Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

UTI neonatal: porque o bebê pode precisar ficar internado

A UTI Neonatal é um ambiente do hospital preparado para recebem bebês que nasceram antes das 37 semanas de gestação, com baixo peso ou que possuem algum problema que possa interferir no seu desenvolvimento, como alterações cardíacas ou respiratórias, por exemplo. 

O bebê permanece na UTI até que possa crescer, atingir bom peso e se tornar apto a respirar, sugar e deglutir. O tempo de permanência na UTI varia de acordo com o bebê e o motivo pelo qual foi levado à UTI, no entanto em alguns hospitais um dos pais pode permanecer com o bebê durante todo o tempo do internamento.

UTI neonatal: porque o bebê pode precisar ficar internado

Quando é necessário ficar na UTI

A UTI neonatal é um local do hospital preparado para receber recém-nascidos que nasceram prematuros, antes das 37 semanas, com baixo peso ou com problemas respiratórios, hepáticos, cardíacos ou infecciosos, por exemplo. Logo após o nascimento o bebê pode precisar ficar internado na UTI neonatal para receber maior monitoramento e fazer o tratamento para o motivo pelo qual foi encaminhado para a unidade.

O que faz parte da UTI neonatal

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal é constituída por uma equipe multiprofissional constituída por neonatologista, pediatra, enfermeiros, nutricionista, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e fonoaudiólogo que promovem a saúde e o desenvolvimento do bebê 24h por dia.

Cada UTI Neonatal é composta por equipamentos que auxiliam o tratamento do bebê, como:

  • Incubadora, que mantém o bebê aquecido;
  • Monitores cardíacos, que verificam a frequência cardíaca do bebê, informando qualquer alteração;
  • Monitores respiratórios, que indicam como está a capacidade respiratória do bebê, podendo ser necessário que bebê fique em ventilação mecânica;
  • Cateteres, que são utilizados principalmente para promover a nutrição do bebê.

A equipe multiprofissional avalia o bebê periodicamente para que possa verificar a evolução do bebê, ou seja, se os batimentos cardíacos e a frequência respiratória estão normais, se a nutrição está adequada e o peso do bebê.

Quanto tempo dura o internamento

O tempo de permanência na UTI neonatal pode variar de vários dias até alguns meses, de acordo com as necessidades e características de cada bebê. Durante o tempo de permanência na UTI os pais, ou pelo menos a mãe, pode permanecer junto do bebê, acompanhando o tratamento e promovendo o bem-estar do bebê.

Quando acontece a alta

A alta é dada pelo médico responsável, levando em consideração a avaliação dos profissionais envolvidos no cuidado do bebê. Normalmente acontece quando o bebê adquire independência respiratória e consegue sugar toda a comida, além de ter mais de 2 kg. Antes da alta do bebê, a família recebe algumas orientações para que o tratamento possa ser continuado em casa e, assim, o bebê poder se desenvolver normalmente.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem