Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser ardência nos olhos e o que fazer

Fevereiro 2020

A ardência nos olhos, na maior parte das vezes, não é sinal de nenhum problema grave, sendo um sintoma comum de alergia ou exposição a fumaça, por exemplo. No entanto, este sintoma também pode estar ligado a situações mais sérias, como conjuntivite ou problemas de visão, que precisam ser identificadas e tratadas adequadamente.

Assim, é preciso levar em consideração outros sintomas que estejam presentes como olhos inchados, lacrimejamento, coceira ou irritação nos olhos e quando estes sintomas surgiram para informar o médico, de forma a chegar mais rápido no diagnóstico.

O que pode ser ardência nos olhos e o que fazer

Algumas das causas comuns da ardência nos olhos são:

1. Exposição à poeira, vento ou fumaça

Uma causa muito comum de ardor nos olhos é o fato da pessoa ficar exposta à poeira, ao vento ou em contato com a fumaça de um churrasco ou do cigarro, por exemplo. Essas situações acabam ressecando os olhos, causando a sensação de ardência e vermelhidão. Isso ainda ajuda a limpar a superfície de qualquer agente irritante que possa estar causando este desconforto. 

O que fazer: pingar 2 a 3 gotinhas de soro fisiológico em cada olho pode ser uma boa forma de melhorar a secura ocular e combater a ardência. Lavar o rosto com água fria também ajuda muito. Veja um excelente remédio caseiro para ardência nos olhos, que pode ser usado nestas situações. 

2. Problemas de visão

Problemas de visão como miopia, astigmatismo ou presbiopia também podem estar na origem da ardência nos olhos, mas outros sintomas também devem estar presentes como visão turva, dor de cabeça, visão embaçada ou dificuldade para ler letras pequenas de um jornal, por exemplo. 

O que fazer: é aconselhado ir a uma consulta com um oftalmologista para realizar exames que possam confirmar as alterações na visão, e realizar o tratamento que pode ser feito com uso de óculos ou colírios.

3. Síndrome do olho seco

A síndrome do olho seco afeta principalmente pessoas que precisam trabalhar muitas horas na frente do computador, o que acaba diminuindo a frequência com que piscam o que deixa o olho mais seco do que deveria.

Outra possibilidade é o tempo seco, porque quando há baixa umidade do ar, os olhos ficam mais sensíveis e surge a sensação de areia nos olhos e até mesmo dificuldade para ler à noite.

O que fazer: além de ser importante piscar os olhos mais vezes quando se está no computador, também pode ajudar pingar soro fisiológico ou algum colírio, para hidratar e manter os olhos mais úmidos. Saiba tudo sobre a síndrome do olho seco

4. Dengue

Em certos casos, a dengue pode causar ardência nos olhos, embora o mais comum seja o surgimento de dor, principalmente no fundo dos olhos. No caso de se desconfiar de dengue, outros sintomas que devem estar presentes incluem dor em todo corpo, cansaço e falta de energia. Confira todos os sintomas da dengue.

O que fazer: se existir forte suspeita de dengue é importante ir ao médico para confirmar o diagnóstico, além de tomar bastante água e descansar o máximo que conseguir para o corpo se recuperar mais rápido. 

5. Sinusite

A sinusite, que é a inflamação dos seios nasais, pode causar também ardência nos olhos e no nariz, além de corrimento pelo nariz assim como dor de cabeça, espirros e dificuldade para respirar.

O que fazer: neste caso é importante consultar um clínico geral para confirmar o diagnóstico, já que, em alguns casos, pode ser preciso tomar antibiótico para combater a inflamação. Veja os remédios que podem ser usados contra sinusite

6. Conjuntivite alérgica

Na conjuntivite alérgica a vermelhidão e a dor nos olhos pode ser acompanhada de outros sintomas como inchaço e sensação de areia nos olhos. Ela pode ser causada por pólen, pêlos de animais ou poeira. Geralmente afeta pessoas susceptíveis a alergia como em casos de rinite ou bronquite.

O que fazer: colocar compressas geladas nos olhos pode ajudar a diminuir o desconforto, outra boa dica é lavar regularmente os olhos com soro fisiológico, de forma a eliminar as secreções. Veja os remédios indicados para conjuntivite

Quando ir ao médico 

Deve-se buscar um oftalmologista ou clínico geral sempre que surgirem sinais e sintomas, como:

  • Intensa coceira nos olhos;
  • Ardência nos olhos, sendo difícil manter os olhos abertos;
  • Dificuldade para enxergar;
  • Visão turva ou embaçada;
  • Lacrimejamento constante;
  • Muita remela nos olhos.

Estes sintomas podem indicar situações mais graves, como infecções, que podem precisar de medicamentos mais específicos receitados por um médico.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem