Como acabar com a caspa: shampoos, remédios e dicas simples

O segredo para acabar de vez com a caspa é manter a oleosidade do couro cabeludo controlada. Para isso, lavar o cabelo com shampoos anti-caspa ou que contenham ingredientes como sulfeto de selênio, ciclopirox olamina ou cetoconazol, pode ser a solução, especialmente nos momentos em que existe mais caspa.

Além disso, adotar cuidados simples, como evitar lavar os cabelos com água muito quente, controlar o estresse e evitar uso de bonés também permitem manter a caspa controlada por mais tempo. Já o uso de remédios caseiros para caspa, como o óleo essencial de melaleuca ou óleo de rícino, também pode ajudar, mas é importante que sejam orientados por um médico ou fitoterapeuta.

A descamação e a coceira provocadas pela caspa podem ocorrer de forma leve, média ou intensa. Nas três situações, é importante consultar o dermatologista para indicar o tratamento mais adequado.

Como acabar com a caspa: shampoos, remédios e dicas simples

A seguir indicamos as principais formas de tratamento para a caspa:

1. Shampoos anti-caspa

A coceira e a descamação da caspa quase sempre podem ser controladas com o uso de shampoos. Para a caspa leve, recomenda-se primeiro uma limpeza diária com um shampoo neutro para reduzir o acúmulo de óleo e de células mortas da pele no couro cabeludo.

Nos casos em que não ocorre melhora com shampoos neutros ou em casos de caspa média ou intensa, pode-se usar um shampoo anti-caspa medicamentoso. Os shampoos anti-caspa que podem conter diferentes substâncias:

  • Piritionato de zinco: tem ação antifúngica e ajuda a remover e prevenir a formação de oleosidade no couro cabeludo, mantendo a região mais seca;
  • Alcatrão de hulha: age diminuindo a rapidez com que as células do couro cabeludo morrem e descamam, diminuindo a formação da caspa;
  • Ácido salicílico: tem ação adstringente, além de desobstruir os poros e equilibrar o nível de oleosidade da pele. Em alguns shampoos, o ácido salicílico pode estar associado ao cetoconazol porque melhora a penetração do cetoconazol na pele e sua ação antifúngica;
  • Cetoconazol: age matando os fungos causadores de caspa que vivem no couro cabeludo e pode ser vendido com ou sem receita médica;
  • Sulfeto de selênio: tem ação antifúngica e antibacteriana, além de reduzir assim a renovação das células do couro cabeludo, diminuindo a formação da caspa e tratando a micose;
  • Ciclopirox olamina: tem ação antifúngica, além de promover uma higienização do couro cabeludo, prevenindo o aparecimento da caspa.

Estes shampoos podem ser usados inicialmente, de uma a três vezes por semana para tratar a caspa. No caso de melhora, pode-se diminuir para uma vez por semana ou com menos frequência para manutenção e prevenção.

É importante sempre ler as instruções de uso de cada shampoo, pois alguns devem ficar alguns minutos na cabeça para ter efeito e outros devem ser usados e enxaguados imediatamente. Se um tipo de shampoo funcionar por um tempo e depois deixar de apresentar eficácia, pode-se alternar entre dois tipos de shampoo para caspa.

2. Medicamentos

Outras opções úteis para acabar com a caspa, são as soluções tópicas que contêm ácido salicílico, antifúngicos ou corticoides, que podem ser indicadas pelo dermatologista em caso de caspa com inflamação e coceira.

Além disso, também pode ser indicado pelo médico, o uso de remédios como a espironolactona que, apesar de não ser indicado para este fim, seus efeitos colaterais diminuem a oleosidade do cabelo, sendo útil para eliminar a caspa. Saiba mais sobre a espironolactona.

3. Remédios caseiros

Alguns remédios caseiros podem ajudar a acabar com a caspa pois têm propriedades antissépticas, antifúngicas e anti-inflamatórias, como os óleos essenciais de melaleuca, de alecrim, de eucalipto ou de hortelã pimenta, por exemplo. Para usá-los, basta escolher um óleo essencial e adicionar 1 gota para cada 10mL do shampoo que se usa no dia a dia. Outra boa opção é usar o óleo de coco no shampoo adicionando 1 gota do óleo para cada 10mL de shampoo, pois ajuda a hidratar o couro cabeludo e reduzir a inflamação que causa a caspa e a coceira.

Veja como preparar um shampoo para caspa e confira outras dicas que ajudam a manter o cabelo limpo:

Além disso, a água de rosas também possui propriedades adstringentes e anti-inflamatórias que ajudam a controlar e combater a caspa.

O uso de shampoos naturais feitos à base de ervas como alecrim, tomilho, aipo, salva e eucalipto também podem ser eficazes contra a caspa, devido às suas propriedades antissépticas e antifúngicas. Veja como preparar shampoos naturais para caspa.

4. Cuidados com o cabelo

Alguns cuidados úteis para acabar com a caspa mais rápido são:

  • Evitar banhos com água muito quente, pois estimula a oleosidade da raiz dos cabelos;
  • Evitar lavar os cabelos todos os dias, pois o couro cabeludo pode produzir mais oleosidade para compensar a retirada do óleo do cabelo;
  • Evitar o uso de condicionador de cabelos;
  • Evitar os alimentos ricos em gordura;
  • Beber no mínimo 1,5L de água por dia;
  • Evitar o estresse;
  • Evitar dormir com os cabelos molhados ou úmidos;
  • Não esfregar com as unhas o couro cabeludo, pois isso poderá causar ferimentos na cabeça. Massagear com a ponta dos dedos, em movimentos suaves e circulares;
  • Evitar o uso de bonés e chapéus.

Fazer uma dieta com alimentos saudáveis é um fator importante para acabar e evitar o reaparecimento da caspa, por isso, é recomendado incluir na alimentação frutas, legumes e alimentos ricos em zinco e vitamina B para controlar a oleosidade do couro cabeludo e evitar os cítricos, frutos secos e alimentos em conserva. Confira a lista completa de alimentos ricos em zinco.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • ZAREIAN, Mohammad Ali; et al. Etiology and treatment of dandruff according to Persian medicine. Dermatologic Therapy. 32. 6; e13102, 2019
  • FACULDADE ATENEU: EDUCAÇÃO SUPERIOR – GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO, FORTALEZA. Óleos Essenciais e sua Importância nos Tratamentos Cosméticos. 2015. Disponível em: <https://uniateneu.edu.br/documentos/oleos-essenciais-e-sua-Importancia-nos-tratamentos-cosmeticos.pdf>. Acesso em 06 Jan 2021
  • NHS. Dandruff. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/dandruff/>. Acesso em 06 Jan 2021
  • MAYO CLINIC. Dandruff: Diagnosis & Treatment. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/dandruff/diagnosis-treatment/drc-20353854#:~:text=The%20itching%20and%20flaking%20of,routine%20that%20works%20for%20you.>. Acesso em 06 Jan 2021
Mais sobre este assunto: