Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Aparelho ortodôntico: conheça os principais tipos

O aparelho ortodôntico é utilizado para corrigir dentes tortos e desalinhados, corrigir a mordida cruzada e prevenir a oclusão dentária, que é quando os dentes superiores e inferiores se tocam ao fechar a boca. Conheça os tipos de oclusão dentária e como tratar.

O tempo de uso do aparelho depende do objetivo do uso e da gravidade do problema, podendo variar de meses a anos. É importante que problemas na gengiva ou nos dentes sejam solucionados antes do aparelho ser colocado.

Após a colocação so aparelho é importante realizar a higiene bucal de forma correta, utilizando fio dental e uma escova interdental, além de ir a consultas periódicas com o dentista para que possa ser feita a manutenção do aparelho.

Aparelho ortodôntico: conheça os principais tipos

Tipos de aparelhos dentários

Os aparelhos dentários são utilizados com o objetivo de corrigir dentes tortos e desalinhados e, assim, melhorar o sorriso da pessoa. Os principais tipos de aparelhos dentários são:

1. Aparelho fixo

Os aparelhos fixos são utilizados para promover o alinhamento dos dentes, o que é feito por meio de força mecânica que movimenta os dentes, colocando-os no lugar. Esse tipo de aparelho requer maior cuidado na hora da higienização bucal, devendo ser utilizado fio dental e uma escova interdental para evitar o acúmulo de comida e a formação de placas bacterianas.

As pessoas que usam esse tipo de aparelho devem ir ao ortodontista mensalmente para fazer a manutenção do aparelho.

2. Aparelho fixo estético

Esse tipo de aparelho também é utilizado para endireitar os dentes é igual ao aparelho fixo comum, sendo constituído por fios e braquetes (popularmente conhecidos como quadradinhos), no entanto são mais discretos, já que são feitos com um material mais transparente, como porcelana ou safira, possuindo um preço mais elevado.

O aparelho fixo estético que contém os quadradinhos de porcelana são resistentes e possuem o preço mais acessível que o de safira, que é ainda mais transparente, ficando praticamente invisível junto do dente.

3. Aparelho lingual

O aparelho lingual tem a mesma finalidade do aparelho fixo: promover o alinhamento dos dentes. No entanto, nesse tipo de aparelho, os braquetes são colocados na parte interna dos dentes, ficando em contato com a língua e sendo considerados invisíveis. Por causa disso, esse tipo de aparelho é indicado para pessoas que praticam esportes de maior contato, como boxe e futebol americano, por exemplo.

Aparelho ortodôntico: conheça os principais tipos

4. Aparelho móvel

O aparelho móvel é indicado para crianças até os 12 anos que possuem ou não a dentição definitiva. Esse tipo de aparelho é utilizado com o objetivo de estimular alterações na estrutura óssea e manter os dentes na posição correta, sendo também indicado o seu uso após retirar o aparelho fixo para impedir que os dentes voltem para a posição inicial.

5. Aparelho extensor de palatino

Esse tipo de aparelho promove o aumento na largura do palato, também conhecido como céu da boca, sendo eficaz para crianças que possuem a mordida cruzada, que é um desalinhamento dos dentes caracterizado pelo não alinhamento dos dentes de cima com os de baixo quando se fecha a boca, deixando o sorriso torto. No caso dos adultos, a correção da mordida cruzada é feito por meio de procedimento cirúrgico. Saiba como identificar a mordida cruzada.

Cuidados após a colocação do aparelho

Após a colocação do aparelho, principalmente fixo, é preciso ter alguns cuidados especiais, como por exemplo:

  • Melhorar os hábitos de higienização bucal, utilizando além do fio dental uma escova interdental, que facilita a limpeza entre os dentes ou qualquer outro local da boca que seja de difícil acesso e que represente um local favorável à formação de placas bacterianas;
  • Evitar alimentos duros, pegajosos ou grandes, pois podem danificar o aparelho e, no caso dos alimentos pegajosos, como chiclete ou caramelo, por exemplo, ficar grudado nos dentes e favorecer a formação de placas - Entenda o que é e como remover as placas bacterianas.

No caso dos aparelhos móveis, é importante evitar guardá-los enrolados em papel toalha ou guardanapo, por exemplo, e sempre que for colocar novamente na boca, é importante realizar a higienização não só da boca, mas também do aparelho com aparelhos específicos.

É comum que após a colocação do aparelho, principalmente fixo, ocorra a formação de aftas nos lábios ou na gengiva, o que é normal, já que ocorre o atrito entre o aparelho e a mucosa da boca, levando à formação de pequenos traumas. Por isso o dentista normalmente recomenda o uso de resina ou cera para proteger e evitar a formação de aftas. Confira algumas opções caseiras para acabar com a afta.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Carregando
...