Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

4 benefícios do banho gelado para a saúde

Apesar de poder ser desconfortável para muitas pessoas, tomar banho gelado logo após acordar ajuda a combater o cansaço e deixa a pessoa mais disposta para realizar as atividades do dia a dia. Além de aumentar a disposição e promover a sensação de bem estar, o banho gelado também pode ajudar a aliviar dores e a tratar a depressão, por exemplo.

Para conseguir tomar banho gelado é recomendado começar com pequenas partes do corpo para que aconteça a adaptação à temperatura da água, podendo começar pelo tornozelo e mãos, por exemplo. Outra estratégia é iniciar o banho com uma água morna e depois esfriar aos poucos.

4 benefícios do banho gelado para a saúde

1. Aumenta a disposição

O banho gelado aumenta a disposição e a sensação de bem estar porque melhora a circulação sanguínea, aumentando a demanda de oxigênio do corpo, o que acaba por diminuir o cansaço. Dessa forma, tomar um banho gelado assim que acordar pode ajudar a ter mais motivação para realizar as tarefas diárias.

2. Previne doenças cardiovasculares

Devido ao fato de melhorar a circulação sanguínea, o banho gelado também ajuda a prevenir doenças cardiovasculares. Além disso, ao tomar banho gelado, são gerados vários impulsos elétricos para o cérebro, estimulando a produção, dentre outras substâncias, de noradrenalina, que é capaz de regular a pressão arterial.

No entanto, caso a pessoa possua histórico da família de doenças do coração ou seja portador de alguma alteração, é importante ir ao cardiologista regularmente e fazer o tratamento conforme a orientação, uma vez que o banho gelado não substitui o tratamento indicado pelo médico.

3. Ajuda no tratamento da depressão

Alguns estudos demonstram que tomar banho gelado ajuda no tratamento da depressão, isso porque a água fria ativa os receptores de frio presentes na pele, enviando vários sinais elétricos para o cérebro resultando no aumento da concentração circulante no sangue de endorfina, que é um neurotransmissor que garante a sensação de bem estar.

Apesar disso, mais estudos relacionando a melhora da depressão com o banho gelado precisam ser realizados para que seja de fato comprovado o seu efeito. Além disso, é importante que a pessoa com depressão continue seguindo o tratamento indicado pelo psiquiatra, pois o banho gelado não substitui o tratamento indicado pelo médico.

4. Melhora dores musculares

O banho gelado promove a contração dos vasos sanguíneos, diminuindo as dores musculares e ajudando na recuperação do músculo após atividade física intensa. Alguns estudos realizados demonstraram que o banho gelado é capaz de diminuir os sintomas de inflamação e evitar a fadiga muscular.

Além disso, o fato de haver contração dos vasos ajuda a diminuir qualquer inchaço que a pessoa apresente e que cause dor. Apesar disso, apenas o banho gelado não é suficiente para tratar dores musculares ou inchaços, sendo importante que a pessoa siga o tratamento indicado pelo médico.

Bibliografia >

  • SHEVCHUK, Nikolai A. Adapted Cold Shower as a Potential Treatment for Depression. Med Hypotheses. Vol 70. 5 ed; 995-1001, 2008
  • HINKKA, H. et al. Effects of Cold Mist Shower on Patients With Inflammatory Arthritis: A Crossover Controlled Clinical Trial. Scand J Rheumatol. Vol 46. 3 ed; 206-209, 2017
  • BUJIZE, Geert A. et al. The Effect of Cold Showering on Health and Work: A Randomized Controlled Trial. PLoS One. Vol 11. 6 ed; 2016
  • HIGGING, Trevor R.; GREENE, David A.; BAKER, Michael K. Effects of Cold Water Immersion and Contrast Water Therapy for Recovery From Team Sport. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol 31. 5 ed; 1443-1460, 2017
  • MOOVENTHAN, A.; NIVETHITHA, L. Scientific Evidence-Based Effects of Hydrotherapy on Various Systems of the Body. N Am J Med Sci. 2014;6(5):199–209. doi:10.4103/1947-2714.132935. Vol 6. 5 ed; 199-209, 2014
  • Chris M Bleakley1, Gareth W Davison2. What is the biochemical and physiological rationale for using cold-water immersion in sports recovery? A systematic review. British Journal of Sports Medicine. Vol 44. 179-187, 2010
  • SHEVCHUK, Nikolai A. Adapted cold shower as a potential treatment for depression. Medical Hypotheses. Vol 70. 5 ed; 995-1001, 2008
  • BUTTS, Cory L. et al. Physiologic and Perceptual Responses to Cold-Shower Cooling After Exercise-Induced Hyperthermia. Journal of Athletic Training. Vol 51. 3 ed; 252-257, 2016
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem