Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Botulismo no bebê

O botulismo infantil é uma doença grave causada pela bactéria Clostridium Botulinum presente no solo, em alimentos contaminados ou mal conservados, que pode afetar o bebê levando a um grave comprometimento do sistema nervoso. Geralmente, ele é causado pelo consumo do mel contaminado antes de se completar 1 ano de idade ou pela contaminação com poeira contaminada.

Sintomas do botulismo no bebê

O botulismo no bebê se manifesta, inicialmente, como uma gripe seguida da paralisia dos nervos e músculos na face e na cabeça, que evolui para os braços e pernas alcançando também os músculos respiratórios. Pode haver:

  • Dificuldade em engolir;
  • Sucção fraca;
  • Apatia;
  • Perda das expressões faciais;
  • Sonolência;
  • Letargia;
  • Irritabilidade;
  • Pupilas pouco reativas;
  • Prisão de ventre.

O botulismo no bebê é facilmente confundido com a paralisia própria de um acidente vascular cerebral.

Diagnóstico do botulismo no bebê

O diagnóstico é mais fácil quando existe a informação de histórico alimentar recente e só pode ser confirmado através de exame de sangue ou da cultura de fezes positiva para a bactéria Clostridium Botulinum.

Tratamento do botulismo no bebê

O tratamento do botulismo no bebe é feito com a lavagem estomacal e intestinal para retirar qualquer resto alimentar contaminado. A Imunoglobulina anti-botulismo intravenosa (IGB-IV) pode ser utilizada, mas produz efeitos colaterais que merecem atenção. Em alguns casos é necessário que o bebê respire com a ajuda de aparelhos por alguns dias e, na maior parte das vezes, ele recupera-se completamente, sem maiores consequências.

Além do mel, veja outros alimentos que o bebê não pode comer até os 3 anos de idade.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...