O que você precisa saber?

O que é Volume Corpuscular Médio - VCM

O volume corpuscular médio se refere ao tamanho das hemácias e pode ser identificado no hemograma com a sigla VCM. Seu valor normal está entre 80 e 100 fentilitros, mas em fumantes pode haver um aumento de até 3 fentilitros. 

Saber a quantidade de VCM que a pessoa possui é particularmente importante para o diagnóstico da anemia ou para fazer o acompanhamento do doente após ter iniciado o tratamento. Mas além do VCM também é preciso verificar os valores de HCM - Hemoglobina corpuscular média e Hemoglobina - Hb.

O que é Volume Corpuscular Médio - VCM

Possíveis alterações do VCM

O volume corpuscular médio pode estar aumentado ou diminuído e cada uma destas alterações representam problemas de saúde distintos:

VCM alto

O valor alterado do tamanho das hemácias pode indicar doenças como anemia perniciosa, macrocítica ou megaloblástica, mas também encontra-se aumentado em caso de dependência alcoólica, sangramentos agudos, síndromes mielodisplásicas, recém-nascidos, hipotireoidismo, síndrome de Down, deficiência de ácido fólico ou ainda de vitamina B12.

VCM baixo

O valor diminuído do volume corpuscular médio inclui a deficiência de ferro, talassemia menor, anemia microcítica, esferocitose congênita, uremia, doenças do colágeno ou infecções crônicas graves.

VCM no diagnóstico da Anemia

Para o diagnóstico da anemia o médico irá solicitar o exame de sangue e observar se a pessoa tem os valores normais de hemoglobina - Hb. Se esta estiver abaixo do esperado e também:

  • VCM e HCM baixos: Significa anemia microcítica;
  • VCM e HCM estiverem normais: Significa anemia normocítica;
  • VCM elevado: Significa anemia macrocítica.

O HCM é a Hemoglobina Corpuscular Média e indica a quantidade de hemoglobina presente na hemácia. Seu valor normal está entre 27 a 33 picograma. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...