Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é atelectasia pulmonar e como tratar

A atelectasia pulmonar é uma complicação respiratória que impede a passagem de ar suficiente, devido ao colapso dos alvéolos pulmonares. Isso normalmente acontece quando existe fibrose cística, tumores no pulmão ou quando o pulmão ficou cheio de líquido devido a uma pancada forte no peito, por exemplo.

Dependendo de quantos alvéolos são afetados, a sensação de falta de ar pode ser mais ou menos intensa e, por isso, o tratamento também poderá variar de acordo com a intensidade dos sintomas.

No entanto, em qualquer caso, se existir suspeita de atelectasia é recomendado ir rapidamente no hospital, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado, já que se o pulmão continuar sendo afetado pode existir risco de vida.

O que é atelectasia pulmonar e como tratar

Possíveis sintomas

Os sintomas mais comuns da atelectasia incluem:

  • Dificuldade para respirar;
  • Respiração rápida e superficial;
  • Tosse persistente;
  • Dor constante no peito.

Normalmente a atelectasia acontece em pessoas que já estão internadas, como complicação do estado de saúde, no entanto, caso se sinta algum destes sintomas é muito importante avisar rapidamente um médico ou enfermeiro.

Como confirmar o diagnóstico

Em caso de suspeita de atelectasia, o médico pode pedir vários exames, como raio X do peito, tomografia, oximetria e broncoscopia, para confirmar a presença de alvéolos pulmonares colapsados.

O que pode casuar atelectasia

A atelectasia normalmente acontece quando uma via do pulmão está obstruída ou existe excesso de pressão fora dos alvéolos. Alguns problemas que podem causar este tipo de alterações são:

  • Acúmulo de secreções nas vias respiratórias;
  • Presença de um objeto estranho no pulmão;
  • Pancadas fortes no peito;
  • Pneumonia;
  • Presença de líquido no pulmão;
  • Tumor pulmonar.

Além disso, após uma cirurgia também é comum que surja atelectasia, pois o efeito do anestésico pode provocar colapso de alguns alvéolos. No entanto, nesse casos é usado um ventilador para garantir que o ar entra adequadamente nos pulmões.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a atelectasia é feito de acordo com a causa e a intensidade dos sintomas, sendo que nos casos mais leves podem nem ser necessário qualquer tipo de terapia. Já se os sintomas forem mais intensos, podem ser usados exercícios respiratórios para tentar abrir os alvéolos pulmonares, como tossir, respirar fundo algumas vezes ou dar leves toques sobre a região afetada para soltar o acúmulo de secreções.

Nos casos mais graves, pode ser necessário recorrer a cirurgia, para limpar as vias aéreas ou até para remover a parte afetada do pulmão, permitindo que volte a funcionar corretamente.

Sempre que existe uma causa identificável da atelectasia, como tumor ou presença de líquido no pulmão, deve-se sempre tratar o problema para garantir que a atelectasia não volta a surgir.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...