção;
  • Formação de queloide, que é uma cicatriz em alto relevo.

Além do cuidado com a alimentação, é importante também seguir alguns cuidados, como fazer uso de pomada cicatrizante e antibiótica na tatuagem durante 15 dias, passar protetor solar e evitar que a tatuagem fique diretamente exposta ao sol. Confira outros cuidados que se deve ter após fazer a tatuagem.

O que comer após a tatuagem

Após a tatuagem é aconselhado priorizar alimentos cicatrizantes e anti-inflamatórios, que vão prevenir inflamações e ajudar na cicatrização. Por isso, os alimentos que devem ser priorizados após fazer a tatuagem são:

  • Proteínas magras, como ovos, peixes, peito de frango e carne bovina magra, como músculo e patinho;
  • Vegetais e frutas frescos, como laranja, morango, romã, caju, tangerina, tomate, e cenoura;
  • Ervas e especiarias naturais, como cúrcuma, pimenta, alecrim, tomilho, hortelã e coentro;
  • Alimentos ricos em ômega 3, como sementes de linhaça, nozes, azeite e amêndoas;
  • Alimentos ricos em zinco, como gergelim, sementes de abóbora e gérmen de trigo;
  • Cereais integrais, como arroz integral, macarrão integral e pão integral.

Além disso, é fundamental beber o mínimo de 2 litros de água por dia, porque a água ajuda no transporte de nutrientes e melhora a elasticidade da pele, promovendo uma boa cicatrização.

Veja no vídeo a seguir alguns cuidados que devem ser seguidos depois de fazer uma tatuagem:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em novembro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • JUNIOR, C, B, Lacy; ESTÁCIO, G, Adriana. Tabus alimentares em medicina: uma hipótese para fisiopatologia referente aos alimentos remosos. REvista da Associação Médica Brasileira. Vol.59. 3.ed; 213–216, 2013
  • GANTWERKER, Eric A.; HOM, David B. Skin: histology and physiology of wound healing. Facial Plast Surg Clin North Am. Vol 19. 3 ed; 441-453, 2011
Mostrar bibliografia completa
  • ARQUIVOS BRASILEIROS DE ENDOCRINOLOGIA & METABOLOGIA. Papel da dieta na prevenção e no controle da inflamação crônica - evidências atuais. 2008. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302008000600006&lng=pt&tlng=pt>. Acesso em 23 out 2020
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 5 piores alimentos que INFLAMAM o seu corpo

    15:10 | 18208 visualizações
  • 7 alimentos antiinflamatórios que você precisa usar

    24:55 | 796092 visualizações
  • O que comer para uma TATUAGEM perfeita

    05:34 | 139388 visualizações
  • ALIMENTOS QUE ACELERAM A CICATRIZAÇÃO

    02:38 | 836537 visualizações