Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hipoparatireoidismo: o que é, sintomas e tratamento

O hipoparatireoidismo se refere a um conjunto de doenças, ou situações, que levam à diminuição da ação do hormônio PTH, também conhecido como paratormônio.

Esse hormônio é produzido pelas glândulas paratireoides, que são 4 pequenas glândulas localizadas atrás da tireoide e é um hormônio importante que, juntamente com a vitamina D, mantém os níveis de cálcio adequados no sangue.

Assim, quando existe falta de PTH no organismo é comum observar a diminuição dos níveis de cálcio no sangue, conhecida como hipocalcemia, que pode provocar sinais como fraqueza, espasmos musculares, alterações nos ossos, problemas neurológicos ou até problemas cardíacos. Saiba mais em hipocalcemia e o que pode causar.

Hipoparatireoidismo: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas do hipoparatireoidismo estão relacionados, principalmente, com os problemas que a ausência de ação do PTH provoca. Assim, alguns sinais e sintomas que podem surgir incluem:

  • Cãibras musculares fortes;
  • Espasmos musculares;
  • Fraqueza ou dores musculares;
  • Convulsões generalizadas;
  • Palpitações cardíacas

Como o PTH é o hormônio regulador do cálcio, quando não há PTH suficiente, o cálcio não consegue ser absorvido corretamente no intestino e ainda é eliminado na urina, levando a baixos níveis de cálcio no sangue ou hipocalcemia.

A intensidade dos sintomas depende da gravidade e da velocidade da perda dos níveis de cálcio. Muitos pacientes com hipoparatireoidismo são assintomáticos, e só têm sintomas quando há necessidade de mais cálcio no organismo, como na gravidez, amamentação ou com o uso de medicamentos que reduzem o cálcio.

Em casos mais crônicos e leves, pode também não haver qualquer sintoma, e a doença é apenas detectada em exames de rotina, ou pode haver sintomas leves como formigamentos e falta de sensibilidade nos pés, nas mãos ou em redor da boca.

Como é feito o tratamento

O tratamento do hipoparatireoidismo tem como principal objetivo controlar a diminuição de cálcio no organismo, e deve ser orientado pelo endocrinologista de acordo com a sua causa, gravidade, sintomas e os níveis de cálcio no sangue.

Quando os niveis de cálcio estão muito baixos, inferiores a 7,5mg/dl, surge uma hipocalcemia severa e, nesses casos, é necessário o tratamento no hospital, com a reposição de cálcio diretamente na veia, com gluconato de cálcio.

Já quando a hipocalcemia é leve e crônica, o tratamento consiste na reposição de cálcio e vitamina D por via oral. O magnésio ajuda a estimular a produção do PTH e, por isso, pode ser útil, especialmente quando seus níveis também estão baixos. Outros remédios, como diuréticos tiazídicos ou reposição de PTH recombinante podem ser orientados pelo endocrinologista, a depender de cada caso.

Possíveis causas do hipoparatireoidismo

O hipoparatireoidismo pode ser dividido em 2 tipos principais, dependendo das causas que levam à falta de ação do PTH:

  • Hipoparatireoidismo primário: ocorre quando a produção de PTH está prejudicada porque as glândulas têm um problema ou foram retiradas.
  • Hipoparatireoidismo secundário: é quando algum outro estímulo, como por exemplo a baixa de magnésio, faz com que as glândulas produzam menos PTH sem que haja um problema nelas.

Existe ainda um terceiro caso, que é chamado de pseudo-hipoparatireoidismo, que ocorre em doenças hereditárias, isto é, que passam nos genes da família, de pais para filhos, e que aumentam a resistência nos órgãos onde o hormônio deveria atuar. Assim, o hormônio não consegue realizar a sua função mesmo estando sendo produzido em quantidade suficiente pelas glândulas paratireoides.

Causas do hipoparatireoidismo primário

Este tipo acontece na maioria das vezes por retirada das paratireoides, em casos de tratamento do hiperparatireoidismo, por exemplo, mas também pode ocorrer por lesão acidental das paratireoides. Este caso acontece quando é feita cirurgia na região do pescoço, nomeadamente à tireoide, por câncer ou nódulos. Como as estruturas estão muito próximas e as glândulas são bem pequenas, por vezes é difícil identificá-las e separá-las das restantes estruturas. Confira quando a retirada da tireoide é necessária e como é a recuperação.

Causas do hipoparatireoidismo secundário

Este tipo de hipoparatireoidismo normalmente é desencadeado por uma deficiência persistente de magnésio.

Embora uma baixa ligeira de magnésio possa estimular a produção de PTH, quando o magnésio está muito baixo, e durante bastante tempo, isso envia uma mensagem às paratireoides para não produzam mais PTH e ainda torna os órgãos insensíveis ao hormônio, de modo que este não consegue atuar, causando hipoparatireoidismo.

Causas do pseudo-hipoparatireoidismo

O pseudo-hipoparatireoidismo refere-se a um conjunto de doenças em que mutações genéticas, normalmente hereditárias, fazem com que os tecidos do organismo fiquem insensíveis à ação do PTH. Existem 3 tipos de pseudo-hipoparatireoidismo, consoante eles estão relacionados com uma doença rara chamada osteodistrofia hereditária de Albright e com o tipo de resistência ao PTH que é provocado.

Como resposta à falta de ação do PTH, as glândulas aumentam de tamanho e tentam produzir mais PTH, havendo níveis normais ou até altos PTH no sangue, mas esse PTH não consegue atuar. Por isso, o quadro clínico é igual ao do hipoparatireoidismo, pois é como se o hormônio não existisse. Não se pode então chamar hipoparatireoidismo típico, já que na realidade os níveis de PTH em circulação estão normais ou até aumentados, sendo então chamado de pseudo-hipoparatireoidismo, que significa “parecido com hipoparatireoidismo”.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem