Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 benefícios da Arginina e como usar

A suplementação de arginina é excelente para ajudar na formação de músculos e tecidos do corpo, pois ela é um nutriente funciona na melhora da circulação do sangue e regeneração das células.

A arginina é um aminoácido produzido no corpo humano participa em várias funções do organismo, como melhora da cicatrização, da estimulação do sistema imune e do desempenho muscular.

Desta forma, a arginina é uma excelente forma de nutrir o corpo, pois tem como benefícios:

  1. É revigorante e ajuda na recuperação da fadiga e do cansaço, pois melhora o desempenho muscular;
  2. Aumenta os músculos, já que melhora o fluxo de sangue aos músculos;
  3. Melhora a cicatrização de feridas, pois ajuda na formação de tecidos;
  4. Ajuda na eliminação de toxinas do organismo, pois auxilia na ação do fígado;
  5. Auxilia no tratamento da disfunção sexual, porque melhora a circulação de sangue pelo corpo;
  6. Melhora a imunidade, pois estimula a produção de células de defesa;
  7. Fortalece e hidrata os cabelos, pois aumenta a formação de queratina.

Além disso, a arginina também melhora a beleza do cabelo, fortalecendo os fios e deixando-os mais brilhantes. Mas para alcançar todos estes benefícios, deve-se aumentar o consumo de alimentos ricos em arginina ou seguir a suplementação de aproximadamente 8 gramas por dia, com orientação do médico ou nutricionista.

7 benefícios da Arginina e como usar

Onde encontrar a arginina

A arginina pode ser encontrada na forma de cápsulas ou em pó, e pode ser comprada pronta ou manipulada em farmácias. Também existem alimentos ricos em arginina, que são facilmente encontrados e são uma ótima fonte natural deste aminoácido, como queijo, iogurte, nozes e castanhas. Veja a lista completa dos alimentos ricos em arginina.

É muito comum o uso deste aminoácido por atletas, para a melhora do desempenho e recuperação dos músculos, e também por pessoas com má nutrição ou que têm uma dieta pobre em proteínas, para suprir a falta delas no organismo.

Ela pode, ainda, ser tomada sozinha ou combinação com outros nutrientes como selênio, vitamina A ou ômega 3, por exemplo. A arginina deve, porém, ser evitada em casos de infecção por herpes labial, pois o vírus pode interagir com a arginina, causando ativação da doença. 

Como usar a arginina para melhorar a cicatrização

Uma boa forma de melhorar a cicatrização com arginina é o uso de cápsulas 2 ou 3 vezes, ao dia, sem ultrapassar a dose recomendada de 8 gramas por dia. Além disso, ela pode, também, ser usada em feridas na forma de pomadas, pois a pele irá absorver a arginina, que terá um efeito naquele local.

A arginina é boa para a cicatrização de feridas porque:

  • Estimula a secreção do hormônios responsáveis por acelerar a cicatrizarão dos tecidos do corpo;
  • Ajuda na construção de novas células, pois é um componente do colágeno;
  • Tem ação antiinflamatória, que melhora as condições da pele para a cicatrizarão e diminui o risco de infecção;
  • Melhora a circulação, que permite que chegue mais sangue com oxigênio para nutrir as células.

Veja, no vídeo a seguir, mais dicas de como de melhorar a cicatrização através dos alimentos:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...