Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamentos estéticos para celulite

​Os tratamento estéticos, como radiofrequência, lipocavitação e endermologia, conseguem eliminar a celulite, deixando a pele lisinha e livre da aparência de 'casca de laranja' porque conseguem agir eliminando as causas da celulite.

No entanto, o ideal é associar a alimentação, prática de exercícios físicos e o uso de cremes contra celulite porque a causa da celulite envolve muitos fatores. Veja o que pode fazer em casa para ajudar: Tratamento caseiro para celulite.

Tratamentos estéticos para celulite

Alguns exemplos de tratamentos estéticos contra celulite, que devem ser realizados por um fisioterapeuta especialista em dermato-funcional, são:

1- Drenagem linfática

Elimina o líquido intersticial encontrado fora das células, diminui as ondulações da pele, elimina as toxinas, melhorando a aparência da celulite, aumentando assim auto-estima da paciente.

No entanto a drenagem linfática não deve ser usada exclusivamente porque sozinha não consegue eliminar as celulites e por isso deve ser realizada associada aos outros tratamentos abaixo citados.

Contraindicações: Em caso de febre, durante a gestação a drenagem não deve ser realizada no abdômen e nos calcanhares, e também em caso de câncer, inflamação local, infecção, lesões na pele, pressão alta ou baixa descontrolada, diabetes descompensada, eczema agudo.

2- Cremes contra celulite

Os cremes anti-celulite com centelha asiática são os melhores porque ajudam na quebra da molécula de gordura, aumentam a circulação sanguínea e linfática, diminuindo a fibrose e promovendo a produção de fibras de colágenos que deixam a pele mais firme.

Esses cremes podem ser usado também durante a massagem modeladora, que consiste em movimentos vigorosos e rápidos que conseguem modificar a aparência da pele. Veja exemplos em: Cremes para celulite.

Basta aplicar o creme todos os dias logo após o banho, até que seja completamente absorvido pela pele.

3- Lipocavitação

É um tratamento com ultrassom que penetra profundamente no corpo, quebrando as moléculas de gordura. Essa técnica deve ser realizada no mínimo 1 vez por semana e deve ser seguida de uma sessão de drenagem linfática para que todas as toxinas e excesso de líquidos sejam realmente eliminados. Saiba mais: Lipocavitação.

Após a quebra das células de gordura, esta é eliminada e vai parte para o fígado e parte para a corrente linfática e por isso deve-se fazer exercícios 4 horas depois do tratamento para que a gordura seja completamente eliminada.

Contraindicações: Em caso de doença auditiva pode ser difícil o tratamento devido ao ruído, insuficiência vascular, implante metálico no local a ser tratado e doenças que afetam os ossos. Em caso de colesterol alto deve-se obrigatoriamente realizar exercícios após cada sessão para que o colesterol da corrente sanguínea não aumente.

Como atua o ultrassom na peleComo atua o ultrassom na pele
Como é feita a drenagem linfáticaComo é feita a drenagem linfática

4- Radiofrequência

Consiste num equipamento que elimina as células de gordura, contrai o colágeno existente e promove a formação de novas de células de colágeno, deixando a pele mais firme e uniforme. Esse tratamento também pode ser realizado 1 vez por semana e deve-se realizar uma sessão de drenagem linfática logo a seguir, ou até 4 horas depois para eliminar todas as toxinas envolvidas. Veja como é feita: Radiofrequência.

Contraindicações: Febre, gravidez: em cima do abdômen, câncer, prótese metálica na região a ser tratada, hipertensão descontrolada e diabetes pela alteração da sensibilidade no local a ser tratado.

5- Endermologia

O equipamento de endermologia desliza sobre a pele fazendo uma sucção que descola a pele dos músculos, diminuindo suas depressões. Ela reduz a aparência da celulite e redistribui de forma mais uniforme a camada de gordura, melhorando as curvas da paciente, reduzindo alguns centímetros das áreas tratadas.

Contraindicações: Em caso de alterações na circulação sanguínea como trombose, doenças renais, do fígado e infecções.

6- Carboxiterapia

​Consiste em aplicar várias injeções sob a pele para colocar gás carbônico no local, esticando a pele. A carboxiterapia promove uma microcirculação nos tecidos afetados pela celulite, melhorando a chegada de nutrientes necessários para remodelar a região. Ela também promove a quebra da célula que armazena a gordura, que está intimamente ligada a causa da celulite. Saiba mais: Carboxiterapia.

Esses tratamentos estéticos podem ser realizados 1 ou 2 vezes por semana, e após cada sessão deve-se realizar exercício físico moderado por pelo menos 1 hora e a seguir deve-se realizar uma sessão de drenagem linfática manual ou mecânica, também chamada de pressoterapia, porque com este protocolo é possível eliminar a gordura e os líquidos envolvidos na celulite assim como melhorar a aparência da pele. No entanto é importante reduzir o consumo de gordura e de açúcar para que elas não deem origem a novos nódulos de celulite.

Como avaliar os resultados

O resultado do tratamento da celulite pode ser observado após no mínimo 3 sessões. Após esse período, pode-se avaliar os resultados observando a região a olho nu, através de fotografias, ou de forma mais fiável que é através da termografia utilizada pelos fisioterapeutas.

O número total de sessões varia dependendo do tamanho da região afetada pela celulite e do grau da celulite, quanto maior o grau da celulite, mais tempo de tratamento.

Veja como deve ser a alimentação para vencer a celulite:

Veja também:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...