Remédios para baixar o colesterol alto (e como tomar)

fevereiro 2022

Existem alguns remédios que podem ser indicados pelo médico para baixar o colesterol alto, como as estatinas ou os fibratos. Estes remédios ajudam a reduzir os níveis de colesterol total, colesterol ruim (LDL), VLDL e triglicerídeos, diminuindo o risco de problemas cardiovasculares como infarto ou derrame cerebral.

Os remédios para colesterol podem ser usados sozinhos, ou em associação para melhorar seu efeito, mas devem ser utilizados somente com orientação médica, pois possuem contraindicações e vários efeitos colaterais, não devendo ser usados por mulheres grávidas ou por pessoas com doenças graves no fígado ou nos rins, por exemplo. 

Além disso, como complemento aos remédios para baixar o colesterol alto, deve ser adotado um estilo de vida saudável, que inclua uma alimentação saudável, a prática regular de exercício físico, perda de peso e a redução do uso do cigarro ou da ingestão de álcool. Veja como deve ser a alimentação para baixar o colesterol alto

Alguns dos remédios mais indicados pelo médico para baixar o colesterol alto, são:

1. Estatinas

As estatinas são remédios que agem inibindo a produção de colesterol pelo fígado, e desta forma, ajudam a baixar o colesterol total, o colesterol ruim (LDL), além de também ajudar a diminuir os valores de triglicerídeos no sangue e aumentar o colesterol bom (HDL).

Alguns exemplos de estatinas são a sinvastatina, atorvastatina, rosuvastatina, pravastatina ou fluvastatina, que podem ser compradas em farmácias ou drogarias, mediante apresentação de receita médica.

Como tomar: as doses das estatinas variam de acordo com o medicamento receitado pelo médico e, geralmente, são indicadas para tomar uma vez por dia, sendo que a sinvastatina deve ser tomada à noite, após uma refeição, e a pravastatina pode ser ingerida com ou sem alimentos, à noite. Já a atorvastatina, a rosuvastatina e a fluvastatina, podem ser tomadas a qualquer hora do dia, com ou sem alimentos.

Efeitos colaterais: as estatinas podem causar efeitos colaterais como prisão de ventre, diarréia, gases intestinais, dor abdominal, sensação de queimação no estômago, dor de cabeça, náuseas, insônia, dor muscular, perda ou diminuição da força física.  

2. Sequestradores dos ácidos biliares

Os sequestradores dos ácidos biliares, como a colestiramina ou o colesevelam, são remédios que agem sobre o intestino, se ligando aos ácidos biliares e impedindo que as gorduras da alimentação sejam absorvidas pelo intestino, o que leva a uma maior eliminação de gorduras pelas fezes, ajudando a baixar o colesterol alto.

Esses remédios devem ser usados com indicação médica, podendo ser usados sozinhos ou em associação com outros remédios para baixar o colesterol, como as estatinas ou a ezetimiba, por exemplo.

Como tomar: as doses desses remédios devem ser indicadas pelo médico, pois variam quando são administrados sozinhos ou com outros remédios para baixar o colesterol alto. De forma geral, a colestiramina deve ser tomada pela manhã e à noite, junto com uma refeição, ou conforme a orientação médica, pois pode interferir na absorção de outros remédios. Já o colesevelam, deve ser tomado com alimentos de 1 a 2 vezes por dia, conforme orientação do médico.

Efeitos colaterais: os sequestradores dos ácidos biliares podem causar efeitos colaterais como diarréia, tontura, dor de cabeça, náusea, fezes endurecidas ou formação de bolhas na pele. Além disso, esses remédios podem causar deficiência de vitaminas A, D, E e K, por diminuir sua absorção pelo intestino.

3. Ezetimiba

A ezetimiba é um remédio que ajuda a baixar os níveis de colesterol total, colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos, além de aumentar o colesterol bom (HDL), pois age diminuindo a absorção de gorduras pelo. 

Esse remédio pode ser indicado pelo médico para ser usado sozinho quando outros remédios não foram eficazes para baixar o colesterol alto. Além disso, o médico também pode indicar o uso da ezetimiba para ser tomada junto com o fenofibrato ou usada em associação com a sinvastatina, quando o tratamento com estatinas não foi suficiente para baixar o colesterol. 

Como tomar: a dose normalmente recomendada de ezetimiba para adultos ou crianças com mais de 6 anos, é de 1 comprimido de 10 mg por dia, antes ou após uma refeição, ou conforme orientação médica. 

Efeitos colaterais: durante o tratamento com a ezetimiba os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir são diarréia, dor abdominal, excesso de gases intestinais, sensação de cansaço, dor muscular, nas costas, no pescoço ou nas articulações, sensação de calor ou fogachos, ou pressão arterial alta.

4. Fibratos

Os fibratos são remédios que agem aumentando o metabolismo das gorduras, o que ajuda a baixar o colesterol alto, LDL e VLDL, e os triglicerídeos, além de aumentar o colesterol bom (HDL).

Alguns exemplos de fibratos que podem ser indicados pelo médico são o fenofibrato, genfibrozila, bezafibrato, ciprofibrato e clofibrato, que podem ser encontrados em farmácias ou drogarias, e devem ser usados com orientação médica.

Como tomar: os fibratos devem ser tomados nas doses recomendadas pelo médico, pois podem variar de acordo com o tipo de remédio indicado. O bezafibrato e o clofibrato devem ser tomados, durante ou após uma refeição. Já o fenofibrato deve ser ingerido junto com alimentos e a genfibrozila deve ser tomada 30 minutos antes de uma refeição.

Efeitos colaterais: os fibratos podem causar efeitos colaterais como dor muscular, dor de cabeça, tontura, sonolência, cansaço excessivo, náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal ou azia. Além disso, embora seja raro, os fibratos também podem aumentar o risco de pedra na vesícula. 

5. Ácido nicotínico

O ácido nicotínico ou niacina é uma vitamina do complexo B, a vitamina B3, que age inibindo a produção de triglicerídeos no fígado e reduzindo os níveis de colesterol total e colesterol ruim (LDL), além de aumentar o colesterol bom (HDL).

Esse remédio pode ser encontrado com o nome comercial Metri e deve ser usado com orientação médica.

Como tomar: o ácido nicotínico deve ser tomado de preferência à noite, após uma alimentação leve, não gordurosa e não condimentada. As doses de ácido nicotínico e o tempo de tratamento devem ser orientados pelo médico de forma individual.

Efeitos colaterais: o ácido nicotínico pode causar efeitos colaterais como vermelhidão na pele, sensação de calor, coceira, tontura, aumentos dos batimentos cardíacos, palpitações, inchaço, sangramentos ou hematomas.

Remédios naturais para baixar o colesterol

Os remédios naturais, como o chá verde ou o chá de alcachofra, possuem substâncias   com propriedades antioxidantes que podem ajudar a diminuir os níveis de colesterol ruim, e os triglicerídeos no sangue, podendo ser usados para complementar as alterações de estilo de vida e o tratamento indicado pelo médico. Veja outras opções e como preparar os remédios naturais para baixar o colesterol ruim

É importante ressaltar que o uso destes, ou de qualquer outro remédio natural, não deve substituir os remédios/tratamentos indicados pelo médico.

Além dos remédios naturais para baixar o colesterol alto, é também importante fazer uma alimentação equilibrada pobre em alimentos gordurosos e frituras.

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com dicas sobre o que comer para baixar o colesterol alto:

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • KARR, S.. Epidemiology and management of hyperlipidemia. Am J Manag Care. 23. 9; S139-S148, 2017
  • HARTZ, J.; CLAUSS, S. Treatment Strategies for Hypercholesterolemia. Curr Pediatr Rev. 13. 4; 243-254, 2017
Mostrar bibliografia completa
  • GUEDES, Vânia Patrícia Oliveira. Farmacologia clínica dos antidislipidémicos. Mestrado Integrado em Medicina, 2012. Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.
  • TEIXEIRA, Jorge Manuel Rodrigues Maldonado. “Suplementos Alimentares Utilizados em Hipercolesterolémia em Alternativa à Medicação Convenciona. Monografia - Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas , 2017. Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra.
  • APLICAÇÕES NUTRICIONAIS DA QUITOSANA: UMA BREVE REVISÃO. Disponível em: <http://revistaconexao.aems.edu.br/wp-content/plugins/download-attachments/includes/download.php?id=1248>. Acesso em 16 ago 2019
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Como fazer arroz para EMAGRECER e BAIXAR O COLESTEROL

    05:26 | 119672 visualizações
  • O que parar de comer imediatamente por causa do colesterol

    04:48 | 150407 visualizações
  • COMO BAIXAR O SEU COLESTEROL

    10:06 | 638871 visualizações
  • Remédio Caseiro para Colesterol

    06:40 | 535613 visualizações
  • Dieta para COLESTEROL ALTO

    03:00 | 1754189 visualizações