Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentação do bebê com baixo peso

A alimentação do bebê com baixo peso, que nasce com menos de 2,5 kg, é feita com leite materno ou leite artificial indicado pelo pediatra.

Porém, é normal que um bebê que nasce com baixo pes tenha sempre um peso menor quando comparado com outros bebês da mesma idade, normalmente, durante o primeiro ano de vida.

Além disso, mesmo que o bebê não acompanhe a curva de crescimento normal, isso não significa que o bebê tenha um problema de saúde e desde que o bebê não emagreça de forma injustificada, como no caso de uma gripe, por exemplo, estar abaixo do peso normal não constitui um problema.

Para saber se o bebê tem o peso adequada para a idade veja: O peso ideal da menina ou O peso ideal do menino.

Alimentação do bebê com baixo peso após os 4 meses

Uma boa dica para enriquecer a alimentação de um bebê com 4 meses, que está abaixo do peso ou que emagreceu por causa de uma doença, por exemplo, é transformar as frutas em purê, como banana, pera ou maçã, adicionar 1 a 2 colheres de sopa do leite do bebê e oferecer esse purê ao meio da tarde.

Porém, a alimentação do bebê que nasceu com baixo peso e continua a ter um peso abaixo do normal aos 4 meses, em aleitamento materno exclusivo, não deve ser alterada. Neste caso, é importante apenas verificar se o bebê está mamando corretamente e se o peso está aumentando, apesar de se manter inferior quando comparado a um bebê que nasceu com peso considerado normal.

Alimentação do bebê com baixo peso após os 6 meses

Na alimentação do bebê com 6 meses que está com peso abaixo do normal pode-se fazer refeições mais nutritivas adicionando no cardápio mingau de aveia, arroz, fubá ou maisena, milho ou de fruta crua ou cozida, como pera, batidas no liquidificador, por exemplo.

Além disso, nesta idade também podem ser cozidos legumes, como abobora, couve-flor ou batata doce, porque têm sabores meio adocicados e que normalmente os bebês não recusam e fornecem calorias e nutrientes importantes para o bebê.

Estas refeições sólidas podem ser dadas ao bebê 3 vezes ao dia depois de mamar, mesmo que coma quantidades pequenas.

Veja mais sobre a alimentação do bebê em: Alimentação do bebé dos 0 aos 12 meses.

Bibliografia >

  • ÁLVAREZ María Luisa et al. Nutrición en pediatría . 2ª. Caracas, Venezuela: Cania, 2009. 282-284, 449-483.
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Feeding of very-low-birth-weight infants. Disponível em: <https://www.who.int/elena/titles/feeding_vlbw_infants/en/>. Acesso em 15 Nov 2019
  • TORRES G et al. Leche humana y nutrición en el prematuro pequeño. Nutrición Hospitalaria. 19. 4; 236-242, 2004
  • KISHORE Kumar et al. Optimizing Nutrition in Preterm Low Birth Weight Infants—Consensus Summary. Frontiers in Nutrition. 4. 2017
  • OREGON PEDIATRIC NUTRITION PRACTICE GROUP. Nutrition Practice Care Guidelines for Preterm Infants in the Community . 2016. Disponível em: <https://www.oregon.gov/oha/PH/HEALTHYPEOPLEFAMILIES/WIC/Documents/preterm.pdf>. Acesso em 15 Nov 2019
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guidelines on Optimal feeding of low birthweight infants in low-and middle-income countries. 2011. Disponível em: <https://www.who.int/maternal_child_adolescent/documents/9789241548366.pdf>. Acesso em 15 Nov 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem