Vitacid acne: para que serve, como usar e efeitos colaterais

janeiro 2022

O Vitacid acne é um gel de uso tópico que está indicado para o tratamento da acne vulgar leve a moderada, mas que ajuda também na redução dos cravos na pele, devido à combinação do antibiótico clindamicina com tretinoínaum retinoide que regula o crescimento e a diferenciação das células da pele.

Antes de usar este gel é importante consultar um dermatologista, para avaliar a pele e discutir as melhor opções de tratamento, que poderão incluir o uso de outros produtos e/ou medicamentos. Confira os principais remédios para tratar a acne.

Este gel é produzido pelo laboratório Theraskin em bisnagas de 25 gramas e é vendido nas farmácias convencionais, apenas sob prescrição do dermatologista.

Como usar o gel

A aplicação de Vitacid acne deve ser diária, sendo recomendado o uso durante a noite antes de dormir, já que se deve evitar a exposição ao sol durante o tratamento. Por essa razão, também é fundamental o uso de protetor solar durante o dia.

Antes de aplicar o gel, deve-se lavar o rosto com um sabão neutro e secar bem com uma toalha limpa. Depois, é aconselhado aplicar uma quantidade semelhante ao tamanho de uma ervilha em um dos dedos e passar sobre a pele do rosto.

Durante a aplicação, deve-se evitar o contato com a boca, olhos, narinas, mamilos e genitais. Além disso, o produto também não deve ser aplicado na pele lesada, irritada, com fissuras ou que apresente queimadura solar.

Possíveis efeitos colaterais

Em algumas pessoas, o Vitacid acne pode causar descamação, ressecamento, coceira, irritação ou ardência na pele, que pode ficar vermelha, inchada, com bolhas, feridas ou crostas. Nestes casos, o uso do gel deve ser interrompido até que a pele esteja restabelecida e também se deve informar o dermatologista.

Em alguns casos mais raros, pode ainda ocorrer ligeiro clareamento da pele ou aparecimento de manchas, e aumento da sensibilidade ao sol.

Quem não deve usar

O Vitacid Acne não deve ser usado por pessoas que tenham hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula, em pessoas com doença de Crohn, colite ulcerativa ou que tenham desenvolvido colite durante o uso de antibióticos.

Além disso, este medicamento também não deve ser usado sem orientação médica por mulheres grávidas ou que estejam a amamentando.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em janeiro de 2022.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.