7 dicas para combater a flacidez do corpo

Para combater a flacidez do corpo, é recomendado aumenta o consumo de alimentos ricos em proteína e colágeno, beber bastante água durante o dia, praticar atividade física, não fumar e manter o peso estável, pois assim é possível promover o desenvolvimento muscular, garantindo a firmeza à pele e diminuindo a flacidez.

Além de adotar essas estratégias, para combater a flacidez, pode ser também interessante realizar alguns procedimentos estéticos, como radiofrequência, carboxiterapia ou massagem modeladora, por exemplo, além de fisioterapia dermato funcional, que também é capaz de garantir bons resultados.

Outra estratégia que pode complementar a mudança de hábitos e tratamentos estéticos, é usar cremes firmadores da pele e ricos em colágeno, que deve ser indicado pelo médico ou esteticista.

7 dicas para combater a flacidez do corpo

Assim, algumas dicas importantes para o tratamento da flacidez são:

1. Beber mais água

Uma hidratação adequada da pele, ajuda a manter a sua elasticidade, pois renova as fibras de colágeno, o que é importante para mantê-la firme e tonificada. Além disto, a água melhora a circulação e impede o inchaço causado pela retenção de líquidos.

2. Consumir alimentos ricos em proteínas e colágeno

A proteína encontrada em carnes magras, grãos, ovos, leite e derivados é fundamental na manutenção dos músculos que ajudam a preencher a pele. Além disto, apostar em uma alimentação rica em colágeno, presente na laranja, limão, kiwi, tangerina entre outras frutas cítricas é importante, porque ajuda a manter a firmeza da pele.

Os suplementos à base de colágenos, comprados em lojas de produtos naturais, também podem ser uma boa forma de aumentar a ingestão desta substância ao longo do dia. Além disto, os vegetais, chá verde e frutos vermelhos são ricos em antioxidantes, por isso são também importantes para evitar a flacidez da pele, já que estas substâncias combatem o envelhecimento precoce. Veja mais detalhes do que comer para combater a flacidez da pele.

3. Praticar exercícios físicos

Praticar atividades físicas, principalmente a musculação, ajuda a combater a flacidez pois fortalece e aumenta as fibras musculares e tonifica a pele. Além disso, os músculos que se ganha na musculação substitui a gordura, que é mole e deixa locais do corpo como, abdome, braços e coxas mais flácidos. 

4. Parar de fumar 

O cigarro prejudica a circulação de sangue pelo corpo, além de ter substâncias que aceleram o envelhecimento dos tecidos, por isso, deve-se evitar o hábito de fumar ou viver em ambientes com fumaça de cigarro para se conseguir resolver a flacidez.

5. Manter o peso estável

O efeito sanfona, que acontece quando se perde peso e engorda com frequência, faz com as fibras elásticas que formam a pele se rompam, o que causa flacidez e estrias. Assim, é importante, ao emagrecer, manter os hábitos saudáveis para que o peso fique estável e não prejudique a pele. 

6. Usar cremes

Aplicar diariamente, nos locais com maior flacidez, cremes para a pele à base de silício ou colágeno, podem trazer bons resultados. No entanto, para que o colágeno seja estimulado, é importante que os cremes sejam aplicados realizando movimentos circulares e com uma leve pressão. Também existem cremes naturais, que podem ser feitos em casa, como os a base de ovos, mel, frutas e farinha de trigo, por exemplo, que ajudam a tonificar a pele. Confira algumas opções de creme caseiro para flacidez.

7. Fazer tratamentos estéticos

Os tratamento estéticos como radiofrequência, carboxiterapia e crioterapia, por exemplo, são ótimas estratégias para acabar com a flacidez, sendo os resultados melhores quando realizada em associação com a prática de atividade física e alimentação saudável e rica em alimentos fonte de colágeno.

O tratamento dependente do grau de flacidez e local a ser tratado e, por isso, é importante que o dermatologista, esteticista ou fisioterapeuta dermato funcional seja consultado, pois assim é possível determinar o melhor tratamento9 e a duração.

Confira outras dicas para combater a flacidez após emagrecer no vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: