Câncer de tireóide: o que é, sintomas, exames e tratamento

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
agosto 2022

O câncer de tireoide é um tumor que surge na glândula tireóide e que, nos estágios iniciais, causa o surgimento de um caroço no pescoço que, quando mais agressivo, pode aumentar de tamanho rapidamente e provocar outros sintomas como rouquidão e/ou dificuldade para engolir.  

O diagnóstico geralmente é feito por meio de exames como o ultrassom de tireóide e a punção aspirativa por agulha fina (PAAF), no entanto exames como a tomografia ou ressonância magnética também podem ser indicados. Quando identificado, o tratamento geralmente envolve a remoção do tumor por meio de cirurgia.

Em caso de suspeita de câncer de tireóide é importante consultar um clínico geral ou endocrinologista para uma avaliação detalhada, porque quando o tratamento é realizado adequadamente, o câncer de tireoide tem cura em alguns casos.

Principais sintomas

Os principais sintomas de câncer de tireóide são:

  • Nódulo ou caroço no pescoço;
  • Inchaço no pescoço;
  • Rouquidão;
  • Dificuldade para respirar;
  • Surgimento de ínguas no pescoço;
  • Dificuldade para engolir.

No entanto, o câncer de tireóide geralmente causa poucos sintomas na fase inicial, sendo que o surgimento de um caroço ou inchaço no pescoço tende a ser o único sintoma neste estágio, que pode acabar passando despercebido. 

Em caso de suspeita de câncer de tireóide é importante consultar um clínico geral ou endocrinologista para fazer uma avaliação mais detalhada e iniciar o tratamento mais apropriado.

Exames úteis no diagnóstico

O diagnóstico do câncer de tireoide geralmente é feito pelo clínico geral ou endocrinologista, que pode indicar exames de sangue, como a dosagem de TSH e T4 livre, e o ultrassom da tireoide. 

No entanto, para confirmar o diagnóstico de câncer a punção aspirativa por agulha fina (PAAF) do nódulo é indicada, pois permite identificar a presença de células malignas na glândula. Entenda melhor como é feita a PAAF e o seu resultado.

Além disso, outros exames de imagem como a tomografia computadorizada ou ressonância magnética também podem ser indicados, principalmente se existir suspeita de presença do câncer em outras partes do corpo.

Tipos de câncer de tireoide

Os principais tipos de câncer da tireóide são:

  • Carcinoma papilífero: é o tipo mais comum de câncer de tireoide e de tratamento mais fácil;
  • Carcinoma folicular: é menos frequente que o carcinoma papilífero, mas geralmente também tem um bom prognóstico;
  • Carcinoma medular: é raro e geralmente causa apenas um nódulo na tireóide, mas o tratamento pode ser difícil devido à presença de metástases;
  • Carcinoma anaplásico: é o tipo mais raro e agressivo, e o tratamento geralmente não tem bons resultados.

Embora a identificação do tipo de câncer da tireóide auxilie na indicação do tratamento mais adequado, outras características como o crescimento do tumor e presença de metástases também são fatores que geralmente são avaliados.

Como é feito o tratamento

O tratamento do câncer de tireóide geralmente é orientado pelo endocrinologista ou oncologista que leva em consideração o tipo de câncer, seu tamanho e a presença de metástases, e geralmente envolve a remoção do tumor por meio de cirurgia. Saiba como é feita a cirurgia de tireoide.

Além da cirurgia, a terapia com iodo radioativo e hormônio da tireóide geralmente são indicados para completar o tratamento. Além disso, a quimioterapia e radioterapia também podem ser indicadas, especialmente nos casos de tumores mais avançados e que não responderam bem aos tratamentos iniciais.

Assista o vídeo seguinte e confira as dicas de dieta para o tratamento com iodo radioativo:

Câncer de tireoide tem cura?

Em alguns casos, o câncer de tireoide pode ser curado, principalmente quando identificado nos estágios iniciais, no entanto o sucesso do tratamento geralmente depende do tamanho do tumor, presença de metástases e envolvimento de outros órgãos, vasos sanguíneos e nervos próximos. 

Além disso, dependendo do tipo de câncer, o tratamento pode ser mais difícil, como é o caso do carcinoma anaplásico, que mesmo sendo identificado cedo pode não conseguir ser tratado adequadamente devido à sua agressividade.

Recuperação e acompanhamento

Normalmente, a pessoa pode voltar às suas tarefas habituais no dia após a cirurgia, no entanto é importante evitar esportes e esforços por cerca de 10 dias a 2 semanas. Após a cirurgia, alterações como dificuldade para engolir, rouquidão e hipoparatireoidismo podem ocorrer, no entanto geralmente são transitórios. Entenda o que é hipoparatireoidismo e seus sintomas.

Além disso, no acompanhamento geralmente são indicados exames para verificar a efetividade da cirurgia em remover o tumor, como o ultrassom do pescoço e a dosagem de calcitonina, tireoglobulina ou antígeno carcinoembrionário (CEA) no sangue, que podem precisar ser repetidos regularmente. Veja para que serve o CEA e como entender o resultado.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em agosto de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em abril de 2020.

Bibliografia

  • GINAT, Daniel T; AVRAM, Anca M. Chapter 4 Thyroid Malignancy: Staging and Restaging. Semin Ultrasound CT MR. Vol.38, n.5. 495-505, 2017
  • MATHONNET, N. C. Complications after total thyroidectomy. Journal of Visceral Surgery. Vol.150, n.4. 276-284, 2013
Mostrar bibliografia completa
  • AMERICAN THYROID ASSOCIATION. Thyroid Surgery. 2017. Disponível em: <https://www.thyroid.org/wp-content/uploads/patients/brochures/ThyroidSurgery.pdf>. Acesso em 10 ago 2022
  • STATPEARLS. Thyroid Cancer. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK459299/>. Acesso em 10 ago 2022
  • CABANILLAS, Maria E; MCFADDEN, David G; DURANTE, Coismo . Thyroid cancer. Lancet. Vol.388, n.10061. 2783-2795, 2016
  • STATPEARLS. Thyroid Nodule. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK535422/>. Acesso em 10 ago 2022
  • Rosário, Pedro Weslley. et al. Nódulo tireoidiano e câncer diferenciado de tireoide: atualização do consenso brasileiro. Arq Bras Endocrinol Metab. 2013;57/4 . Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abem/v57n4/pt_02.pdf
  • DR. RENATO CAPUZZO. O que você precisa saber sobre tireóide. Disponível em: <https://www.sbccp.org.br/arquivos/informacoes_sobre_tireoide.pdf>. Acesso em 17 abr 2020
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentação SEM IODO | Iodoterapia

    04:49 | 92027 visualizações