Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Causas do colesterol alto e possíveis complicações

O aumento do colesterol pode acontecer devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, sedentarismo e alimentação rica em gorduras e açúcar, além de poder estar relacionada com fatores familiares e genéticos, em que mesmo com bons hábitos alimentares e prática de atividade física regularmente, há aumento do colesterol, sendo esta situação conhecida por hipercolesterolemia familiar.

O colesterol é um tipo de gordura importante para o bom funcionamento do organismo e é constituído por frações, que são LDL, HDL e VLDL. O HDL é o colesterol popularmente conhecido como colesterol bom, já que é responsável pela remoção das moléculas de gordura, sendo considerado fator de proteção cardíaca, enquanto que o LDL é conhecido como mau colesterol, pois consegue ser depositado facilmente nos vasos sanguíneos, apesar de também ser essencial para a formação de alguns hormônios.

O colesterol alto só representa risco para a saúde quando o LDL é muito alto, principalmente, ou quando o HDL é muito baixo, pois assim há maiores chances da pessoa desenvolver doenças cardíacas. Saiba tudo sobre o colesterol.

Causas do colesterol alto e possíveis complicações

Principais causas do colesterol alto

O aumento do colesterol não tem sintomas, sendo percebido por meio de exames laboratoriais, em que é verificado todo o perfil lipídico, ou seja, HDL, LDL, VLDL e colesterol total. As principais causas do aumento do colesterol são:

  • Histórico familiar;
  • Alimentação rica em gorduras e açúcar;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Cirrose;
  • Diabetes descompensada;
  • Alterações da tireoide, como hipo ou hipertireoidismo;
  • Insuficiência renal;
  • Porfiria;
  • Uso de anabolizantes.

Como o aumento do colesterol também pode ser devido a fatores genéticos, é importante que as pessoas que possuem histórico familiar de colesterol alto tenham mais cuidado e maior atenção no que diz respeito à alimentação e prática de atividades físicas, pois o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares devido ao colesterol alto é maior.

Consequências do colesterol alto

A principal consequência do colesterol alto é o aumento considerável do risco de doenças cardiovasculares, já que devido ao aumento do LDL há maior deposição de gordura nos vasos sanguíneos, o que resulta na alteração do fluxo sanguíneo e, consequentemente, atividade do coração.

Dessa forma, o aumento do colesterol aumenta o risco de aterosclerose, infarto, insuficiência cardíaca e pressão alta. Esse aumento não apresenta sintomas, sendo diagnosticamos apenas por meio do lipidograma, que é o exame de sangue em que há a avaliação de todas as frações do colesterol. Entenda o que é o lipidograma e como entender o resultado.

Como é o tratamento

O tratamento tem como objetivo regularizar os níveis de HDL e LDL, de forma que o valor do colesterol total volte ao normal. Para isso, é necessário fazer mudanças na dieta, praticar atividade física regularmente e, em alguns casos, o cardiologista pode recomendar o uso de medicamentos para ajudar a baixar o colesterol, como Sinvastatina e Atorvastatina, por exemplo. Conheça outros remédios para baixar o colesterol.

Na dieta para baixar o colesterol, deve-se dar preferência ao consumo de frutas, verduras e cereais integrais, pois são alimentos ricos em fibras, que ajudam a diminuir a absorção de gordura no intestino. Além disso, deve-se evitar o consumo de carnes vermelhas, bacon, salsicha, manteiga, margarina, frituras, doces e bebidas alcoólicas. Confira no vídeo a seguir algumas dicas para baixar o colesterol através da alimentação:

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA. Colesterol Total e Fatores Associados: Estudo de Base Escolar no Sul do Brasil. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/abc/v97n1/aop05911>. Acesso em 09 Out 2019
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA. Colesterol. Disponível em: <http://prevencao.cardiol.br/fatores-de-risco/colesterol.asp>. Acesso em 09 Out 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem