Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

6 bons motivos para começar a meditar

A meditação apresenta inúmeros benefícios para a saúde, como reduzir a ansiedade e o estresse, melhorar a pressão arterial e aumentar a concentração. Por isso, tem sido cada vez mais praticada, já que maior parte dos exercícios podem ser realizados em qualquer lugar e em qualquer momento, sem necessidade de investir em aparelhos. 

Alguns exemplos de técnicas de meditação mais comuns são o ioga, tai chi, meditação transcendental e o mindfulness, que podem ser praticados sozinho, ou com a ajuda de um profissional.

É importante que a realização da meditação seja orientada, sempre que possível, por um profissional da área, pois fazer uma meditação ruim poder causar o efeito contrário e acabar causando sentimento de frustração, ansiedade e estresse. Atualmente existem aplicativos, vídeos na internet, aulas ou cursos que ensinam a pessoa a realizar meditação da melhor forma possível.

6 bons motivos para começar a meditar

Os principais benefícios da meditação incluem:

1. Reduz o estresse e a ansiedade

A meditação, principalmente os exercícios de mindfulness, contribui para diminuir o estresse e doenças relacionadas com o excesso de estresse, já que este tipo de meditação permite que a pessoa relaxe, sem focar a sua atenção no passado ou em preocupações com o futuro. Veja como praticar exercícios de mindfulness.

Além disso, estudos comprovam que praticar exercícios de ioga, também ajuda a reduzir a ansiedade, a controlar melhor as fobias e a ansiedade social.

2. Melhora o sono

A prática regular de meditação, ajuda a diminuir os pensamentos negativos e o estresse e a ansiedade do dia-a-dia, deixando a pessoa mais relaxada e mais plena, evitando que vá dormir com pensamentos negativos, facilitando o adormecimento e melhorando a qualidade do sono.

Veja outras dicas que contribuem para aumentar a qualidade do sono.

6 bons motivos para começar a meditar

3. Permite valorizar os pequenos momentos

A meditação, além de contribuir para reduzir o estresse, também aumenta a atenção perante as atividades realizadas no dia-a-dia, tornando-as mais satisfatórias e intensas, porque a pessoa se encontra mais plena, desfrutando mais do momento presente. Além disso, vários estudos indicam que a meditação também contribui para controlar a depressão, fazendo com que a pessoa tenha uma visão mais otimista da vida.

4. Estimula o auto-conhecimento

A prática de exercícios de meditação permite que a pessoa se conheça cada vez melhor, já que dedica mais tempo para ela, permitindo debruçar-se mais sobre os seus pensamentos e suas atitudes, questionando-as e percebendo as suas motivações.

6 bons motivos para começar a meditar

5. Aumenta a produtividade no trabalho

A meditação contribui para o aumento da concentração, para o autoconhecimento das habilidades da pessoa, assim como de suas limitações, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida no trabalho, melhorando assim a produtividade.

Além disso, a meditação também ajuda a lidar melhor com o estresse e conflito laboral, proporcionando uma melhor convivência entre colegas.

6. Reduz a pressão arterial

A realização de exercícios de meditação contribui para normalizar a pressão arterial, não só enquanto os exercícios são praticados, mas também diariamente, com a prática frequente da meditação.

Dicas importantes para iniciantes

A prática de meditação deve começar com pequenos períodos de tempo, praticando 5 minutos por dia no início e aumentando o tempo progressivamente à medida que a mente se habitua ao estado de concentração.

No início, os olhos podem ficar abertos, mas devem ficar relaxados, sem focar em algo específico e sem haver distrações visuais no ambiente de meditação, como televisores, animais ou pessoas se movimentando.

Procurar centros de meditação em grupo, auxílio com professores ou iniciar a prática com vídeos de meditação guiada na internet são boas opções para ajudar a desenvolver a técnica mais facilmente.

Veja como meditar corretamente sozinho em 5 passos.

Bibliografia >

  • OLIVEIRA, Tais Pereira; SILVA, Patrícia Costa. EFEITOS DA PRÁTICA MEDITATIVA NA QUALIDADE DE VIDA E NA PRODUTIVIDADE DE TRABALHADORES. Trabalho de Conclusão de Curso de Administração, Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios.
  • SILVA, Stelamares Menezes. Benefícios da meditação para a saúde: Percepção dos praticantes do centro Sahaja Yoga de Taguatinga DF. Curso de Graduação em Saúde Coletiva, 2016. Universidade de Brasília - Faculdade de Ceilândia.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem