Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como acelerar a recuperação após prótese de quadril

Para acelerar a recuperação após colocar uma prótese de quadril deve-se ter alguns cuidados para não deslocar a prótese e ter que voltar à cirurgia. A recuperação total varia de 6 meses à 1 ano, sendo sempre indicado fazer fisioterapia, que pode começar logo no 1º dia do pós-operatório.

Inicialmente é recomendado fazer exercícios que melhoram a respiração, a movimentação dos pés em todas as direções, e as contrações isométricas na cama ou sentado. Os exercícios devem ir progredindo a cada dia, à medida que a pessoa vai apresentando capacidade. Saiba alguns exemplos de exercícios para quem colocou prótese de quadril

Nessa fase de recuperação são recomendados alimentos de fácil digestão e ricos em proteína para agilizar a cicatrização dos tecidos, como ovo e carnes brancas, além de leite e seus derivados. Doces, embutidos e alimentos gordurosos devem ser evitados porque dificultam a cicatrização e prolongam o tempo de recuperação. 

Como acelerar a recuperação após prótese de quadril

Cuidados para não deslocar a prótese de quadril

Para evitar que a prótese de quadril saia do local é fundamental respeitar sempre estes 5 cuidados básicos:

  1. Não cruzar as pernas;
  2. Não dobrar a perna operada mais do que 90º;
  3. Não girar a perna com a prótese para dentro ou para fora;
  4. Não apoiar todo o peso do corpo na perna com a prótese;
  5. Manter a perna com a prótese esticada, sempre que possível.

Esses cuidados são muito importantes nas primeiras semanas depois da cirurgia, mas também devem ser mantidos por toda vida. Nas primeiras semanas, o ideal é que a pessoa fique deitada de barriga para cima, com as pernas esticadas, e uma pequena almofada cilíndrica entre as pernas. O médico pode usar uma espécie de cinto para envolver as coxas, e evitar que a perna rode, mantendo os pés lateralizados, o que normalmente acontece devido a fraqueza dos músculos da parte interna da coxa. 

Outros cuidados mais específicos são: 

1. Como sentar e levantar da cama

Para entrar e sair da cama
Para entrar e sair da cama

A cama do paciente deve ser alta para facilitar a movimentação. Para sentar e levantar da cama deve-se:

  • Para sentar na cama: Ainda de pé, encostar a perna boa na cama e sentar levando primeiro a perna boa para o meio da cama e depois com ajuda das mãos, levar a perna operada, mantendo-a esticada;
  • Para levantar da cama: Sair da cama, pelo lado da perna operada. Manter o joelho da perna operada sempre esticada. Ainda deitado deve esticar a perna operada para fora da cama e sentar na cama com a perna esticada para fora. Apoiar o peso na perna boa e levantar da cama, segurando no andador. 

2. Como sentar e levantar da cadeira

Para sentar e levantar
Para sentar e levantar

Para sentar e levantar corretamente de uma cadeira deve-se:

Cadeira sem braços

  • Para sentar: Ficar ao lado da cadeira, manter a perna operada esticada, sentar na cadeira e se ajeitar na cadeira, rodando o corpo para frente;
  • Para levantar: Rodar o corpo para o lado e mantendo a perna operada esticada, levantar apoiando-se na cadeira.

Cadeira com braços

  • Para sentar: Colocar-se de costas para a cadeira e mantendo a perna com a prótese esticada, colocar as mãos nos braços da cadeira e sentar, dobrando a outra perna;
  • Para levantar: Colocar as mãos nos braços da cadeira e mantendo a perna com a prótese esticada, colocar toda a força na outra perna e levantar.

Vaso sanitário

A maioria dos vasos sanitários são baixos e as pernas têm que ficar dobradas mais do que 90º, por isso, após colocação de prótese de quadril, é importante colocar um assento sanitário elevado para que a perna operada não fique dobrada mais que 90º e a prótese não saia do lugar.

3. Como entrar no carro

A pessoa deve estar no banco do passageiro. Deve-se:

  • Encostar o andador na porta do carro (aberta);
  • Colocar os braços firmes no painel e no banco. Este banco deve estar recuado e reclinado para trás;
  • Sente-se suavemente e traga a perna operada para dentro do carro

4. Como tomar banho

Para tomar banho no chuveiro com mais facilidade, sem fazer muita força na perna operada, pode-se colocar um banco de plástico que seja alto o suficiente para não ter que sentar completamente. Em alternativa, pode-se usar um banco articulado para chuveiro, que está fixo à parede e pode-se também colocar barras de apoio para ajudar a sentar e levantar no banco.

5. Como se vestir e calçar

Para colocar ou tirar as calças, ou calçar a meia e o sapato na perna boa, deve-se sentar numa cadeira e dobrar a perna boa, apoiando-a por cima da outra. Já para a perna operada, deve-se colocar o joelho da perna operada em cima da cadeira para conseguir se vestir ou calçar. Outra possibilidade é pedir ajuda de outra pessoa ou usar uma calcadeira para conseguir colocar o sapato, de pé. 

6. Como andar com muletas

Para andar com muletas deve-se:

  1. Avançar primeiro as muletas;
  2. Avançar a perna com a prótese;
  3. Avançar a perna sem prótese.

É importante evitar fazer longas caminhadas e ter sempre as muletas por perto para não cair e a prótese não sair do lugar.

Como subir e descer escadas com muletas

Para subir e descer escadas corretamente com muletas deve-se seguir os seguintes passos:

Subir escadas com muletas

  1. Colocar a perna sem a prótese no degrau de cima;
  2. Colocar as muletas no degrau da perna e ao mesmo tempo colocar a perna com prótese no mesmo degrau.

Descer escadas com muletas

  1. Colocar as muletas no degrau de baixo;
  2. Colocar a perna com prótese no degrau das muletas;
  3. Colocar a perna sem prótese no degrau das muletas.

7. Como agachar, ajoelhar e limpar a casa

Geralmente, após 6 a 8 semanas da cirurgia, o paciente pode voltar a limpar a casa e dirigir, mas para não dobrar mais que 90º a perna operada e evitar que a prótese se desloque, deve:

  • Para agachar: Segurar num objeto sólido e deslizar a perna operada para trás, mantendo-a esticada;
  • Para ajoelhar: Colocar o joelho da perna operada no chão, mantendo as costas direitas;
  • Para limpar a casa: Tentar manter a perna operada esticada e utilizar vassoura e pá do lixo com cabo longo.

Além disso, é também importante distribuir as tarefas domésticas ao longo da semana e retirar os tapetes da casa para evitar quedas.

O retorno às atividades físicas deve ser indicado pelo médico e o fisioterapeuta. São recomendados exercícios leves como caminhada, natação, hidroginástica, dança ou Pilates após 6 semanas da cirurgia. Atividades como correr ou jogar futebol podem provocar um maior desgaste da prótese e por isso podem ser desaconselhados. 

Cuidados com a cicatriz 

Além disso para facilitar a recuperação deve-se cuidar bem da cicatriz, e por isso o curativo deve ser mantido sempre limpo e seco. É normal que a pele à volta da cirurgia ainda esteja adormecida durante alguns meses. Para alívio da dor, especialmente se o local estiver avermelhado ou quente, pode-se colocar uma compressa fria e deixar durante 15-20 minutos. A retirada dos pontos é feita no hospital após 8-15 dias. 

Quando ir ao médico

É recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro ou consultar o médico em caso de:

  • Dor intensa na perna operada;
  • Queda;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Dificuldade em mexer a perna operada;
  • A perna operada está mais curta que a outra;
  • A perna operada está numa posição diferente do normal.

É também importante sempre que for no hospital ou posto de saúde dizer para o médico que tem uma prótese no quadril, para ele tomar os devidos cuidados.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar