Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a bacteremia

A bacteremia corresponde à presença de bactérias na corrente sanguínea, que pode acontecer devido a procedimentos cirúrgicos ou como resultado de uma escovação de dentes muito forte, por exemplo.

A presença de bactérias no sangue não leva ao surgimento de sintomas, no entanto, como o sangue é uma das principais vias de disseminação da bactéria, o microrganismo pode se dirigir a diferentes partes do corpo e causar uma infecção generalizada, também conhecida como shoque séptico. Entenda o que é e quais os sintomas do choque séptico.

O tratamento da bacteremia é feito com antibióticos dependedo da espécie da bactéria e do seu perfil de sensibiliadade, que é fornecido pelo antibiograma. O uso de antibióticos deve ser feito de acordo com a recomendação do médico para evitar o surgimento de bactérias resistentes e possíveis complicações. Saiba como tomar antibióticos corretamente.

O que é a bacteremia

Principais sintomas

A presença de bactérias na corrente sanguínea normalmente é assintomática, no entanto, quando ocorre a resposta do sistema imunológico devido à presença do organismo, há o surgimento de sintomas que podem ser característicos de sepse ou até mesmo choque séptico, como:

  • Febre;
  • Alteração na frequência respiratória;
  • Calafrios;
  • Diminuição da pressão;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Alteração na concentração de glóbulos brancos, o que pode deixar a pessoa mais suscetível a doenças.

Esses sintomas surgem devido ao alojamento da bactéria em outras regiões do corpo, como órgãos ou materiais artificiais presentes no corpo, como por exemplo cateteres ou próteses. Saiba mais sobre a septicemia.

Como identificar

A bacteremia é diagnósticada laboratorialmente por do hemograma, em que são observados valores diminuidos dos leucócitos e alterações que sugerem infecção. Além disso, é realizada uma hemocultura, que é o exame microbiológico em que o sangue é cultivado em laboratório em um recipiente próprio e sob as condições de temperatura ideiais. A coleta de sangue para hemocultura deve ser feita por um profissional experiente, pois é muito fácil de ocorrer contaminação do material coletado com as bactérias presentes na pele, o que pode indicarum resultado falso positivo.

Quando a hemocultura é positiva e o microrganismo identificado, é realizado o isolamento da bactéria para que possa ser feito o antibiograma com o objetivo de verificar quais os antibióticos o microrganismo é sensível ou resistente, indicando, assim, o melhor medicamento para tratar a bacteremia. Entenda como é feito o antibiograma.

Além da hemocultura, o médico poderá solicitar exame de urina, urocultura, avaliação do escarro e cultura de secreção de ferida, por exemplo.

Causas da bacteremia

A bacteremia pode ser causada por situações cotidianas, como por exemplo escovar os dentes com muita força, o que pode fazer com que as bactérias que estão presentes na cavidade oral entrem na corrente sanguínea, ou devido à procedimentos cirúrgicos ou odontológicos.

Além disso, a bacteremia pode ser consequência de uma outra infecção ou devido ao uso de objetos não esterilizados, como no caso dos usuários de droga, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...