Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve a alteia e como usar

Janeiro 2020

A alteia é uma planta medicinal, também conhecida como Malva-branca, Malva-do-pântano, Malvaísco ou Malvarisco, usada popularmente para o tratamento de doenças respiratórias, pois têm propriedades expectorantes e serve para melhorar os sintomas de dor de garganta, ajudando a aliviar a tosse, por exemplo. Veja mais sobre outros remédios caseiros para garganta inflamada.

Esta planta pode ser encontrada em várias regiões do Brasil, possui flores de uma coloração rosa claro, durante os meses de julho a agosto, tem nome científico de Althaea officinalis e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e feiras livres. E ainda, pode ser usada por adultos e crianças acima de 3 anos, não devendo ser substituída pelo tratamento convencional indicado por um médico.

Para que serve a alteia e como usar

Para que serve

A planta alteia é usada em algumas situações pois, popularmente, têm as seguintes propriedades:

  • Calmante;
  • Anti-inflamatória, por conter flavonoides;
  • Antitussígena, ou seja, alivia a tosse;
  • Antibiótica, combatendo infecções;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Hipoglicemiante, significa que reduz os níveis de açúcar no sangue.

Esta planta também é utilizada para ajudar na cicatrização de feridas na boca, nos dentes, furúnculos, acnes e queimaduras, quando aplicada na região ferida através de uma compressa e pode ser comprada em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação, sob orientação de um fitoterapeuta e com conhecimento de um médico.

Como usar a alteia

Para obter suas propriedades, pode-se usar as folhas e a raiz da alteia, tanto para beber quanto para colocar sobre ferimentos na pele. Para tratar tosse, bronquite e fortalecer o sistema imunológico, as formas de uso dessa planta são:

  • Extrato de raiz seca ou folha: 2 a 5 g por dia;
  • Extrato fluido da raiz: 2 a 8 mL, 3 vezes por dia;
  • Chá da raiz: 2 a 3 xícaras por dia.

Para crianças acima de 3 anos com bronquite aguda recomenda-se usar 5 g da folha ou 3 mL do fluido da raiz. Para estimular a cicatrização, deve-se molhar um pano limpo no chá de alteia e aplicar várias vezes por dia sobre as feridas na pele e na boca.

Como preparar o chá de alteia

O chá de alteia pode ser preparado para que seja possível sentir os efeitos da planta.

Ingredientes

  • 200 mL de água;
  • 2 a 5 g de raiz seca ou folhas de alteia.

Modo de preparo

Deve-se ferver a água, depois adicionar a raiz da planta, tampar e esperar por 10 minutos. Após este tempo, deve-se filtrar e beber o chá morno, sendo que a dose indicada diariamente é de duas ou três xícaras durante o dia. 

Quem não deve usar

A alteia misturada com produtos alcoólicos, com taninos ou ferro é contraindicados para crianças, mulheres grávidas e que estejam amamentando. Além disso, pessoas com diabetes só devem consumir esta planta de acordo com orientação médica, pois pode aumentar o efeito dos medicamentos convencionais e causar alterações nos níveis de glicemia. Veja mais quais são os remédios usados para diabetes.

Veja no vídeo abaixo outras dicas de remédios caseiros para melhorar a tosse:

Remédios Caseiros para a Tosse

641 mil visualizações

Bibliografia >

  • MAHBOUBI, Mohaddese. Marsh Mallow (Althaea officinalis L.) and Its Potency in the Treatment of Cough. Complement Med Res. Vol.26. 1-9, 2019
  • EUROPEAN MEDICINES AGENCY. European Union herbal monograph on Althaea officinalis L., radix. 2016. Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/herbal-monograph/final-european-union-herbal-monograph-althaea-officinalis-l-radix_en.pdf>. Acesso em 13 Jan 2020
  • SUTOVSKA, M. et al. Antitussive activity of Althaea officinalis L. polysaccharide rhamnogalacturonan and its changes in guinea pigs with ovalbumine-induced airways inflammation. Bratisl Lek Listy. Vol.112, n.12. 670-675, 2011
  • AL-SNAFI, Ali E. The Pharmaceutical Importance of Althaea officinalis andAlthaea rosea : A Review. International Journal of PharmTech. Vol.5, n.3 . 1378-1385, 2013
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem