Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O bebê pode dormir com os pais?

Os bebês recém-nascidos até 1 ou 2 anos de idade podem dormir no mesmo quarto que os pais porque isso ajuda a aumentar o vínculo afetivo com o bebê, facilita as mamadas noturnas, tranquiliza os pais quando estes estão preocupados com o sono ou com a respiração do bebê e, segundo os especialistas, ainda diminui o risco de morte súbita. 

A morte súbita pode acontecer até que o bebê complete 1 ano de idade e a teoria mais aceita para a sua explicação é de que o bebê tem alguma alteração respiratória durante o sono e que não consegue acordar e por isso acaba morrendo durante o sono. Com o bebê dormindo no mesmo quarto, é mais fácil um dos pais perceberem que o bebê não está respirando bem, e podem acordá-lo, prestando qualquer ajuda necessária.

O bebê pode dormir com os pais?

Riscos do bebê dormir na cama dos pais

Os riscos do bebê dormir na cama dos pais é maior quando o bebê tem cerca de 4 a 6 meses de idade e os pais possuem hábitos que podem provocar o sufocamento ou esmagamento do bebê, como consumo de álcool excessivo, uso de soníferos ou fumo.

Além disso, os riscos do bebê dormir na cama dos pais estão relacionados com questões de segurança, como o fato do bebê poder cair da cama, já que não existem grades de proteção, e do bebê ficar sem respirar no meio das almofadas, cobertores ou lençóis. Há também o risco de um dos pais virar para cima do bebê durante o sono sem perceber.

Assim, para evitar os riscos, a recomendação é a de que bebês de até 6 meses durmam em um berço colocado perto da cama dos pais, pois dessa forma não há risco para o bebê e os pais ficam mais tranquilos.

5 bons motivos para o bebê dormir no quarto dos pais

Assim, é recomendado que o bebê durma no mesmo quarto que os pais porque:

  1. Facilita as mamadas noturnas, sendo uma boa ajuda para a recente mãe;
  2. É mais fácil acalmar o bebê com sons tranquilizantes ou simplesmente com a sua presença;
  3. Há um menor risco de morte súbita, já que é possível agir mais rápido se observar que o bebê não está respirando bem;
  4. Aumenta o vínculo afetivo que a criança e esta cresce mais segura, sentindo-se amada por estar mais próximo dos pais, pelo menos durante a noite;
  5. Ajuda a entender melhor os hábitos de sono do bebê.

O bebê pode dormir no mesmo quarto que os pais, mas não é recomendado que ele durma na mesma cama porque isso pode ser muito perigoso colocando a saúde do bebê em risco. Por isso o ideal é que o berço do bebê seja colocado junto à cama dos pais de forma a que os pais possam observar melhor o bebê enquanto estiverem deitados. 

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem